ENTRESSEIO

s.m. 1-vão, cavidade, depressão. 2-espaço ou intervalo entre duas elevações. HUMOR, CURIOSIDADES, UTILIDADES, INUTILIDADES, NOTÍCIAS SOBRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE BENS CULTURAIS, AQUELA NOTÍCIA QUE INTERESSA A VOCÊ E NÃO ESTÁ NO JORNAL QUE VOCÊ COSTUMA LER, E NEM DÁ NA GLOBO. E PRINCIPALMENTE UM CHUTE NOS FUNDILHOS DE NOSSOS POLÍTICOS SAFADOS, SEMPRE QUE MERECEREM (E ESTÃO SEMPRE MERECENDO)

30 outubro, 2009

UM ÓTIMO FIM DE SEMANA AGUARDA A TODOS QUE AQUI MARCARAM PRESENÇA.
VOLTO NA SEGUNDA FEIRA BEM CEDO

Marcadores:

PLAQUINHA DE HOJE - 30-10-09

Série: Palavras
"O BRASIL PRECISA EXPLORAR COM URGÊNCIA SUA RIQUEZA;
PORQUE A POBREZA NÃO AGUENTA MAIS SER EXPLORADA!"
Max Nunes

Marcadores:

ATUALIDADES - 30-10-09

Bovespa dispara quase 6% e tem maior alta em 5 meses; dólar cai
SÃO PAULO - O otimismo dos investidores com o crescimento maior que o esperado da economia norte-americana no terceiro trimestre fez a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ter nesta quinta-feira a maior alta diária dos últimos cinco meses. O índice Ibovespa – a principal referência da bolsa paulista – fechou o dia aos 63.720 pontos, em alta de 5,91%. Foi o maior ganho diário desde o dia 4 de maio, quando o índice saltou 6,59%. O giro foi de R$ 7,314 bilhões.
Com o resultado desta quinta-feira, a bolsa paulista devolve parte das perdas acumuladas nos dois últimos pregões. Ontem, o Ibovespa havia despencado 4,75%, enquanto os investidores aguardavam o resultado da Vale no terceiro trimestre.
As ações da mineradora tiveram alta de 8,87% no pregão de hoje, fechando a R$ 46,50. Os papéis da Petrobras, por sua vez, subiram 3,85%, a R$ 41,80.
No mercado cambial, o dólar retomou a trajetória de queda nesta quinta-feira - após três pregões de alta. A moeda fechou o dia cotada a R$ 1,731 para venda, em baixa de 1,36% frente ao real. Foi a maior queda diária em quase três meses.
Otimismo
O otimismo do mercado foi puxado pela divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) dos
Estados Unidos. O Departamento do Comércio anunciou que a economia americana subiu a uma taxa anual ajustada de 3,5% entre julho e setembro, na primeira estimativa para o desempenho do PIB no terceiro trimestre.
O resultado colocou fim à maior recessão dos Estados Unidos desde 1947. A economia do país não registrava crescimento havia quatro trimestres.
"O mercado está bipolar. Muda de humor muito rápido. Ele (mercado) está precisando de um tratamento", brincou a diretora da Solidus Corretora, Débora Morsch.
Para ela, o que pode explicar em parte a queda de ontem é a cautela ante uma eventual decepção com o resultado do PIB nos EUA. "A Bolsa doméstica foi uma das que mais subiu este ano. O investidor preferiu embolsar os lucros a ser surpreendido por um PIB fora do esperado", explicou.
O resultado da Vale puxou os papéis da MMX Mineração, que subiram 12,35%, a R$ 12,19. As siderúrgicas Gerdau PN (7,72%), Gerdau Metalúrgica PN (7,67%), Usiminas PNA (2,98%) e CSN ON (5,46%) também subiram.
As ações de empresas ligadas à economia interna também registraram forte alta hoje. Os papéis do setor de varejo reagiram à renovação parcial, por três meses, da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre produtos da linha branca (fogões, geladeiras, lavadoras e tanquinhos).
Lojas Americanas PN subiram 8,80% e B2W ON avançaram 7,98%. Os papéis da Visanet tiveram forte alta, de 5,85%. Ontem a empresa informou um lucro líquido de R$ 396,7 milhões entre julho e setembro deste ano. Outros mercados
Nos EUA, as Bolsas também subiram. O índice Dow Jones avançou 2,05%, o Nasdaq teve alta de 1,84% e o S&P registrou alta de 2,25%. Na Europa, o índice FTSE 100 de Londres avançou 1,13%, enquanto o DAX de Frankfurt avançou 1,66%. O índice CAC-40 da Bolsa de Paris subiu 1,37% e o IBEX35 de Madri regsitrou alta de 2,22%.
Último Segundo
(com informações da Agência Estado

Marcadores:

LIVROS - 30-10-09

A Cegueira do Nosso Olhar
O artista plástico Júlio César de Carvalho lançou recentemente a obra “Um Olhar Sobre o Urbanismo e a Arquitetura de Porto Velho”. Com encadernação de primeira qualidade e objetivo dos mais nobres, o livro traz a proposta de passar em revista uma das mais expressivas formas de cultura do homo sapiens: a concepção arquitetônica com suas formas, materiais, volumes, cores, estilos, ângulos, funções e serventia social.
A obra não se prende a mostragem saudosista das edificações, cantos e recantos porto-velhenses. Trata-se na verdade de uma instigante leitura do autor sobre a formatação urbana que se desencadeou a margem do Madeira, desde o nascimento da cidade até hoje.
O trabalho foi lançado no Mercado Cultural, com o apoio da Fundação Cultural Iaripuna, em solenidade timidamente divulgada e pouco prestigiada pelas autoridades constituídas, e chega ao público em meio ao imbróglio e ao caos urbano em que a cidade está atolada. É uma grande sacada do autor lançar uma obra temática sobre o Urbanismo e a Arquitetura de Porto Velho nesse momento.
O livro é um inventário histórico, plástico, revelador das nossas facetas geométricas e dos estilos das nossas construções, suas tendências, influências e expressões estéticas no espaço e no tempo. Lendo a obra de Júlio Carvalho e lançando um olhar sobre nossa realidade, vê-se comparativamente que Porto Velho está irreconhecível. Hoje a cidade é, proporcionalmente, campeã brasileira de homicídios, de acidentes no trânsito e violência urbana. O povo vive com a tensão à flor da pele, numa situação bem diferenciada daquela descrita em muitas fotos contidas no livro.
Em seu trabalho Júlio revela uma comunidade que não conhecia a palavra estresse, onde a vida fluía calmamente e as relações tinham mais profundidade e conteúdo. Nas fotos antigas, a imagem tem o poder de congelar esse tempo bom, para espanto dos incrédulos e orgasmo dos saudosistas. A construção civil se impõe como principal elemento propulsor da nossa atmosfera urbana. A plástica urbanística da cidade parece o samba do crioulo doido, metamorfoseando-se subitamente como se o mundo fosse acabar amanhã.
Porto Velho é um efervescente canteiro de obras. Os prédios brotam da noite pro dia, emergindo do solo pacto como uma safra surrealista de espigões recheados de ferro e argamassa, manipulados por homens que trabalham feito máquinas tentando executar um desenho lógico à guisa de atender aos interesses do mercado imobiliário – o mais inflacionado do país. Foi-se o tempo em que Raquel Cândido comandava hordas de deserdados e excluídos na promoção de invasões e construção de Caladinhos e outras periferias. Hoje quem dá as ordens na cidade é o mercado imobiliário. E nós, como diz o livro de Carvalho, “silenciamos diante do ‘assassinato’ da memória coletiva mais expressiva e visível que é a arquitetura, uma linguagem tão universal que traduz, com grande exatidão, a idéia de uma época e a visão de seu passado.”
O choque entre Capital e Trabalho já produz seus primeiros efeitos, e a greve, que antes, na economia do contra-cheque, era feita somente na seara da administração pública, agora eclode como uma explosão atlântica no centro da urbe, quebrando um pouco da monotonia e da cumplicidade em torno dos rumos sociais, econômicos e culturais que o agronegócio e o governo federal nos empurram. Uns dizem que é o fim do mundo. Outros dizem que o progresso chegou, e outros, ainda, denunciam que isso não é desenvolvimento nem aqui nem na conchichina. É burla, circo e falácia. Enquanto os barões da burguesia paulista sonham noite e dia com a chegada da energia do Madeira em seus parques industriais, a nossa medíocre classe política se contenta com as migalhas dos royalties.
A visão que antes era articulada horizontalmente sobre a cidade, agora ergue-se verticalmente içada por força da nova angulação urbanística. O olhar proposto na obra de Carvalho não se prende ao senso-comum da descrição pedagógica e iconográfica do conjunto de edificações que foram erguidas nestas paragens desde a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré aos dias de hoje.
Embora Júlio afirme que o saudosismo não é o forte do seu livro, em algumas passagens fotográficas cutubas e pele-curtas sem dúvida sentirão saudades quando se depararem com as cenas protagonizadas por Aluízio Pinheiro Ferreira e Renato Clímaco Borralho de Medeiros – seus líderes.
Em suas 178 páginas o livro até cumpre o inevitável mister de ser didático, mas não é só isso, pois também é analítico, dotado de excelente textos e acervo fotográfico de incomensurável valor cultural. Dir-se-ia que o livro até poderia ser mais crítico. Poderia, por exemplo, se utilizar da voz de autoridade no assunto e ser mais incisivo na defesa dos bens culturais, denunciando os crimes de lesa-patrimônio perpetrados por governantes das esferas federal, estadual e municipal – já que Júlio Carvalho entende que “o patrimônio arquitetônico de uma cidade é um capital espiritual, cultural, econômico e social de valores insubstituíveis”.
Pode-se dizer, por fim, que, dentre outros ângulos e retângulos conceituais, aprendemos com a obra de Júlio Carvalho que as Três Caixas D’água que se postam altivas na praça são testemunhas da influência da Revolução Industrial entre nós. No mesmo diapasão estão os galpões e o Girador da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. O ecletismo dos estilos Arte Déco e Art Nouveau conviveram e convivem com a intuição plástica que o beradeiro aplica às suas edificações de paxiúba e pau-a-pique.
O livro sugere, enfim, que, em meio as nuances de barroquismo, neoclassicismo e estilo romano, dentre outros, somos a civilização Guaporé marchando e plasmando nossas edificações com anseio de dignidade que repercute da alma cabocla e sede de justiça social que nos salta aos olhos.
Em sendo criticamente interpretado, o livro de Júlio Carvalho pode ajudar a curar a cegueira que às vezes toma de assalto nosso olhar sobre a cidade. Com ele, o autor presenteia e sacode o município de Porto Velho por seus 95 anos de idade. Parabéns pra nós.
Antônio Serpa do Amaral Filho
tudorondonia.com

Marcadores:

SAÚDE - 30-10-09

Conheça os produtos que mais causam intoxicação alimentar
As aves apresentam em seu sistema digestivo a bactéria Salmonella, que pode contaminar o ovo e a carne.
Engana-se quem pensa que os surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTA) são exclusivos do verão. Podem ocorrer em qualquer época do ano e causar falta de apetite, náuseas, vômitos, diarreia, dores abdominais e febre, além da possibilidade de atingirem o fígado (hepatite A) e as terminações nervosas periféricas (botulismo). Há um registro médio de 665 surtos por ano no Brasil, com 13 mil doentes, de acordo com o Ministério da Saúde. Por isso, é importante ficar atento à alimentação.
Entre os produtos que mais provocaram problemas no País, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde, estão ovos crus e mal cozidos (22,8%), carnes vermelhas (11,7), sobremesas (10,9%), água (8,8%), leite e derivados (7,1%). Uma pesquisa do Centro para Ciência no Interesse Público dos Estados Unidos, divulgada no blog Well, do jornal The New York Times, aponta os 10 principais vilões de lá nessa ordem: ovo, atum, ostra, batata, queijo, sorvete, tomate, brotos e frutas vermelhas.
Existem mais de 250 tipos de DTAs e a maioria é causada por bactérias e suas toxinas, vírus e parasitas. A lista de condições que favorecem a contaminação conta com erros de higiene pessoal, preparo com muita antecedência das iguarias e refrigeração inadequada.
Alguns gestos simples ajudam na prevenção, como lavar bem as mãos com água e sabão antes de preparar as refeições, verificar se os utensílios da cozinha estão limpos e checar o prazo de validade dos produtos.
Confira abaixo dicas específicas para cada tipo de alimento, apontadas pela nutricionista Alessandra Paula Nunes, professora do curso de nutrição do Centro Universitário São Camilo, de São Paulo:
Aves e ovos: As aves apresentam em seu sistema digestório a bactéria Salmonella, que pode contaminar o ovo e a carne. Sua eliminação depende da maneira de preparo do alimento. O ovo deve ser cozido ou frito, até que a gema fique dura. A carne tem de estar ao ponto ou bem passada.
Peixes e frutos do mar: Antes de consumi-los, observe o aspecto e o odor. Se notar algo diferente, assim como sabor estranho, despreze-os. Coloque-os sempre em local refrigerado, sem mantê-los por muito tempo em temperatura ambiente. Na hora de comprar frutos do mar, preste atenção na pessoa que os vende. "Se o manipulador estiver com roupas sujas, mãos, barbas e unhas compridas, prefira comprar o produto de outro fornecedor."
Frutas, verduras e legumes: Antes de consumi-los, deixe-os em solução de água com cloro (1 litro de água e 1 colher de sopa de cloro) por cerca de 15 minutos. Depois, lave-os com água potável. Há também alguns produtos industrializados específicos para higienização desses alimentos, que são práticos e seguros.
Cereais: A bactéria B. cereus pode ser encontrada em cereais, como arroz, farinhas e temperos secos. O cozimento em vapor sob pressão, a fritura e o ato de assar em forno a temperaturas superiores a 100º C a elimina. Se notar sinais de bolor, despreze todo o alimento. "Não adianta desprezar somente a parte que está embolorada, porque, provavelmente, todo o produto já está impróprio ao consumo."
Água: A opção potável, filtrada ou mineral, é a melhor, tanto para beber quanto para cozinhar. Caso use a água de torneira, a dica é fervê-la.
Leite: O risco maior está em consumir leite do mercado informal, já que não recebe tratamento para esterilização e conservação. A recomendação da nutricionista é consumir os do tipo longa vida, que, quando abertos, precisam ser armazenados na geladeira (por até três dias) ou como indicar o fabricante.
Derivados do leite: É preferível comprar os industrializados em vez dos caseiros. Quando quiser saborear sorvetes de massa, vendidos por quilo, fique atento aos pegadores que ficam na água. "Devem estar em água limpa e ser trocados constantemente."
Enlatados: O consumo de enlatados pode ocasionar o botulismo, transmitido pela toxina do Clostridium Botullinun, que, além dos sintomas gastrointestinais, pode causar problemas neurológicos. Para prevenir, verifique as latas e vidros. Se estiverem estufados ou, se ao abrir, observar sinal de presença de ar, descarte o alimento.
http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI4047603-EI1501,00-Conheca+os+produtos+que+mais+causam+intoxicacao+alimentar.html
Patricia Zwipp
Especial para Terra

Marcadores:

PODE CRER, É VERDADE! - 30-10-09

O que fazer depois de uma baita chuva de granizo...

Miss gasta R$ 10 mil em calcinhas e sutiãs fraudando cartão de crédito
A Miss Mundo Cingapura foi condenada a dois anos de condicional por fraudar cartões de crédito e comprar US$ 5.642 (cerca de R$ 10 mil) em calcinhas e sutiãs, segundo reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal "Straits Times".
Ris Low, de 19 anos, renunciou ao título na terça-feira e não irá mais representar seu país no Miss Mundo, que será realizado em dezembro na África do Sul. Ela foi sentenciada a dois anos de liberdade condicional por furtar cartões de crédito e gastar mais de R$ 10 mil em lingeries, celulares e refeições em restaurantes de luxo.
Segundo o jornal "Straits Times", a miss tem transtorno bipolar, o que a levou a fazer compras com cartões roubados. Sua substituta para o concurso Miss Mundo ainda não foi escolhida.
A expectativa era que a segunda colocada, Claire Lee, de 23 anos, fosse a representante. No entanto ela sofreu uma contusão nas costas na segunda-feira após cair da escada.
Conta Outra



Ele consegue correr sobre a água
Chinês bateu o recorde mundial.
Um monge chinês atreveu-se a correr sobre a água e conseguiu bater o recorde mundial esta quinta-feira, conta o G1.
Shi Liliang, de 33 anos, tornou-se uma espécie de Jesus Cristo e correu sobre a água durante 18 metros, com a ajuda de placas de madeira com apenas um centímetro de espessura.
Este golpe de arte marcial é conhecido em chinês como «Shuishangpiao»
Portugal Diário.




Homem preso por estar nu na própria cozinha
Americano que fez café, sem roupa, na cozinha da sua casa está acusado de «exposição indecente» e corre o risco de cumprir pena de prisão
Eric Williamson, de 29 anos, vive em Springfield, na Virginia, e insiste que «não fez nada de mal». Garante mesmo que qualquer «exposição das suas partes íntimas foi puramente acidental».
Num determinado dia, foi colocar o café a fazer pouco depois às 05h30 na sua cozinha, quando uma mulher passou na rua com o seu filho de sete anos e o viu nu. De imediato chamou a polícia que o deteve. A notícia é avançada pela «Skynews».
A porta-voz da polícia de Fairfax County, Mary Ann Jennings, explicou que a mulher se queixou que ele «se exibiu várias vezes através da grande janela da cozinha». Mas Williamson justifica: «Estou sozinho em casa. Todos os meus colegas saíram para trabalhar e eu venho, à cozinha da minha casa, fazer o café».
«Não falei com ninguém, não vi ninguém. Nem sequer pensei que estava nu. Simplesmente vim pôr o café a fazer e se parecia "confortável" é normal, já que estou dentro da minha casa», acrescenta.
Pai de uma menina de cinco anos garante: «Nunca faria isso de propósito frente a uma criança. Sou um pai responsável e quem me conhece sabe isso».
Em declarações à «Skynews», um advogado não directamente relacionado com o caso, explicou que «para ser considerado crime é preciso que se prove que ele sabia da presença das pessoas na rua, enquanto estava nu na cozinha. É preciso que haja um comportamento exibicionista intencional».
Ainda de acordo com o causídico se «a exposição não foi intencional, se foi acidental ou inadvertidamente, não é crime». A provar-se que foi acidental a porta-voz da polícia garantiu que não avançará com o caso.
Portugal Diário




Internautas criam site que esclarece lendas da internet
Acaba de ser lançado no Brasil um novo site especializado em lendas urbanas virtuais e "hoaxes", onde o internauta encontrará diversas lendas que causaram enorme polêmica e dividiram a opinião das pessoas em todo planeta.

Este site oferece histórias completas sobre diferentes lendas urbanas, dando informações detalhadas, explicações, fotos e videos.
O criador do site, Daniel Coelho, avisa: "Preparem-se, temos diversas histórias sinistras saindo do forno, por isso não deixe de conferir o site sempre que puder. Dentre as histórias, destacamos diversos casos, tais como: Espírito em Portugal, Garoto do Balão e Tourist Guy".
Além disso, você poderá enviar sugestões de outras histórias e boatos falsos que acontecem na Internet.
Para ver as histórias e lendas urbanas mais polêmicas da internet é fácil, basta acessar o site: http://www.hoax.com.br/
Minha Notícia

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUE? - 30-10-09

Suporte de informática
USUÁRIO: 'Não consigo imprimir. Cada vez que tento, o computador diz: 'Não é possível encontrar a impressora'. Já levantei a impressora e coloquei-a em frente ao monitor para ele ver, mas o computador continua dizendo que não consegue encontrá-la..'
§
SUPORTE: 'Serviço ao Manual da HP. Sérgio falando. Em que posso ser útil?'
USUÁRIO: 'Tenho uma impressora HP que precisa ser reparada.'
SUPORTE: 'Que modelo é?'
USUÁRIO: 'É uma Hewlett-Packard...'
SUPORTE: 'Isto eu já sei. Quero saber se é colorida ou preto e branco.'
USUÁRIO: 'É bege!'
§
SUPORTE: 'Bom dia. Posso ajudar em alguma coisa?'
USUÁRIO: 'Não consigo imprimir.'
SUPORTE: 'Pode clicar no 'Iniciar' e...'
USUÁRIO: 'Caaalma aí! Não responda assim muito tecnicamente. Não sou o Bill Gates!'
§
USUÁRIO: 'De repente aparece uma mensagem na minha tela que diz 'Clique Reiniciar'... O que eu devo fazer?'
SUPORTE: 'O senhor aperte o botão solicitado, desligue e ligue novamente.' Sem pestanejar, o usuário desliga o telefone na cara do atendente e liga para o suporte novamente.
USUÁRIO: 'E agora o que eu faço?'
§
USUÁRIO: 'Tenho um grande problema. Um amigo meu colocou um protetor de tela no meu computador, mas a cada vez que mexo o mouse, ele desaparece!!!'
§
SUPORTE: 'Em que posso ajudar?'
USUÁRIO: 'Estou escrevendo o meu primeiro e-mail.'
SUPORTE: 'OK, qual é o problema?'
USUÁRIO: 'Já fiz a letra 'a'. Como é que se faz o circulozinho em volta dela pra fazer o tal arroba?'
§
SUPORTE : 'Suporte do seu Provedor de Internet, bom dia. O que deseja?'
USUÁRIO: 'Moço, a Internet também abre aos domingos?'
§
Depois de um tempo falando com o atendente do suporte.
SUPORTE: 'O que tem do lado direito da tela?'
USUÁRIO: 'Uma samambaia!'
SUPORTE: silêncio...
Recebido por e-mail


















Diz o Manelinho para a mãe:
- Mãeee, mãae, os meus colegas gozam-me!
- Então porquê Manelinho?
- Dizem que eu tenho os pés grandes...
- Não tens nada Manelinho. Olha, vai tirar os ténis da garagem que o pai quer colocar lá o carro.
§
Um viajante diz para um amigo:
- A minha mulher anda me traindo.
- Não tenhas duvidas, compra um papagaio que ele conta tudo o que se passa lá em casa.
O homem vai a uma loja de pássaros e pergunta se têm papagaios ao que o vendedor diz que sim mas que não têm patas.
- Não têm patas? E como é que ele se pendura no poleiro?
- Atei uma corda aos colhões e pendurei-o no poleiro, mas olhe que ele fala muito bem.
- Eu levo.
Na segunda- feira à noite depois do trabalho o homem chega em casa pergunta ao papagaio se viu alguma coisa ao que o papagaio respodeu que não.
Na terça-feira ele chega de novo em casa e pergunta ao papagaio se viu alguma coisa. O papagaio responde que sim.
- Entrou um homem, beijou a tua mulher na boca...
- E mais?
- Beijou as mamas, depois o umbigo...
- E mais e mais.....
- Nessa altura já não vi mais nada, deu-me um tesão do caralho e caí do poleiro.
§
No hospital, diz o médico para o paciente recém operado:
- Tenho uma boa notícia e uma má notícia.
- Qual é a má?
- Sabe, afinal tivemos que amputar ambas as suas pernas.
- Então e a boa ??
- Bem... o doente do lado quer comprar os seus sapatos.
§
Um homem vai ao médico com uma sensação esquisita no peito que parece que anda para cima e para baixo.
Depois de examinar o médico diz-lhe:
- Não se preocupe, isso é flatulência, como você tem cara de cú ela não sabe se sobe ou se desce.

Marcadores: , ,

COMES & BEBES - 30-10-09

Cuscuz com sete legumes e tâmaras
Ingredientes:
500g de cevada ou de trigo triturado
150g de favas secas
100g de grão-de-bico
6 nabos
6 cenouras pequenas
1 repolho pequeno
4 cebolas
2 dentes de alho
500g de abóbora
2 pimentas vermelhas pequenas
1 colher (sopa) de páprica
1 pitada de pistilo de açafrão moído
3 colheres (sopa) de azeite
150g de manteiga amolecida
30 tâmaras
sal e pimenta do reino moída
Modo de Preparo:
Na véspera, coloque o grão-de-bico e as favas de molho em água fria. No dia, descasque as cebolas e corte em rodelas.
Descasque os dentes de alho; pique-os após retirar-lhes o germe. Raspe os nabos e as cenouras; corte-os em pedaços grandes. Retire o centro duro do repolho; corte-o em quatro.
Coloque o azeite, as especiarias, a cebola, o alho, a cenoura, o nabo, o repolho e eventualmente as pimentas na caçarola da cuscuzeira. Doure-os em fogo alto durante 5 minutos, depois adicione o grão-de-bico e as favas bem escorridos. Cubra com 2 litros de água fria.
Deixe ferver e cozinhe por aproximadamente 20 minutos em fogo médio.
Coloque para ferver 500ml de água. Ponha o trigo (ou a cevada) em uma tigela, polvilhe 1 colher de café de sal e regue com a água fervente.
Deixe o trigo crescer. Descasque a abóbora; corte-a em pedaços grandes. Coloque-os na caçarola e deixe cozinhar durante 15 minutos. Areje o trigo (ou a cevada) com a ponta dos dedos e incorpore pouco a pouco a manteiga.
Regue com uma concha do caldo da caçarola. Misture e deixe crescer por mais 10 minutos. Coloque o trigo (ou a cevada) na parte alta da cuscuzeira; ajuste-a bem sobre a caçarola, vedando os dois recipientes com papel-alumínio para evitar que o vapor escape.
Deixe reaquecer por alguns minutos, até que o vapor atravesse o trigo (ou a cevada). Arrume, em um prato redondo grande, o trigo (ou a cevada), escondendo nele as tâmaras, formando um cone.
Disponha os legumes em volta e regue com caldo.
A cozinha marroquina
Editora Larousse
Bolo de Tapioca
Tipo de Culinária: Nordeste Categoria: Café da manhã/lanches/festas
Subcategorias: Bolos simples (sem glacê)
Rendimento: 10 porções
Se você quer um bolo típico brasileiro e quer inovar, esta receita de bolo de tapioca é fácil de fazer e vai surpreender a todos!

Ingredientes:
1 xícara(s) (chá) de
mateiga
2 xícara(s) (chá) de açúcar
1 xícara(s) (chá) de farinha de trigo
3 xícara(s) (chá) de farinha de tapioca
1 xícara(s) (chá) de leite
4 unidade(s) de ovo
1 vidro(s) de leite de coco
2 colher(es) (chá) de fermento químico em pó
2 colher(es) (sopa) de queijo ralado

Modo de preparo:
Bata os ovos, vá adicionando o açúcar, a manteiga, depois de bater bem a farinha de trigo e o fermento. Desligue a batedeira e coloque o restante dos ingredientes. Mexa suavemente com uma colher e coloque em uma forma pequena untada e polvilhada. Asse em forno quente.
Dicas
Deixe a farinha de tapioca de molho por 1 hora, em seguida esprema para tirar toda a água. Depois utilize na receita. Decore com coco ralado.
http://cybercook.terra.com.br/bolo-de-tapioca.html?codigo=1712

Marcadores:

VIDEOS - 30-10-09


Tic Tac 2009

video

Marcadores:

29 outubro, 2009

PLAQUINHA DE HOJE - 29-10-09

Série: Palavras
"AS MULHERES ESTÃO DESCOBRINDO QUE MULHER É BOM,
COISA QUE OS HOMENS JÁ SABEM HÁ SÉCULOS!"
Chico Anisio

Marcadores:

ATUALIDADES - 29-10-09

Congresso aprova nova lei para aluguel
A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou ontem um projeto de lei complementar que poderá acelerar o despejo do inquilino que estiver devendo. Para começar a valer, esse projeto ainda terá de ser sancionado pelo presidente Lula.
A nova lei, que é uma adaptação a outra já existente, chamada de Lei do Inquilinato, de 1991, não permite que o devedor, durante a ação que pede seu despejo, entre com recurso na Justiça.
De acordo com especialistas, a retirada do inquilino do imóvel poderá ser encurtada de 14 meses para quatro meses. Assim que o locatário for intimado pela Justiça, ele terá 15 dias para quitar a dívida. Se não pagar, ele será obrigado a sair do imóvel.
Após a sentença de despejo, o inquilino tem 30 dias para se retirar voluntariamente.
"Há casos em que o devedor, mesmo sem muita intenção de pagar, acaba entrando com uma petição para tentar um acordo, se comprometendo a pagar, mais para ganhar tempo. Agora, ele terá de pagar mesmo e não só se comprometer a pagar", afirmou o advogado Alexandre Berthe, do Berthe e Montemurro Advogados Associados.
Outra mudança diz respeito à chance de o fiador desistir de ter essa função a qualquer momento. Porém, é preciso comunicar ao proprietário, que dará 120 dias para que o locatário encontre outro.
Atualmente, o fiador, na maioria dos casos, é obrigado a entrar na Justiça para desfazer o compromisso.
Para o inquilinoDe acordo com a senadora Ideli Salvatti (PT-SC), relatora do projeto na CCJ, o texto ainda permite que o locatário considerado bom pagador não precise de um fiador na hora de fechar um contrato.
No entanto, caso haja atraso de um mês, o inquilino poderá ser despejado. "Acho que isso não tem aplicação prática, já que, hoje, de qualquer forma, é possível, após um mês de atraso, entrar com uma ação", disse Berthe.
Se for aprovada, ficará garantida a possibilidade de que, após uma separação de casais, o imóvel seja usado por qualquer um dos dois, independentemente do nome que estiver no contrato.
Caso a lei passe a valer, todos os locatários poderão pedir que seus contratos sejam readaptados, se o próprio locador não tomar a providência. Nenhuma cláusula poderá ser alterada sem consentimento do inquilino.
Anay Cury
do Agora

Marcadores:

INTERESSA OU NÃO? - 29-10-09

Eletrodos acoplados a árvores podem obter até 200 milivolts. Energia pode ser utilizada para alimentar pequenos circuitos elétricos
É comum batizar de “energia verde” as fontes de energia renováveis e que não agridem o meio ambiente, como a energia solar, eólica ou a obtida a partir do movimento das ondas. Mas pesquisadores da Universidade de Washington, nos EUA, descobriram uma nova fonte de energia limpa que permite levar a expressão ao pé da letra: as árvores.
Uma equipe formada por alunos e professores do curso de engenharia elétrica descobriu que as árvores produzem pequenas quantidades de energia, da ordem dos milivolts (milésimos de volt), que podem ser medidas e aproveitadas para alimentar pequenos aparelhos eletrônicos. O valor exato varia de árvore para árvore, mas a equipe conseguiu determinar que em espécies como o Bordo ela pode chegar a até 200 milivolts.
É pouco, mas com a ajuda de conversores CC-CC, também projetados pela equipe e que aumentam a tensão para aproximadamente 1,1 V, é o suficiente para alimentar circuitos de baixíssimo consumo, como sensores que poderiam ser usados para detectar incêndios florestais ou monitorar a saúde das próprias árvores.
Segundo o professor Babak Parviz, um dos líderes da equipe, não se sabe exatamente qual mecanismo resulta na produção de energia. Sabe-se. contudo, que não se trata da conhecida reação entre dois eletrodos de metais diferentes (como cobre e alumínio) mergulhados em uma solução eletrolítica – por exemplo, espetados em um limão ou batata. No caso da “energia das árvores”, a eletricidade é gerada independentemente dentro da planta e apenas coletada pelas lâminas. Uma prova disso é que o efeito demonstrado pela equipe da Universidade de Washington ocorre com eletrodos compostos pelo mesmo metal, além do fato de que um deles não é cravado no tronco da árvore e sim inserido no solo, próximo às raízes.
Antonio Blanc
www.geek.com.br

Marcadores:

LIVROS - 29-10-09

A mulher Papa: um segredo que o Vaticano esconde há séculos!
No ano de 814, Idade Média, que ficou conhecida como a Idade das Trevas, as mulheres eram impedidas de estudar, podiam ser estupradas e até mortas pelos maridos. O conhecimento estava sufocado, os países hoje conhecidos na Europa não existiam, nem os idiomas modernos. Cada região tinha o seu dialeto e a lingua culta era o latim, herdada do Império Romano, que já havia sido derrubado pelas invasões bárbaras.
Foi neste período sombrio que uma mulher passou a maior parte de sua vida vestida de homem, estudou medicina, foi médica do papa e tornou-se ela mesma papisa – durante dois anos. A história da
Papisa Joana foi conhecida até o século XVII, quando o Vaticano resolveu apagá-la da história da Igreja. Não adiantou. Dona Woolfolk Cross pesquisou, descobriu os arquivos e transformou a história num romance, em que aventura, sexo e poder cruzam-se com maldições, guerras e heresias. O livro foi transformado num grande filme épico, que deverá estrear até o final do ano no Brasil.
Personagem fascinante A
papisa Joana é um dos personagens mais formidáveis de todos os tempos, e um dos menos conhecidos. Embora hoje negue a existência dela e de seu papado, a Igreja Católica reconheceu ambos como verdadeiros durante a Idade Média e a Renascença. Foi apenas a partir do século XVII, sob crescente ataque do protestantismo incipiente, que o Vaticano deu início a um esforço orquestrado para destruir os embaraçosos registros históricos sobre a mulher papa. O desaparecimento quase absoluto de Joana na consciência moderna atesta a eficácia de tais medidas.
O livro “
Papisa Joana” foi transformado em filme pelo cineasta alemão Sönke Wortmann Constantin Film, a mesma produtora que fez “O Nome da Rosa“, terminou de filmar “Papisa Joana
” em janeiro. O roteiro é baseado no livro “Papisa Joana” da escritora Donna Woolfolk Cross, que vai figurar nos créditos do filme como “consultora criativa”. Donna também assistiu às gravações, que ocorreram na Alemanha e no Marrocos. “Eles precisavam me tirar à força do set no final de cada dia de filmagem. Foi extraordinário observar tanta gente – atores, operadores de câmera, maquiadores, extras, até animais – reconstituindo cenas e diálogos que eu havia escrito na solidão do meu pequeno escritório“, declara entusiasmada à espera do lançamento. A estreia do filme será em outubro deste ano na Europa, e nas telas brasileiras a partir de dezembro.
Verdes Trigos

Marcadores:

SAÚDE - 29-10-09

Higiene em excesso faz mal à saúde das crianças
Estudos realizados pela Universidade Duke (EUA) concluíram que limpeza em excesso na infância faz mal à saúde adulta por inibir ou interromper a produção e a ação de anticorpos do nosso organismo, alterando assim nossa imunidade natural.
Segundo os pesquisadores, crianças que lavam as mãos, a cada dois minutos, não entram em contato com a natureza por medo de alergias e se privam do contato com agentes externos, causadores de doenças, e por isso, teriam menos resistência à bactérias e vírus do que aquelas, cujas mães não fazem tanta questão de ver tudo sempre tão limpinho.
Os pesquisadores explicam que isto acontece por que nossa imunidade é construída na infância, a partir de estímulos externos e reações internas do organismo e que, quando esta relação de dependência é afetada de alguma maneira, não produzimos anticorpos suficientes para combater a doença e chegamos a vida adulta com mais chances de desenvolver quadros graves de alergias e baixa resistência.O resultado é que como o organismo nunca entrou em contato com determinada doença, não sabe como reagir a ela. É como se o nosso cérebro e o nosso corpo não funcionassem diante daquele organismo estranho. Por isso, os médicos aconselham ponderação e bom senso na hora de educar as crianças. Para eles, passeios no parque, andar descalço na areia e provar novos alimentos são atividades naturais e necessárias aos pequenos, e privá-los pode ser prejudicial no futuro.
Paraná Online

Marcadores:

PODE CRER, É VERDADE! - 29-10-09

Pesadelo!



No Canadá‚ galinha põe ovo de quase 150 gramas
O avicultor canadense Mike McCannell teve uma surpresa ao recolher os ovos em seu galinheiro. Ele encontrou um ovo de 143 gramas, pesando mais do que o equivalente a três ovos graúdos. De acordo com McCannell, a galinha que botou o superovo tem 4 anos, e passa bem.
Conta Outra


Cego mais rápido do mundo atingiu 322 km/h
Sul-Africano entra para o Guinness World Records ao pilotar um carro de corrida
Um homem cego realizou o recorde mundial de velocidade em terra, tendo atingido mais de 322 km/h ao volante de um automóvel, este feito entrou para o Guinness World Records, avança esta sexta-feira o autoevolution.
O Sul Africano Hein Wagner conseguiu atingir a velocidade de 322,5km/h, tendo batido o novo recorde de velocidade terrestre para cegos.
Hein Wagner é um palestraste motivacional de Durbanville. Wagner, apesar de cego, esta não é a sua primeira tentativa.
Segundo revela a news24.com, em 2005 tornou-se o mais rápido Sul-africano do planeta e também, o primeiro sul-africano a estabelecer um recorde de velocidade em terra.
Para tentar este ano, Wagner utilizou um Mercedes-Benz SL 65 Black Series, com um navegador completo e conseguiu autorização para usar a pista do Aeroporto Internacional Upington.
Foram ainda tomadas todas as precauções para que Wagner conseguisse concretizar a sua proeza.
Porém, a valentia do piloto não se fica por aqui, Wagner vai agora tentar pilotar um Boeing com passageiros, entre Londres e Joanesburgo.
Portugal Diário




Na Coréia do Sul‚ passarinho causa tumulto dentro de avião
Um avião de passageiros da Korean Air Line foi impedido de decolar para que os comissários de bordo pudessem retirar um passarinho que estava voando dentro da aeronave. "O pardal entrou pela porta e foi visto durante o embarque dos passageiros", afirmou Cho Hyung-chul, porta-voz da companhia aérea. Os passageiros foram retirados do avião enquanto os funcionários tentavam capturar a ave e evitar que ela participasse do voo - sem pagar passagem. "Pegamos o pardal e o soltamos logo depois", afirma Cho. Os 123 passageiros foram colocados a bordo de outra aeronave, o que provocou um atraso de quase 3 horas na decolagem.
Conta Outra



Ops,Acho que errei o ônibus!
BANGCOC, Tailândia - Uma senhora de 76 anos que pegou um ônibus errado finalmente conseguiu achar o caminho de volta pra casa... 25 anos depois.
Em 1982, a muçulmana nascida na Malásia Jaeyaena Beuraheng embarcou em um ônibus que deveria levá-la para Narathiwat, uma província de maioria muçulmana no sul da Tailândia. Mas a pobre senhora entrou no ônibus errado, e foi parar 1.200 quilômetros ao norte de Bangcoc.
Jaeyaena juntou o que restava de seu dinheiro e comprou uma passagem de volta. Mas novamente pegou o ônibus errado, e foi parar mais 700 quilômetros ao norte.
Sem saber falar, ler ou escrever na língua local, ela sobreviveu pedindo esmolas durante cinco anos, até ser presa e encaminhada para um centro de desabrigados. Lá ela viveu de 1987 até hoje sem emitir uma única palavra, apenas murmurando sons que ninguém entendia.
"Foi só quando estudantes vestidos como muçulmanos a visitaram e ela começou a conversar com eles que nós percebemos que ela não era muda", disse o diretor do centro, Jintana Satjang.
Depois de 25 anos de silêncio e solidão, ela contou sua história aos estudantes, que a ajudaram a finalmente reencontrar o caminho de casa e ir ao encontro de seus oito filhos.
Diário de um Pitt Bull

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUE? - 29-10-09

Gaúcho....
O Entresseio perde o amigo mas não perde a piada, afinal amanhã eles estarão contando estas mesmas piadas como sendo de paulistas...
-1- Primeiro leilão em Porto Alegre. Todos os machos da cidade estavam lá.. Quando o leiloeiro gritou:
- Quem dá mais?
Foi tanto gaúcho falando ao mesmo tempo que levaram três dias para desfazer o mal entendido.
- 2 - Dois Gaúchos andavam na rua. Um diz pro outro:
- Cara, com a fome que estou, seria capaz de comer um boi!
Então o outro gaúcho diz:
- Muuuuu!!!!
-3- Um gaúcho foi ao cabeleireiro e pediu:
- Olha aqui seu bofe, eu quero um corte bem sexual, ouviu?
- Mas como é que é isso?
- Não sabe? Corta na frente e pica atrás!
-4- O gaúcho, querendo comprar um burro, perguntou pro vendedor:
- Quanto custa?
- Vinte mil reais!
- Vinte mil? Tá doido, cara? Olha, eu dou dez mil no pau!
- Nada disso, só vendo o burro inteiro.
-5- Qual é a diferença entre o gaúcho e o pernilongo?
- O pernilongo, quando você lhe dá um tapa, pára de chupar.
-6- Como o gaúcho come peixe?
- Ele corta o peixe em três pedaços: come o do meio, chupa a cabeça e dá o rabo pro vizinho.
-7- Por que o catarinense é chamado de Barriga Verde?
- Porque o gaúcho tem limo nas costas.
-8- Você sabe por que no Rio Grande do Sul tem muito homem?
- Porque cada gaúcho tem o seu.
-9- Como o gaúcho faz para beijar na boca enquanto faz sexo?
- Vira a cabeça para trás e beija.
-10- Sabe por que o primeiro Estado em que o Papai Noel pára quando entra no Brasil é no Rio Grande do Sul?
- Para trocar os veadinhos.
-11- Um gaúcho entra em um bar e pede um drink forte. O garçom lhe serve um. O gaúcho, reclamando, fala:
- Garçom, eu pedi um drink forte, me dá outro aí que eu sou macho!
O garçom traz um outro drink. O gaúcho, já puto da vida, reclama que quer um drink mais forte ainda.
- Eu quero um drink forte pois eu sou macho!
O garçom diz que o único drink mais forte que ele tem é veneno.
- Traz esse mesmo, diz o gaúcho.
- Mas gaúcho, se você beber isso você vai morrer.
- O que importa - disse o gaúcho - se o homem que eu amo não me quer....
-12- Um gaúcho está em um ônibus lotado e um homem se posiciona bem atrás dele . O gaúcho reclama logo:
- Bah, tche!!! O que é que tu tá fazendo ai atrás?
O homem responde logo:
- Nada não, senhor!!! E o gaúcho:
- Então dá lugar prá outro, tche...
-13- Dois gaúchos pedalavam suas bicicletas pelo campo. Um deles pergunta:
-Mas bah, tchê! Onde conseguiste essa tua magnífica bicicleta?
O segundo respondeu:
- Guri! Estava eu a pé, caminhando ontem por aí, quando surgiu uma guria deliciosa com esta bicicleta. Ela atirou a bicicleta ao solo, despiu toda a roupa e disse-me: 'Pegue o que quiser'.
O outro:
- Mas bah, tchê! Escolheste bem; provavelmente a roupa não te serviria .
Recebido por e-mail (de um mineiro)
























A professora chama o Zézinho ao quadro.
- Zézinho faz-me esta soma, 3+2?
- 5.
- Não quero que contes pelas mãos, mãos atrás das costas.
- Quanto é 4+3 ?
- 7.
- Já te disse que não quero que contes pelas mãos, mãos nos bolsos !
- 5+5 ?
- 11, professora.
§
Certo dia, num trem, ia um padre sentado ao lado de um bêbado, que ia a ler o jornal. Às tantas o bêbado vira-se para o padre e pergunta:
- Desculpe o senhor por acaso sabe o que é "artrite"?
O padre olhou para ele e disse:
- Sei meu filho, "artrite", é uma doença muito grave, provocada por uma vida de pecado, mulheres, e álcool em excesso...
O bêbado ficou calado, e continuou a ler o jornal. O padre começou a pensar, que tinha sido um pouco duro para com aquele pecador, e para apaziguar a situção virou-se para o bêbado e perguntou:
- Então meu filho, sofres de "artrite" desde que idade?
O bêbado olhou para ele espantado e respondeu:
- Eu, não sofro de "artrite", estava eu lendo aqui no jornal que o Papa é que sofre....
§
Um alentejano estava a construir um foguetão. Nisto passa um lisboeta e pergunta:
- Eh compadri então para que é esse foguetão?
E o alentejano responde:
- É para ir ao sol!
- Diz o lisboeta:
- Ao sol? Você chega a meio e já está todo queimado!
E responde o alentejano muito prontamente:
- Nã senhor é q'eu vou lá de noite!
§
Três mulheres recém-mortas, chegam juntas ao céu e vão para a sala de triagem.
- O que é que a senhora fazia lá na terra? - pergunta São Pedro, à primeira da fila.
- Eu era professora !
São Pedro, vira-se para o seu assistente e ordena:
- Dá-lhe a chave da sabedoria !
E voltando-se para a segunda:
- E a senhora, o que fazia na terra ?
- Eu era advogada !
- Dá-lhe a chave da justiça!
- E a senhora, o que fazia na terra ?
- Eu fazia strip-tease !
- Dá-lhe a chave do meu quarto !

Marcadores: , ,

COMES & BEBES - 29-10-09

Tigelinha de bacalhau à moda do convento
Rendimento: 1 porção
Tempo de preparo: aprox. 40 minutos
Ingredientes:
50 g de bacalhau desfiado e pré-cozido no leite
10 g de cebola picada
10 g de cenoura ralada
5 g de manteiga
½ xícara de creme de leite
20 g de farinha de trigo (para engrossar)
5 g de parmesão ralado (para gratinar)
Noz-moscada a gosto
Sal a gosto
Modo de preparo:
Coloque em uma panela o bacalhau desfiado pré-cozido no leite, a cebola, a cenoura, a manteiga e o creme de leite. Deixe ferver bem. Junte a farinha de trigo e o leite usado no pré-cozimento do peixe. Tempere com noz-moscada e sal. Por fim, em uma tigela, espalhe a mistura e salpique com o parmesão ralado. Leve ao forno para gratinar por alguns minutos e sirva.
http://casa.abril.uol.com.br/materias/festas/receitas/restaurant-week-sp-receita-bacalhau-moda-convento-antiquarius-495764.shtml


Curau flambado ao rum

Ingredientes:
1 envelope de pó para curau de milho

3 xícaras (chá) de leite
4 colheres (sopa) de rum
1 colher (sopa) de canela em pó

Modo de Preparo:
Coloque numa panela o pó para curau e o leite e misture bem. Cozinhe em fogo alto por 10 minutos, ou até ferver. Em seguida, reduza o fogo e cozinhe, sem parar de mexer, por 5 minutos, ou até encorpar. Retire do fogo e despeje o creme em 4 taças individuais, com capacidade para 200ml cada uma. Aqueça uma concha grande no queimador do fogão, acrescente o rum e deixe até começar a ferver. Vire-o com cuidado para flambar e retire do fogo. Despeje o rum, ainda em chamas, sobre o curau. Por fim, polvilhe a canela em pó e sirva em seguida.
Revista Água na Boca

Marcadores:

VIDEOS - 29-10-09


Isto sim é comemoração!

video

Marcadores:

28 outubro, 2009

PLAQUINHA DE HOJE - 28-10-09

Série: Palavras
"NO CORPO FEMININO, ESSE RETIRO,
A DOCE BUNDA É AINDA O QUE PREFIRO.
A ELA, MEU MAIS ÍNTIMO SUSPIRO,
POIS TANTO MAIS A APALPO QUANTO ADMIRO.
Carlos Drummond de Andrade

Marcadores:

ATUALIDADES - 28-10-09

7 coisas que você precisa saber sobre Windows 7 da Microsoft
Após 8 anos e muitas reclamações com o Vista, a Microsoft finalmente lançou um novo sistema operativo que parece interessante para as pessoas.
As revisões tem quase que unanimamente oferecido excelentes créditos ao produto da Microsoft.
"Achamos que é um produto muito mais superior do que o anterior sistema operativo da Microsoft," disse Vishal Dhar, co-fundador do iYogi, um companhia provedora de soluções tecnológicas. "Apresenta uma interface mais intuitiva."
Muito bem, mas será que é o que você está precisando? Qual versão do software é mais adequada às suas necessidades? Existirão truques especiais para instalar o Windows 7 e navegar nas suas ferramentas?
Será que o Windows 7 funcionará no meu computador antigo?
Talves. Se no seu computador pode correr o Windows Vista, então provavelmente poderá correr o Windows 7. Verifique as especificações do seu computador: para instalar o Windows 7 você precisará de pelo menos um processador com um mínimo de 1 GHz, pelo menos 2 GB de memória RAM e 16GB de espaço no seu disco rígido.
Sim, isso pode parece uma linguagem completamente estranha para muitas pessoas. Se você não consegue perceber o que tudo isso significa, tenta baixar a ferramenta de instalação do Windows 7. Ela irá escanear o seu computador e fornecer um relatório sobre potenciais problemas e oferecer maneiras de resolver.
Será que vale a pena fazer o upgrade para o Windows 7?
Isso depende no seu orçamento e como você usa o seu computador. O software irá custar-lhe diferentes preços em função da versão que você deseje adquirir. Se você está passando por um período de finanças apertadas e os seus Windows Vista ou XP correm normalmente, então não tenha pressa.
Entretanto, esteja ciente que o Windows Vista é um software com 8 anos, provavelmente muitos aplicativos não mais funcionarão nele. Um sistema operativo mais recente também oferece mais segurança contra ataques de hackers. De resto, você terá que fazer upgrade, cedo ou tarde.
Qual versão do Windows 7 devo comprar?
Os usuários casuais de computador provavelmente ficarão satisfeitos com a versão Home Premium, que além de incluir as ferramentas mais básicas que você precisa, é o mais barato. Entre as ferramentas do Home Premium encontramos, o Home Group, que facilita que você partilhe música, vídeo e documentos entre computadores correndo com o Windows 7 na sua casa.
Os donos de pequenos negócio e pessoas que trabalham em casa com o seu computador devem optar pela versão Profissional (Professional), que incluiu todas ferramentas do Home Premium e permite salvar todos seus dados em um disco rígido a ele ligado em rede.
Se você guarda segredos de companhias ou trabalha para a CIA, você precisará da versão Ultimate. é a mais cara, inclui naturalmente todas ferramentas das outras duas versões e vem ainda com um BitLocker, que evita que os seus arquivos sejam acessados em caso de seu computador ter sido roubado.
Como instalar o Windows 7?
Se você estiver a fazer o upgrade a partir do Vista, então é suposto que seja bastante fácil. Insira o disco, e é tudo; o computador fará o resto. "é o mais fácil upgrade que eu já vi," disse J. Peter Bruzzese, que escreve sobre tecnologia para o jornal InfoWorld.
O upgrade do Windows XP é mais complicado. Os usuários precisaram salvar os seus arquivos, formatar o seu disco rígido, instalar o Windows 7 e reinstalar os navegadores, reimportar as suas páginas favoritas e por aí em diante. A Microsoft tem uma ferramenta chamada Easy Tranfer (Transferir Fácil) que usa um cabo de memória USB para ajudá-lo a transferir os seus arquivos e configurações.
E se eu precisar de ajuda?
Se você não tiver um parente ou amigo que seja perito em computadores, tenta o serviço de ajudas online que a Microsoft instalou para o Windows 7 - ver no site da Microsoft.
Os meus antigos programas do XP funcionarão no Windows 7?
Muito provavelmente sim. Depois das reclamações sobre os problemas de compatibilidade do Windows Vista, a Microsoft está introduzindo algo chamado Modo XP, que basicamente cria um sistema operativo XP virtual ou sombra correndo dentro do Windows 7.
Enquanto o Modo XP está funcionando no seu computador com Windows 7, ele "engana" os seus antigos programas, fazendo-os pensar que estão dentro de um sistema operativo XP.
Será que o Windows 7 tem algum novo detalhes interessantes
Uma ferramenta chamada Library (Biblioteca) permite que você junte arquivos - documentos, fotos e vídeos - de diferentes lugares e agrupe-os em uma nova pasta em função do seu tópico, como por exemplo "casa de praia", "Avô Miranda".
Finalmente, o Windows 7 precisa de menos poder de processamento comparativamente às anteriores versões do Windows, o que significa que, teoricamente, você deve ser capaz de trabalhar mais rápido e em mais janelas ao mesmo tempo. Em outras palavras, o Windows 7 foi construído para o ocupado estilo da vida moderna, em que tempo é dinheiro e trabalho é diversidade.
International Business Times

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 28-10-09

Bento Gonçalves inaugura Salão Nobre de Exposições nesta segunda
Espaço fica na Casa das Artes.
A Fundação Casa das Artes, de Bento Gonçalves, inaugura hoje, às 19h30min, o Salão Nobre de Exposições. O espaço dedicado às artes plásticas era uma antiga.A reivindicação dos artistas da cidade. Para estrear, o salão abriga até esta quinta-feira a exposição Bento em Preto e Branco, com fotos do acervo do Museu do Imigrante.
Siliane Vieira
siliane.vieira@pioneiro.com

Exposições de quadrinhos brasileiros abrem no Rio de Janeiro e em São Paulo
No Rio, uma versão nacional do OuBaPo; em Sampa, O Melhor Quadrinho do Mundo
Duas exposições começaram esta semana nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, reunindo grande parte dos quadrinistas brasileiros que começaram a fazer sucesso nesta década - e também marcando "cenas" de quadrinhos específicas de cada cidade.
No Rio, é a exposição OuBaPo - Quadrinhos à Máxima Potência, que fica até a próxima quarta, dia 28, no Centro Cultural da Academia Brasileira de Letras (Av. Presidente Wilson, 203, Castelo). OuBaPo quer dizer Ouvroir de la Bande dessinée Potentielle (oficina do quadrinho potencial), termo criado por um coletivo de quadrinistas franceses na década de 90 que queria fazer HQs de tons mais artísticos.
O quadrinista Tiago Lacerda reuniu trabalhos de vários quadrinistas atuantes na cena carioca para uma versão brazuca do OuBaPo. São eles: Allan Sieber, Daniel Lafayette, Eduardo Arruda, André Dahmer e Stêvz e o próprio Lacerda. Laerte é o paulista infiltrado entre os cariocas.
Em São Paulo, também há cariocas infiltrados na exposição O Melhor Quadrinho do Mundo, que abre neste sábado, dia 24, na loja Cachalote (Rua Ministro Ferreira Alves, 48, Pompeia). É uma seleção de vários originais de quadrinistas que atuam na cidade, como Eloar Guazzelli, Fábio Moon, Gabriel Bá, Fido Nesti, Rafael Grampá, Rafael Coutinho, Caeto, Fabio Cobiaco e Rodrigo Urbano. Laerte e os cariocas André Dahmer e Tiago Lacerda, bem como os gaúchos Rodrigo Rosa e Rafael Sica, também terão trabalhos expostos.
A entrada é gratuita em ambas as exposições.
http://www.omelete.com.br/

Brasília-DF - Exposição 'Artistas Brasileiros' será na segunda quinzena de novembro

Nilo de Brito Firmeza nasceu em Fortaleza, no Ceará, em 1919. Pintor, ilustrador e crítico de arte, ele é um dos mais de 50 artistas plásticos que participarão da quinta edição da Exposição Artistas Brasileiros (Novos Talentos - Pinturas), uma realização conjunta da Secretaria de Relações Públicas, do Programa Senado Cultural e da Comissão Especial Curadoria de Artes Plásticas do Senado. A mostra será realizada no período de 16 de novembro a 4 de dezembro, no Salão Branco do Palácio do Congresso.
Aos 90 anos, Nilo Firmeza é conhecido no mundo da arte como Estrigas. Ele carrega esse apelido desde os tempos em que estudou no Colégio Estadual Liceu do Ceará, em Fortaleza. Formado em odontologia, nos anos 1950 participou de diversos cursos de pintura e desenho na Sociedade Cearense de Artes Plásticas.
Em 1969 Estrigas fundou o Mini-Museu Firmeza, no município de Mandubim, em um sítio onde mora, próximo à Fortaleza. Lá ele reúne desenhos, pinturas, gravuras, esculturas, objetos e fotografias não apenas dele, mas também de outros artistas cearenses. O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) é o responsável pela indicação de Estrigas para participar da Exposição Artistas Brasileiros 2009.
Cada senador foi convidado a indicar uma obra de um artista em atividade que ainda não foi amplamente consagrado no território brasileiro. Artistas incluídos nas edições anteriores da Exposição Artistas Brasileiros não puderam participar da versão 2009, como uma forma de dar oportunidade a novos talentos. Nenhuma obra poderá ser comercializada durante o período em que durar a mostra.
Outro que participará da exposição é o acreano Wennedy da Silva Filgueira. Apesar de ter apenas 18 anos de idade, ele é considerado um artista que domina a pintura hiper-realista. O senador Tião Viana (PT-AC) foi quem o indicou para participar da Exposição Artistas Brasileiros. Uma de suas temáticas preferidas é a expressão dos refugiados africanos. Wennedy Filgueira gosta de closes, em que pode trabalhar os detalhes.
Pintando há apenas cinco anos, seu primeiro trabalho foi uma paisagem amazônica. A obra foi apresentada em uma feira cultural da Escola Luis de Carvalho Fontenelle, onde estudava. Desde criança ele já desenhava: gostava de reproduzir personagens de histórias em quadrinhos. Depois dessa feira cultural, foi convidado a participar de um curso básico de desenho e pintura.
Roberto Homem / Agência Senado

Olinda-PE - Retrospectiva de arte e fotografia no MAC

Museu de Arte Contemporânea de Olinda abriga duas exposições: Floração, de Tânia Carneiro Leão, e fotos em A Bela e a Fera - Contradições de uma cidade
O Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (Mac) abre suas portas hoje (24), a partir das 19h, para duas exposições paralelas, uma de fotografia e outra de pintura, com entrada gratuita.
Na Sala de Convidados Especiais do MAC, a pintora olindense Tânia Carneiro Leão exibe a retrospectiva de sua vida profissional como pintora na exposição Floração. Nascida e criada em Olinda, filha de Eufrásio Barbosa e Ottília Tavares Barbosa, ela cresceu cercada de poetas, artistas e escritores, absorvendo influências de todos eles, principalmente de Carlos Pena Filho - de quem é viúva. No entanto, ela só assumiu a face artística na década de 1980, quando seus traços ainda se assemelhavam às paisagem dos pintores holandeses de Nassau. O desenvolvimento foi autoditada e, no início, ela trabalhava com mapas antigos, cartas náuticas, brasões e naturezas mortas, obras que não são contempladas na mostra, que prioriza as de 2002 até as atuais.
O conjunto de quase três décadas de trabalho da artista é apresentado em 75 obras, 60 desenhos e 15 quadros pintados com tinta acrílica aquarelada e acrílica sobre tela. Nos trabalhos, retratos de paisagens de cidades, naturezas mortas e floreios. A artista não expõe individualmente desde 2006, mas ressalta a importância da exposição. "Essa não é a minha maior compilação em escala numérica, já expus com mais de 100 trabalhos, mas o convite de Célia Labanca, diretora do museu, foi uma honra.
O MAC é um dos museus mais importantes do país."A galeria de arte Tereza Costa Rêgo recebe, por sua vez, A Bela e a Fera - Contradições de uma cidade. O trabalho, proposto pela curadora e diretora do museu Célia Labanca, reuniu quatro fotógrafos para registrar, individualmente, a essência da cidade do Recife e seus contrastes culturais, sociais e étnicos. Os casais Lena e Murilo Maia e Eva Caroline e Éder Jules não se conheciam e traçaram diferentes linhas de trabalho.
Os recifenses Lena e Murilo determinaram que ele estaria responsável por registrar a parte bela da cidade, enquanto ela ficava com o feio. "Eu trabalho como médica, convivo com o estresse e doenças diariamente. Quis mostrar o caos urbano, o excesso, a solidão e o abandono, mas tive receio do resultado final acabar muito duro. Então, como utilizo equipamento digital, inseri referências de quadrinhos e manipulações gráficas de photoshop, colocando um pouco de irrealidade na realidade pesada", explicou Lena Maia.
Já os fotógrafos Eva Caroline, baiana, e o paulista Éder Jules, que moram no Recife há quatro anos, optaram por fazer um conjunto de óticas. "Deixamos para o espectador interpretar o que é belo ou não nas nossas fotos", detalhou a fotógrafa, que elegeu o rio Capibaribe como instrumento principal de trabalho. O MAC apresenta as exposições até o dia 22 de novembro.
Nina Wicks de Almeida
nathaliawicks.pe@diariosassociados.com.br

Rio de Janeiro - Preservação da natureza é foco de exposição fotográfica
O equilíbrio na convivência entre seres humanos e a natureza é explorado em belas fotos na mostra fotográfica "Floresça! Imagens da Fronteira da Conservação", em cartaz desde quinta-feira (15) a 9 de novembro no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.A exposição, que foi inaugurada em Londres em setembro deste ano, foi trazida para o país pela BG Brasil, parte do BG Group, e pela ONG Conservação Internacional (CI).
A "Aliança Conservação em Foco", projeto desenvolvido em parceria pelo BG Group e a CI, é dedicada a documentar pessoas, lugares e animais selvagens em áreas-chave de biodiversidade. As fotografias que compõem a mostra foram produzidas durante expedições financiadas pelo BG Group e lideradas pela CI.A exposição demonstra o poder das imagens na preservação da vida na Terra e na manutenção da biodiversidade global. Exemplos de projetos de conservação que visam o desenvolvimento sustentável são explicados nas legendas que acompanham fotos de plantação de café, escoamento de água e florestas preservadas. "Floresça! Imagens da Fronteira da Conservação"Local: Jardim Botânico do Rio de Janeiro - Centro de Visitantes
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1.008
Data: 15 de outubro a 9 de novembro
Horário: 8h às 17h
Entrada gratuita
A exposição fica no Rio de Janeiro por cerca de quatro semanas antes de seguir para Brasília.
A presença de enormes planos retorcidos soltos no ar é uma constante desde os primeiros trabalhos de Iole de Freitas, ou seja, filmes curtos realizados nos anos 70. Na década de 90, essa mineira nascida em 1945 e radicada no Rio passou a se dedicar a esculturas de grandes dimensões, mas sem se afastar de seus propósitos originais. Superfícies maleáveis de policarbonato – espécie de plástico muito resistente – e tubos de aço compõem duas individuais da artista. Na Casa França-Brasil, ela exibe uma única criação, na qual tubos de 24 metros atravessam e sustentam enormes placas transparentes que se relacionam com a bela construção de 1820. Outras quatro peças ocupam a galeria Laura Marsiaj. De colorido opaco, obras como a da foto ao lado também foram concebidas levando em conta o ambiente onde estão expostas.
Rio de janeiro - Iole de Freitas. Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 28 de fevereiro de 2010. Laura Marsiaj Arte Contemporânea. Rua Teixeira de Melo, 31 C, Ipanema, 2513-2074. Terça a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até 21 de novembro. www.lauramarsiaj.com.br.
Veja Rio
Rio de Janeiro - BANDEIRA DE MELLO. Professor, pintor e desenhista, o artista de 80 anos exibe 65 obras representativas de diversas fases de sua produção. Entre telas e desenhos a grafite, os temas abordados vão de nus femininos a cenas em que aparecem camponeses e religiosos, personagens recorrentes em sua obra. Há ainda trabalhos inéditos pinçados do acervo de Bandeira, conhecido pela técnica rigorosa e pela riqueza de detalhes de seus retratos. Também integram a exposição os dois painéis de 33 metros instalados permanentemente no mezanino do centro cultural. Na quarta (28), haverá debate sobre o processo criativo de Bandeira de Mello, às 15h, e visita guiada, às 19h, ambos com participação do artista. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, 2544-7666, a Carioca. Terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 17 de janeiro de 2010. A partir de terça (27). www.caixacultural.com.br. Veja Rio

Rio de Janeiro - SUPERFÍCIE ATIVADA. Coletiva com dez trabalhos, entre telas abstratas do tarimbado Sérgio Sister e criações figurativas dos jovens Bruno Dunley e Lucas Arruda. A intenção do encontro dos três artistas é estabelecer diferenças e afinidades entre nomes de duas gerações distintas que se dedicam ao mesmo suporte. Na série apresentada por Sérgio predominam os tons escuros, enquanto algumas telas de Bruno e Lucas derivam de fotos e trazem marcas evidentes do pincel. Silvia Cintra Galeria de Arte e Box 4. Rua Teixeira de Melo, 53, loja D, Ipanema, 2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 16h. Grátis. Até 21 de novembro. A partir de quarta (28). www.silviacintra.com.br e www.galeriabox4.com. Veja Rio

Rio de Janeiro - WALY SALOMÃO. A galeria expõe 43 ampliações de imagens dos cadernos de Waly, abertos em páginas aleatórias e fotografados em diferentes ambientes. Chamadas de Babilaques pelo autor, as obras foram definidas por ele como "performances poético-visuais". Produzidas em Nova York, Salvador e Rio de Janeiro entre 1975 e 1977, as imagens foram feitas pela mulher de Waly, Marta Braga, que contou com a ajuda dos artistas plásticos Hélio Oiticica e Regina Valter em algumas delas. Um texto, produzido com orientação da família do artista, trará informações sobre cada uma das obras. Serão produzidas tiragem de quinze unidades de cada babilaque. A partir de R$ 5 000,00. Lurixs Arte Contemporânea. Rua Paulo Barreto, 77, Botafogo, 2541-4935. Segunda a sexta, 14h às 19h. Sábado, mediante agendamento. Grátis. Até 11 de dezembro. A partir de sexta (30). www.lurixs.com. Veja Rio
Porto Alegre-RS - A Coleção do Amador - Gravura Atemporal Com curadoria de Cacaio Praetzel, a exposição traz a coleção do marchand Renato Rosa, composta por obras de artistas como Aldemir Martins, Amilcar de Castro, Fayga Ostrower, Flávio Shiró, Iberê Camargo, João Câmara e Tarsila do Amaral.Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano. Rua Riachuelo, 1257, Centro. Tel: (51) 3025-0600. De segunda a sexta das 14h às 18h Até 3 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Alma de Bailarino A exposição traz os trabalhos de Daniela Bolsoni Bittencourt que destacam poses e jeitos do corpo. As fotografias acentuam as silhuetas das performances das bailarinas.Solar dos Câmara. Rua Duque de Caxias, 968, Centro. Tel: (51) 3210-2993. De segunda a sexta, das 8h30 às 18h30. Até 30 de outubro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - B Side Os novos trabalhos de Billy Argel estão nesta exposição. Em nanquim sobre papel, seguem o aspecto de arte para reprodução comercial em serigrafia. Galeria Fita Tape. Praça Garibaldi, 46, Centro. Tel: (51) 3028-1217. De terça a domingo, das 14h às 19h. Até de 22 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Cecil Beaton – Portraits Na exposição, o público pode conferir retratos em grandes dimensões de personalidades como Katharine Hepburn, Marisa Berenson, Marianne Faithfull e Salvador Dalí, feitos pelo inglês Cecil Beaton (1904-1980). Galeria Lunara. Avenida Presidente João Goulart, 551, Centro. Tel: (51) 3212-5979 Ramal 221. De segunda a sextas, das 9h às 18h. Até 8 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Dentro do Traço, Mesmo Todos os anos a fundação realiza um programa de residência artística. Nesta mostra estão expostos os trabalhos do Programa Artista Convidado do Ateliê de Gravura, com Regina Silveira, Amílcar de Castro, Daniel Senise, José Rezende, León Ferrari, Nelson Leirner, Jorge Macchi e Álvaro Siza. Fundação Iberê Camargo. Avenida Padre Cacique, 2000, Praia de Belas. Tel: (51) 3247-8000. De terça a domingo, das 12h às 19h e quinta, até às 21h. Até 29 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - De Pollockcow a Déjà Vu As obras de Nelson Leirner e Fernando Ribeiro compõe a mostra. Leirner traz o trabalho Pollockcow, uma figura bovina de tamanho natural, totalmente adesivada como uma de suas paisagens de Figurativismo Abstrato. Ribeiro, em sua série Déjà Vu, trabalha um questionário de conhecimento sobre história da arte. Bolsa de Arte de Porto Alegre. Rua Quintino Bocaiúva, 1115, Moinhos de Vento. Tel: (51) 3332-6799. De segunda a sexta, das 10h30 às 19h e sábado, das 10h às 13h30. Até 31 de outubro. Grátis. Veja Porto Alegre

Porto Alegre-RS - Juventude Dourada As fotos da francesa Marie Paule Nègre que estão nesta mostra tem como tema a juventude.La Photo Galeria e Espaço Cultural. Travessa da Paz, 44, Centro. Tel: (51) 3221-6730. De terça a domingo, das 9h às 18h. Até 31 de outubro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Iberê Camargo – Uma experiência de pintura A mostra chega a Porto Alegre com uma retrospectiva da obra do gaúcho. A curadora Virginia Aita buscou dar um novo olhar sobre o conjunto dos trabalhos do artista, com 67 peças. Podem ser vistos trabalhos das séries célebres com ciclistas, carretéis e os “idiotas”.Fundação Iberê Camargo. Avenida Padre Cacique, 2000, Praia de Belas. Tel: (51) 3247-8000. De terça a domingo, das 12h às 19h e quinta, até às 21h. Até 29 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Manualidades - B Desenhos de Fernanda Manéa, Júlio César Herbstrith, Rafael Pagatini, Roberto Bitencourt Pereira e Simone Rocha da Conceição estão nesta exposição. As obras apresentam experimentações em grafite, carvão, gravura, nanquim, acrílica, fortagem e aguada.SESC Centro. Avenida Alberto Bins, 665, Centro. Tel: (51) 3284-2000. De segunda a sexta, das 9h às 20h. Até 13 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre
Porto Alegre-RS - Marcelo Hübner O artista apresenta vinte telas feitas recentemente com variações do tema "flor". Os trabalhos são de grandes dimensões e trazem floristas, mercado de flores e buquês enrolados em jornais. Bublitz Galeria de Arte. Rua Vicente da Fontoura, 2600 lj.3, Rio Branco. Tel: (51) 3029-0109. De segunda a sexta, das 9h às 19h e sábado, das 9h às 16h. Até 24 de outubro. Grátis. Veja Porto Alegre

Porto Alegre-RS - Sobre O grupo N.A.I.P.E (Núcleo de Arte, Intervenção e Performance) expõe fotografias e intervenções artísticas nos dias 13, 17 e 24 de outubro. As obras são de Ana Paula Tomimori, Fernanda Bec, Lara Sosa, Laura Bortolazza, Mariana Konrad e Thaís Leite.Fundação Ecarta. Avenida João Pessoa, 943, Farroupilha. Tel: (51) 4009-2970. De terça a domingo, das 10h às 19h. Até 15 de novembro. Grátis. Veja Porto Alegre

São Paulo-SP - ALEJANDRO SARMIENTO. As cinquenta peças da individual revelam o modo como o designer argentino cria partir da reutilização de objetos. Uma câmara pneumática, por exemplo, dá origem a um móvel para sentar. Marca presença também o robô Naturitos, realizado com embalagens de desodorante e batom. Museu da Casa Brasileira. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, tel: 3032-3727. Terça a domingo e feriados, 10h às 18h. R$ 4,00. Grátis aos domingos. Até 22 de novembro. A partir de quarta (28). Veja São Paulo
São Paulo-SP - PIERRE VERGER. Muito lembrado pelos registros do cotidiano da Bahia, o fotógrafo francês Pierre Verger (1902-1996) tem reunidas setenta imagens da região da Andaluzia, na Espanha. Todas fotos foram feitas por ele em 1935, quando o país se encontrava às vésperas da Guerra Civil. Galeria Olido. Avenida São João, 473, centro, tel: 3331-8399, E República. Terça a sexta, 12h às 20h30; sábado e domingo, 13h às 20h30. Grátis. Até 22 de dezembro. A partir de sexta (30). Veja São Paulo
São Paulo-SP - ROBERT DOISNEAU. Autor da célebre fotografia O Beijo do Hotel de Ville, o francês é tema de retrospectiva com 106 imagens feitas para a Renault. Doisneau trabalhou para a montadora durante dois períodos (1934 a 1939 e 1946 a 1955), e em sua produção conseguia ir muito além da publicidade. Centro Cultural Fiesp — Espaço Fiesp. Avenida Paulista, 1313, tel: 3146-7384, E Trianon-Masp. Segunda, 11h às 20h; terça a sábado, 10h às 20h; domingo e feriados, 10h às 19h. Grátis. Até 6 de dezembro. A partir de terça (27). Veja São Paulo

Marcadores: