ENTRESSEIO

s.m. 1-vão, cavidade, depressão. 2-espaço ou intervalo entre duas elevações. HUMOR, CURIOSIDADES, UTILIDADES, INUTILIDADES, NOTÍCIAS SOBRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE BENS CULTURAIS, AQUELA NOTÍCIA QUE INTERESSA A VOCÊ E NÃO ESTÁ NO JORNAL QUE VOCÊ COSTUMA LER, E NEM DÁ NA GLOBO. E PRINCIPALMENTE UM CHUTE NOS FUNDILHOS DE NOSSOS POLÍTICOS SAFADOS, SEMPRE QUE MERECEREM (E ESTÃO SEMPRE MERECENDO)

31 maio, 2010

PLAQUINHA DE HOJE - 31-5-10

Série: Crítica
"O CONGRESSO NACIONAL É UM LOCAL QUE:
SE GRADEAR VIRA ZOOLÓGICO,
SE MURAR VIRA PRESÍDIO,
SE COLOCAR UMA LONA VIRA CIRCO,
SE COLOCAREM LANTERNAS VERMELHAS VIRA PUTEIRO
E SE DER DESCARGA NÃO FICA NINGUÉM!"


Marcadores:

ATUALIDADES - 31-5-10

Rede quer liberação da reprodução "sem finalidade de lucro" de obras; um em cada três livros universitários está esgotado
Um grupo de 20 organizações realiza um ato pela revisão da Lei de Direitos Autorais (Lei nº 9.160/98) nesta quarta (26), às 19h, em São Paulo. Nessa ocasião, a “Rede pela Reforma da Lei dos Direitos Autorais" vai pedir abertura de consulta pública da legislação.
“O Brasil possui uma das leis mais rígidas do mundo", diz Guilherme Varella, advogado do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), um dos integrantes da rede. "Precisamos de algo mais flexível, que facilite o acesso às obras por todos, uma lei mais adequada à nova realidade digital. O direito autoral tem o papel de proteger o autor, mas também de garantir os direitos fundamentais à educação e à cultura", completa.
Em sua carta-manifesto, o grupo tem como primeira medida a "permissão da cópia integral privada sem finalidade de lucro". De acordo com a legislação atual -- dependendo da interpretação dada -- tirar cópias de um capítulo de um livro poderia ser considerado "ofensa aos direitos autorais".
Interpretação diferente
No artigo 46, inciso II, a lei é vaga ao determinar o que não é "ofensa aos direitos autoriais". O texto na íntegra é: "a reprodução, em um só exemplar de pequenos trechos, para uso privado do copista, desde que feita por este, sem intuito de lucro". Não se determinam, no entanto, o que seriam esses pequenos trechos ou quem poderia ser o "copista".
Segundo uma publicação do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação da Universidade de São Paulo, equanto a comunidade universtitária compreende como "pequenos trechos" um capítulo de um livro, boa parte das editoras entendem que a expressão se refere "uma parte não substantiva, tais como uma página, desde que fosse feita pela própria pessoa, sem intuito de lucro, o que impedia a solicitação de cópias a uma empresa".
As editoras também compreendem, segundo a publicação"O Mercado de Livros Técnicos e Científicos no Brasil", que a interdição de lucro (com a reprodução dos livros) se refere às empresas de reprografia, ou seja, os quiosques de xerox comuns nas faculdades e universidades. Na interpretação da comunidade acadêmica, o estudante não deve vender a cópia, mas não precisa que ele seja o indivíduo que vai à máquina copiadora para executar ele mesmo a reprodução.
Livros esgotados
Nessa mesma publicação da USP (Universidade de São Paulo), um levantamento em dez cursos de graduação mostram que, em média, um terço dos livros utilizados como bibliografia obrigatória estão esgotados. O percentual varia de 9,3% (em lazer e turismo) a 51,02% (ciências da atividade física).
Publicado em 2008, o estudo trouxe outra conclusão: "Em todos os cursos, para mais de três quartos dos estudantes, os custos anuais para a compra de livros está muito próximo da totalidade da renda familiar mensal ou mesmo a ultrapassa". O levantamento excluiu aquele um terço da bibliografia esgotada e a renda dos estudantes foi estimada com base em informações da Fuvest, a fundação que seleciona alunos para a USP.

Marcadores:

NOSSA PORCA CLASSE POLÍTICA - 31-5-10

A Multimistura

A cena foi comovente.
O vice-presidente José Alencar preparava-se para plantar uma árvore em Brasília quando foi abordado por uma nissei de 65 anos e 1,60 m de altura.
Era manhã da quinta-feira, 6. A mulher começou a mostrar fotografias de crianças esqueléticas, brasileiros com silhueta de etíopes, mas que tinham sido recuperadas com uma farinha barata e acessível, batizada de "multimistura" .
Alencar marejou os olhos.
Pobre na infância no interior de Minas, o vice não conseguiu soltar uma palavra sequer.
Apenas deu um longo e apertado abraço naquela mulher, a pediatra Clara Takaki Brandão. Foi ela quem criou a multimistura, composto de farelos de arroz e trigo, folha de mandioca e sementes de abóbora e gergelim.
Foi esta fórmula que, nas últimas três décadas, revolucionou o trabalho da Pastoral da Criança, reduzindo as taxas de mortalidade infantil no País e ajudando o Brasil a cumprir as Metas do Milênio.
E o que a pediatra foi pedir ao vice-presidente?
Que não deixasse o governo tirar a multimistura da merenda das crianças.
Mais do que isso, ela pediu que o composto fosse adotado oficialmente pelo governo.
Clara já tinha feito o mesmo pedido ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão - mas ele optou pelos compostos das multinacionais, bem mais caros.
"O Temporão disse que não é obrigado a adotar a multimistura" , lamenta Clara.
Há duas semanas a energia elétrica da sala de Clara dentro do prédio do Ministério da Saúde foi cortada. Hoje, ela trabalha no escuro.
"Já me avisaram que agora eu estou clandestina dentro do governo", ironiza a pediatra.
Mas ela nem sempre viveu na escuridão.
Prova disso é que, na semana passada, o governo comemorou a redução de 13% nos óbitos de crianças entre os anos de 1999 e 2004 - período em que a multimistura tinha se propagado para todo o País.
Desde 1973, quando chegou à fórmula do composto, Clara já levou sua multimistura para quase todos os municípios brasileiros, com a ajuda da Pastoral da Criança, reduto do PT.
Os compostos da multimistura têm até 20 vezes mais ferro e vitaminas C e B1 em relação à comida que se distribui nas merendas escolares de municípios que optaram por comprar produtos industrializados.
Sem contar a economia:
"Fica até 121% mais caro dar o lanche de marca", compara Clara.
Quando ela começou a distribuir a multimistura em Santarém, no Pará, 70% das crianças estavam subnutridas e os agricultores da região usavam o farelo de arroz como adubo para as plantas e como comida para engordar porco.
Em 1984, o Unicef constatou aumento de 220% no padrão de crescimento dos subnutridos.
Dessa época, Clara guarda o diário de Joice, uma garotinha de dois anos e três meses que não sorria, não andava, não falava.
Com a multimistura, um mês depois Joice começou a sorrir e a bater palmas.
Hoje, a multimistura é adotada por 15 países.
No Brasil só se transformou em política pública em Tocantins.
Clara acredita que enfrenta adversários poderosos. ( alguém tem alguma dúvida ???)
Segundo ela, no governo, a multimistura começou a ser excluída da merenda escolar para abrir espaço para o Mucilon, da Nestlé, e a farinha láctea, cujo mercado é dividido entre a Nestlé e a Procter & Gamble
"É uma política genocida substituir a multimistura pela comida industrializada" , ataca a pediatra.
A antiga Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança, a saudosa Zilda Arns, reconheceu que a multimistura foi importante para diminuir os índices de desnutrição infantil.
"A multimistura ajudou muito", diz.
"Mas só ela não é capaz de dizimar a anemia; também se deve dar importância ao aleitamento materno."
"ISTO É" procurou as autoridades do Ministério da Saúde ao longo de toda a semana, mas nenhuma delas quis se pronunciar.
"O multimistura é um programa que não existe mais", limitou-se a informar a assessoria de imprensa.
Site do multimistura - http://www.multimis tura.org. br/
Isto É
PIONEIRA Há mais de três décadas Clara Brandão criou um composto alimentar que revolucionou a nutrição infantil

Marcadores: ,

EXPOSIÇÕES - 31-5-10

Curitiba-PR - Museu Alfredo Andersen abre quatro exposições
Quatro novas exposições serão abertas ao público a partir desta quinta-feira (27) no Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336), espaço da Secretaria estadual da Cultura. No local acontece a exposição de Alfredo Andersen – Período Noruega, mais um evento que comemora os 150 anos de nascimento de Andersen. Além dessa mostra, o público vai poder contemplar a instalação Mandinga Budista do artista Fabricio Vaz Nunes; as fotografias de Tarcisio Costa na mostra Tapumens; e ainda as pinturas, gravuras e esculturas do premiado Glauco Menta na exposição Plano: Espaço. As mostras têm entrada franca e ficam até o dia 15 de agosto.
As comemorações dos 150 anos de nascimento de Andersen continuam com a mostra Alfredo Andersen – Período Noruega, que apresenta as telas pintadas pelo artista quando ainda estava em seu país de origem. São suas primeiras obras, do início de sua carreira, com 13 anos, até os 18, quando se mudou para Dinamarca. No Brasil, Andersen chegou em 1891 e, tempo depois, tornou-se o pai da pintura paranaense.
Fabricio Vaz Nunes é o responsável pela instalação Mandinga Budista, que brinca com a ideia de um personagem popular de superstição imediatamente reconhecível, o Buda sorridente, inserido no cotidiano das pessoas. O artista faz moldes de gesso da figura e escolhe espaços urbanos para deixá-los e analisar a reação de quem passa por lá. “Mas é só ir embora e logo um curioso mais ousado arranca a mandinga de lá”, comenta Fabricio sobre sua intervenção. Em sua primeira exposição em um espaço oficial, ele montará uma instalação com 80 Budas preenchidos com tinta, que após contato com a água vai mudando de cor.
Para a exposição Tapumens, Tarcisio Costa fotografa o que chama de “escombros urbanos”. São construções inacabadas, edifícios em construção ou abandonados, prédios demolidos e outros ambientes relacionados ao habitat humano rejeitado. As imagens são em preto e branco, reveladas manualmente pelo próprio artista. Os suportes para as fotografias são tapumes oriundos de construções civis, que funcionaram como “divisores entre o construir e o destruir”, explica Tarcisio.
A ideia da exposição Plano: Espaço, de Glauco Menta, começou há cinco anos com o estudo de cores e formas no plano bidimensional, gravuras e pinturas, e depois foi trabalhando com a releitura em três dimensões, as esculturas. Glauco conta que sua obra tem muito a ver com a arquitetura na fase do modernismo brasileiro, principalmente com Oscar Niemeyer. Quase todos os trabalhos são inéditos para a mostra, exceto três esculturas, das 13 obras expostas, que foram premiadas no Salão de Cerâmica de 2008.
Serviço:
Abertura das exposições Alfredo Andersen – Período Noruega (Alfredo Andersen), Mandinga Budista (Fabrício Vaz Nunes), Tapumens (Tarcisio Costa) e Plano:Espaço (Glauco Menta), no dia 26 de maio, às 18h30, no Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336). Horário de visitação: de terças às sextas-feiras das 9h às 18h. Sábados, domingos e feriados das 10h ás 16h. A exposição fica até o dia 15 de agosto e a entrada é franca.
Agência de Notícias – Estado do Paraná

São Sebastião: Exposição fotográfica retrata casamento caiçara
Neste sábado, dia 29, a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), através do Departamento de Patrimônio Histórico Cultural, promove mais uma exposição fotográfica com o tema "Casamento Caiçara".
Serão expostos imagens, que foram restauradas pelo fotógrafo Edivaldo Nascimento, retratando casamentos de típicos caiçaras. Neste ano, o evento tem o foco de apresentar ao público o local onde aconteceram os matrimônios.
Segundo os organizadores, a exposição irá homenagear as noivas, valorizar a cultura caiçara e fazer com que as pessoas revivam momentos especiais ao verem as fotos expostas.
Em São Sebastião, de 1965 até este ano aconteceram 1.400 casamentos no município, desde o bairro do Jaraguá, na Costa Norte, até o Convento Nossa Senhora do Amparo, em São Francisco, região central.
A abertura do evento acontece às 19h30, no saguão do departamento de Patrimônio Histórico – no antigo Fórum da cidade. A exposição fica aberta para visitação até o final de junho.
Agoravale

São Paulo-SP - Shoá - Reflexões por um mundo mais tolerante
Trazendo como tema central o holocausto ocorrido na Segunda Guerra Mundial, e ocupando os 600 m² do Galpão da unidade, a exposição apresentará os diversos “Genocídios” que ocorreram e ainda ocorrem na história da humanidade. O idealizador da itinerância do projeto no Brasil, e um dos seus organizadores, é o empresário William Rozenbaum Trosman, que ao visitar a exposição “Shoá, Memória e Legado do Holocausto”, ocorrida em Montevidéu durante o ano de 2008, resolveu trazê-la para o Brasil. No Uruguai a exposição levou dois anos para ser preparada e envolveu mais de 150 pessoas, em sua maioria voluntários. Ainda na versão brasileira, a exposição vai contar com obras de importantes artistas brasileiros contemporâneos, como Alex Flemming, Cláudio Mubarac, Nazareth Pacheco, Renata Barros e Rosana Paulino, selecionadas por Fábio Magalhães. Além disso, o projeto contará ainda com uma programação paralela, reunindo palestras, simpósios e exibição de filmes com o tema.
Até 4 de Julho, de terça a sexta, das 10h às 21h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 19h (no galpão)
SESC Pompéia
Rua Clelia, 93 (Perdizes)
Tel: (11) 3871-7700 3865-0324
Ingressos: Grátis
Recomendação: 12 anos
Sampa Online

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 31-5-10

A Taxa Camarae do Papa Leão X(1513-1521): nas origens dos problemas actuais
Um dos pontos culminantes da corrupção humana, a Taxa Camarae é um tarifário promulgado em 1517, pelo papa Leão X (1513-1521) destinado a vender indulgências, ou seja, o perdão dos pecados, a todos quantos pudessem pagar umas boas libras ao pontífice. Como veremos na transcrição que se segue, não havia delito, por mais horrível que fosse, que não pudesse ser perdoado a troco de dinheiro. Leão X declarou aberto o céu para todos aqueles, fossem clérigos ou leigos, que tivessem violado crianças e adultos, assassinado uma ou várias pessoas, abortado. desde que se manifestassem generosos com os cofres papais.
1. O eclesiástico que cometa o pecado da carne, seja com freiras, seja com primas, sobrinhas ou afilhadas suas, seja, por fim, com outra mulher qualquer, será absolvido, mediante o pagamento de 67 libras, 12 soldos.
2. Se o eclesiástico, além do pecado de fornicação, quiser ser absolvido do pecado contra a natureza ou de bestialidade, deve pagar 219 libras, 15 soldos. Mas se tiver apenas cometido pecado contra a natureza com meninos ou com animais e não com mulheres, somente pagará 131 libras, 15 soldos.
3. O sacerdote que desflorar uma virgem, pagará 2 libras, 8 soldos.
4. A religiosa que quiser alcançar a dignidade de abadessa depois de se ter entregue a um ou mais homens simultânea ou sucessivamente, quer dentro, quer fora do seu convento, pagará 131 libras, 15 soldos.
5. Os sacerdotes que quiserem viver maritalmente com parentes, pagarão 76 libras e 1 soldo.
6. Para todos os pecados de luxúria cometidos por um leigo, a absolvição custará 27 libras e 1 soldo; no caso de incesto, acrescentar-se-ão em consciência 4 libras.
7. A mulher adúltera que queira ser absolvida para estar livre de todo e qualquer processo e obter uma ampla dispensa para prosseguir as suas relações ilícitas, pagará ao Papa 87 libras e 3 soldos. Em idêntica situação, o marido pagará a mesma soma; se tiverem cometido incesto com os seus filhos acrescentarão em consciência 6 libras.
8. A absolvição e a certeza de não serem perseguidos por crimes de rapina, roubo ou incêndio, custará aos culpados 131 libras e 7 soldos.
9. A absolvição de um simples assassínio cometido na pessoa de um leigo é fixada em 15 libras, 4 soldos e 3 dinheiros.
10. Se o assassino tiver morto a dois ou mais homens no mesmo dia, pagará como se tivesse apenas assassinado um.
11. O marido que tiver dado maus tratos à sua mulher, pagará aos cofres da chancelaria 3 libras e 4 soldos; se a tiver morto, pagará 17 libras, 15 soldos; se o tiver feito com a intenção de casar com outra, pagará um suplemento de 32 libras e 9 soldos. Se o marido tiver tido ajuda para cometer o crime, cada um dos seus ajudantes será absolvido mediante o pagamento de 2 libras.
12. Quem afogar o seu próprio filho pagará 17 libras e 15 soldos [ou seja, mais duas libras do que por matar um desconhecido (observação do autor do livro)]; caso matem o próprio filho, por mútuo consentimento, o pai e a mãe pagarão 27 libras e 1 soldo pela absolvição.
13. A mulher que destruir o filho que traz nas entranhas, assim como o pai que tiver contribuído para a perpetração do crime, pagarão cada um 17 libras e 15 soldos. Quem facilitar o aborto de uma criatura que não seja seu filho pagará menos 1 libra.
14. Pelo assassinato de um irmão, de uma irmã, de uma mãe ou de um pai, pagar-se-á 17 libras e 5 soldos.
15. Quem matar um bispo ou um prelado de hierarquia superior terá de pagar 131 libras, 14 soldos e 6 dinheiros.
16. O assassino que tiver morto mais de um sacerdote, sem ser de uma só vez, pagará 137 libras e 6 soldos pelo primeiro, e metade pelos restantes.
17. O bispo ou abade que cometa homicídio por emboscada, por acidente ou por necessidade, terá de pagar, para obter a absolvição, 179 libras e 14 soldos.
18. Quem quiser comprar antecipadamente a absolvição, por todo e qualquer homicídio acidental que venha a cometer no futuro, terá de pagar 168 libras, 15 soldos.
19. O herege que se converta pagará pela sua absolvição 269 libras. O filho de um herege queimado, enforcado ou de qualquer outro modo justiçado, só poderá reabilitar-se mediante o pagamento de 218 libras, 16 soldos, 9 dinheiros.
20. O eclesiástico que, não podendo saldar as suas dívidas, não quiser ver-se processado pelos seus credores, entregará ao pontífice 17 libras, 8 soldos e 6 dinheiros, e a dívida ser-lhe-á perdoada.
21. A licença para instalar pontos de venda de vários géneros, sob o pórtico das igrejas, será concedida mediante o pagamento de 45 libras, 19 soldos e 3 dinheiros.
22. O delito de contrabando e as fraudes relativas aos direitos do príncipe contarão 87 libras e 3 dinheiros.
23. A cidade que quiser obter para os seus habitantes ou para os seus sacerdotes, frades ou monjas autorização de comer carne e lacticínios nas épocas em que está vedado fazê-lo, pagará 781 libras e 10 soldos.
24. O convento que quiser mudar de regra e viver com menos abstinência do que a que estava prescrita, pagará 146 libras e 5 soldos.
25. O frade que para sua maior conveniência, ou gosto, quiser passar a vida numa ermida com uma mulher, entregará ao tesouro pontifício 45 libras e 19 soldos.
26. O apóstata vagabundo que quiser viver sem travas pagará o mesmo montante pela absolvição.
27. O mesmo montante terá de pagar o religioso, regular ou secular, que pretenda viajar vestido de leigo.
28. O filho bastardo de um prior que queira herdar a cura de seu pai, terá de pagar 27 libras e 1 soldo.
29. O bastardo que pretenda receber ordens sacras e usufruir de benefícios pagará 15 libras, 18 soldos e 6 dinheiros.
30. O filho de pais incógnitos que pretenda entrar nas ordens pagará ao tesouro pontifício 27 libras e 1 soldo.
31. Os leigos com defeitos físicos ou disformes, que pretendam receber ordens sacras e usufruir de benefícios pagarão à chancelaria apostólica 58 libras e 2 soldos.
32. Igual soma pagará o cego da vista direita, mas o cego da vista esquerda pagará ao Papa 10 libras e 7 soldos. Os vesgos pagarão 45 libras e 3 soldos.
33. Os eunucos que quiserem entrar nas ordens, pagarão a quantia de 310 libras e 15 soldos.
34. Quem, por simonia, (compra ou venda ilícita de benefícios eclesiásticos) quiser adquirir um ou mais benefícios deve dirigir-se aos tesoureiros do Papa que lhos venderão por um preço moderado.
35. Quem, por ter quebrado um juramento, quiser evitar qualquer perseguição e ver-se livre de qualquer marca de infâmia, pagará ao Papa 131 librase15 soldos. Pagará ainda por cada um dos seus fiadores a quantia de 3 libras.
No entanto, para a historiografia católica, o Papa Leão X, autor de um exemplo de corrupção tão grande como o que acabamos de ler, passa por ser o protagonista da «história do pontificado mais brilhante e talvez o mais perigoso da história da Igreja».
(Fonte: Rodríguez, Pepe (1997). Mentiras fundamentais da Igreja católica.
Terramar - Editores, Distribuidores e Livreiros -
(1.ª edição portuguesa, Terramar, Outubro de 2001 - Anexo, pp. 345-348)

Briga na Justiça trava recuperação
Edifício Classes Laboriosas, destruído por incêndio em 2008
Numa madrugada de março de 2008, um incêndio misterioso destruiu parte do histórico edifício da Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas, na região central de São Paulo. Dois anos depois, o projeto de reforma está pronto e os órgãos de patrimônio já autorizaram as obras, mas os trabalhos ainda nem têm prazo para começar.
O motivo é uma pendência que se enrola na Justiça. Segundo a diretoria da Associação, fundada em 1891 - a primeira do País a vender convênios médicos -, a seguradora se recusa a pagar pela reforma, alegando que o inquérito sobre as causas do incêndio apontava a possibilidade de ter sido criminoso.
Já os diretores da Classe Laboriosa dizem que a investigação não chegou a uma conclusão e já foi arquivada. "Nosso fim social é cuidar da saúde do associado. Por isso, não é interessante tirar dinheiro da saúde e colocar na construção", disse o gerente administrativo da Associação, Luiz Henrique Oliveira Lima. A reforma está orçada em R$ 2 milhões.
O edifício das Classes Laboriosas foi construído em 1909 e era tombado pelo patrimônio histórico municipal e estadual. Lá ficava também o Anfiteatro Celso Garcia, palco de reuniões de grevistas entre as décadas de 1920 e 1960. /
RODRIGO BURGARELLI
O Estado de S.Paulo

Mast inaugura prédio para pesquisa e preservação do patrimônio de Ciência & Tecnologia
 


RIO DE JANEIRO [ ABN NEWS ] - No dia 1º de junho, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast/MCT), no Rio de Janeiro, inaugura em seu campus o novo prédio para Pesquisa e Preservação do Patrimônio Histórico Brasileiro de Ciência e Tecnologia. A solenidade, que tem a presença do ministro de Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, evidencia a relevância do novo edifício, que permite ao Mast ampliar sua atuação nas áreas de pesquisa, preservação de acervos e divulgação da ciência e tecnologia no País. O apoio do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT) à construção do imóvel reflete a preocupação governamental com a pesquisa e preservação do patrimônio de ciência e tecnologia do País.
Construído com recursos da Petrobras, Eletrobrás, Furnas, Caixa Econômica Federal, Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCT) e da Lei de Incentivo à Cultura, o prédio tem três mil metros quadrados distribuídos em três pavimentos e um terraço, onde serão alocados as equipes de pesquisa, o acervo documental e a reserva técnica do Museu, além do Laboratório de Conservação e Restauração de Papel (Lapel) e o primeiro laboratório da América Latina especializado em preservação de instrumentos científicos históricos, o Laboratório de Conservação de Objetos Metálicos (Lamet).
O edifício abrigará parte da equipe técnica do Mast e terá, além de um moderno auditório, salas de aula para atender aos cursos de especialização que o Museu oferece em Museologia e Patrimônio e em Preservação de Acervos de Ciência e Tecnologia.
A inauguração de novas instalações contendo amplas áreas de guarda de acervo em condições ótimas de conservação, os novos laboratórios e as salas de pesquisa e consulta abrem mais perspectivas para a instituição. No futuro próximo, o Mast irá inaugurar um novo prédio para sua biblioteca, para abrigar não apenas o acervo já existente no Museu, mas também o acervo reunido em um século pela Academia Brasileira de Ciências (ABC) agora sob guarda do Mast. Implantará, também, um centro de recepção de visitantes e projetos de urbanização e paisagismo.
A população terá um novo espaço de contato com a história da ciência e tecnologia realizada no País, em condições semelhantes às encontradas no melhores museus dessa área. Com isso, o Mast, guardião de um dos mais importantes acervos de instrumentos científicos e documentos históricos que acompanham o desenvolvimento das atividades científicas desde o século 19, consolida-se como instituto nacional de excelência em história da ciência, atuando de forma integrada e sendo reconhecido como referência na pesquisa, preservação de acervos e divulgação da ciência e tecnologia.
ABN

Marcadores: , ,

PODE CRER, É VERDADE! - 31-5-10


Bela pintura!

Empresa alemã cria ilusão de ótica em portas de garagem

Foto: Cortesia style-your-garage.com /BBC Brasil
Obra de empresa alemã usa ilusão de ótica para colocar um carro de corrida dentro de uma garagem





Uma empresa alemã criou um produto que tem o objetivo de quebrar a monotonia das portas de garagem: coberturas com imagens variadas que criam ilusões de ótica em três dimensões.
O produto é colado sobre a porta da garagem com faixas de velcro e deve ser instalado pelo próprio cliente. Os preços variam entre 169 euros (cerca de R$ 400) e 469 euros (R$ 1,1 mil), dependendo do tamanho da porta.
Os painéis são feitos de um material lavável e resistente, semelhante ao usado em lonas impermeáveis que cobrem mercadorias em caminhões.
A empresa style-your-garage.com oferece imagens que vão desde temas da natureza, como praias ou cavalos, até "objetos de desejo" mais consumistas, como lanchas, motos clássicas e carros de corrida.
Para os bem-humorados, existem opções como enormes carrinhos de criança, estúdios de TV com motivos de seleções, no clima da Copa do Mundo, celas de prisão e até escadas rolantes para o céu e o inferno.
A firma alemã permite o envio de imagens pessoais para criar capas para garagem com fotos de álbum de família e outros.
A empresa baseada em Munique também oferece em sua página a possibilidade de qualquer pessoa fazer parcerias com a empresa, através de um tema de criação própria. Basta enviar um desenho para uma garagem e enviar. Se for aprovado, a style-your-garage.com promete ceder parte dos lucros que ele venha a gerar.
BBC Brasil



Após dormir em avião fulana fica a ver navio
Não tem país no mundo - pelo menos entre os "livres - tão encanado com segurança do que os Estados Unidos. Deixa a barba crescer e vai tentar entrar lá para você ver o sufoco que é.
Com os aviões, então, os americanos são ainda mais ressabiados. Mesmo assim, eles conseguem esquecer uma mulher dentro da aeronave durante horas após o pouso.
Ginger McGuire trabalha em uma rádio de Detroit e foi esquecida dentro de um voo da United Airways Express que saiu de Washington D.C. e pousou na Filadélfia.
A mulher estava cansada e tirou um cochilo no voo da madrugada. O avião pousou às 0h27 e a dorminhoca foi encontrada roncando pelo pessoal da limpeza às 3h50.
A United Airlines declarou que está investigando o caso. Eles querem entender como que a tripulação não checou se havia alguém no voo após o pouso.
Conta Outra



Mãe dá à luz, pai recebe multa
Parto no banco de trás do carro dá lugar a multa de estacionamento
Uma mãe deu à luz no banco de trás do carro e o pai recebeu uma multa de estacionamento. O evento surreal deu-se em Nova Iorque.
De acordo com o Daily News, Johanna Melo entrou em trabalho de parto mas Orlando Caceres, o marido, não conseguiu chegar a tempo ao hospital. O parto foi realizado por paramédicos no banco de trás do carro do casal. De seguida, a família foi levada numa ambulância e a viatura ficou no local. Quando Orlando regressou ao local tinha uma multa de 35 dólares no pára-brisas.
O novo pai vai então reclamar a multa e vai apresentar a filha, Miah, como álibi. «Penso que temos um caso forte», disse.
Portugal Diário

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ!, RI, DE QUE? - 31-5-10

Um homem estava sentado no avião, ao lado de uma menininha. O cara olhou a criança e lhe disse:
- Vamos conversar? Tenho certeza que a viagem parecerá mais rápida. O que você acha?
A menina, que acabava de abrir um livro para ler, o fechou lentamente e respondeu com voz suave:
- Sobre o que gostaria de conversar?
- Bom, não sei.... - disse o homem. - Que tal física nuclear? - e mostrou um grande sorriso.
- Bom.- disse a pequena - Esse parece ser um tema interessante. Mas antes, gostaria de lhe fazer uma pergunta: o cavalo, a vaca e a ovelha comem a mesma coisa: capim, não é mesmo? Porém, o excremento da ovelha é um monte de pequenas bolinhas, o da vaca é uma pasta e o do cavalo é um monte de pelotas secas. Por que o senhor acha que isto acontece? O cara, visivelmente surpreso com a inteligência da menina, pensou durante uns momentos e respondeu:
- Hmmm, não faço a menor idéia.
E então, a menininha disse:
- Sinceramente, o senhor se sente qualificado para discutir física nuclear, se não sabe de bosta nenhuma?













Marcadores: ,

28 maio, 2010

UM ÓTIMO FIM DE SEMANA, É O QUE DESEJO A TODOS
QUE POR AQUI PASSARAM NESTA SEMANA
QUE SE FINDA HOJE.

Marcadores:

PLAQUINHA DE HOJE - 28-5-10

Série: Cantadas
"SUA PERNA ESQUERDA É O 6,
E A DIREITA É O 8.
VAMOS PINTAR O 7?"

Marcadores:

ATUALIDADES - 28-5-10

TRE cassa mandato de Rosinha e direitos políticos de Anthony Garotinho
O Tribunal Regional Eleitoral cassou o mandato da prefeita de Campos, Rosinha Matheus (PMDB), por abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de 2008. Segundo o TRE, Rosinha usou meios de comunicação indevidamente, com práticas panfletárias na rádio e no jornal O Diário. Como a prefeita venceu as eleições com mais de 50% dos votos, o TRE convocou um novo pleito.
Além disso, o trinbual cassou os direitos políticos de Rosinha e seu marido, o ex-governador e pré-candidato ao governo estadual Anthony Garotinho (PR), por três anos, tornando-os inelegíveis. Neste caso, Garotinho está impedido de disputar as eleições de outubro deste ano. Outros três locutores da rádio sofreram a mesma sanção.
O casal ainda pode recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, para obter um efeito suspensivo da decisão do TRE. O julgamento chegou estar empatado em três votos a três. Coube ao presidente do tribunal, desembargador Nametala Jorge, dar o voto de minerva para o desempate.
"Os fatos foram inadmissíveis. O pleito eleitoral tem que ter uma lisura absoluta, trata-se de um direito da sociedade", justificou o desembargador.
Os votos vencidos foram do relator do processo, juiz Célio Salim e dos juízes Leonardo Antonelli e Luiz de Mello Serra. Os desembargadores Sérgio Lúcio de Oliveira e Cruz e Raldênio Bonifácio acompanharam o voto divergente do revisor, o juiz Luiz Márcio Pereira. O TRE também decidiu que a decisão deve contar a partir da eleição, em 2008.
Extra Online

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 28-5-10

São Paulo-SP - Exposição Réplicas Aleijadinho


São réplicas em bronze dos profetas Ezequiel, Abdias, Isaias e Joel.
Pertencentes à coleção de Edemar Cid Ferreira, estão sob os cuidados do MAS por determinação da Justiça Federal de São Paulo nos termos dos autos nº. 2005.61.81.900396-6 em trâmite na Sexta Vara Criminal Federal Especializada em Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional em Lavagem de Valores.

Rio de Janeiro-RJ - Fernanda Gomes - Galeria Artur Fidalgo, junho 2010
 




A exposição de Fernanda Gomes explora elementos essenciais da pintura: o objeto quadro em sua estrutura, a cor: branco, e a luz, base da visualidade. O branco reflete a luz e as cores, o objeto transforma luz e sombra num jogo de linhas verticais e horizontais, que como a própria arquitetura, constrói a visão que o homem criou do espaço. O quadrado, nem vertical, nem horizontal, é o campo perfeito para este jogo, que multiplica outras formas. As obras se relacionam entre si, incorporam o espaço e nele se prolongam, ao mesmo tempo que mantêm a autonomia característica da pintura. A redução dos elementos plásticos e visuais à sua concretude mais essencial parece ter o efeito contrário de dar às obras uma presença que excede seus limites físicos. Esta atmosfera profundamente contemplativa se amplia nas transformações que o movimento do observador produz.
Fernanda Gomes, uma das mais importantes e radicais artistas contemporâneas brasileiras, expõe trabalhos inéditos na Galeria Artur Fidalgo depois de oito anos sem realizar uma individual no Rio de Janeiro. Entre as exposições mais recentes da artista estão mostras individuais na Galeria Graça Brandão, Lisboa e 401 Contemporary, Berlin (2009) , Galeria Grita Insam, Viena e Galeria Luisa Strina, São Paulo (2008) e Museu Serralves, no Porto (2006), onde inaugurou em 2009 uma escultura permanente no parque do museu. Participou das Bienais de São Paulo (1994), Istambul (1995), Sidney (1998) e Veneza (2003). Seu trabalho está presente nas coleções da Tate Modern, Museu Serralves, Miami Art Museum, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Fundación/ Colleción Jumex, entre várias outras.


Lisboa – Portugal - Culturgest inaugura na sexta-feira duas exposições
Vão ser inauguradas esta sexta-feira na Culturgest as exposições «Para o cego no quarto escuro à procura do gato preto que não está lá», com curadoria de Anthony Huberman, e «Nasreen Mohamedi: Notas. Reflexões sobre o modernismo indiano», com curadoria de Suman Gopinath e Grant Watson.
A primeira poderá ser visitada na Galeria 1 e a última, na Galeria 2.
As exposições estarão abertas ao público a partir de 28 de Maio e até dia 29 de Agosto, de segunda a sexta-feira, das 11:00 às 19:00 (última admissão às 18:30); e aos sábados, domingos e feriados das 14:00 às 20:00 (última admissão às 19:30). Às terças-feiras encerram.
O bilhete (único) para as 2 exposições custa 2 euros.
Artistas:
Anónimo, Dave Hullfish Bailey, Marcel Broodthaers, Patrick van Caeckenbergh, Sarah Crowner, Mariana Castillo Deball, Eric Duyckaerts, Ayþe Erkmen, Hans-Peter Feldmann, Peter Fischli & David Weiss, Rachel Harrison, Giorgio Morandi, Matt Mullican, Bruno Munari, Nashashibi / Skaer, Falke Pisano, Jimmy Raskin, Frances Stark, Rosemarie Trockel e David William
Conferências e performances:
Conferência/performance de Matt Mullican
Quinta-feira, 27 de Maio, 19h00
Anfiteatro da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
Diário Digital
No pátio externo do MSA (Museu de Arte Sacra) estão expostas quatro de onze réplicas dos Profetas de Aleijadinho, cujos originais estão em Congonhas do Campo, MG.

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 28-5-10

Arqueólogos esperam revelar enigmas da tumba de Cao Cao


De acordo com pesquisa preliminar feita por arqueológicos chineses, a tumba do século 3 descoberta na província de Henan, centro da China, pertence a Cao Cao, famoso político, militar e escritor do período dos Três Reinos da China Antiga. O achado foi nomeado uma das seis maiores revelações arqueológicas do país em 2009 pela Academia de Ciências Sociais da China e desperta grande atenção do público. Embora algumas pessoas ainda tenham dúvida sobre a identidade do dono da tumba, especialistas dizem que vão continuar a escavação e a pesquisa das relíquias culturais encontradas no local.
A tumba de Cao Cao fica no sul da Aldeia Xigaoxue, no Distrito de Anyang, na província de Henan. O repórter da Rádio do Povo de Anyang, Jiang Tian, foi recentemente ao cenário de escavação para cobrir o evento. Ele introduziu:
"Ao oeste da tumba, há uma grande cova onde a terra já havia sido cavada para fazer um forno de tijolo rudimentar e, ao longe, pode-se ver a montanha Taihang. No cenário da escavação, foram descobertas duas tumbas paralelas, a Tumba No.1 e a Tumba No.2, distantes cerca de 20 metros uma da outra. Ambas já foram roubadas várias vezes. Agora ainda podemos ver uma caverna escavada pelos ladrões perto dos sepulcros."


Antes da divulgação do descobrimento da tumba de Cao Cao, a Aldeia Xigaoxue era apenas uma vila comum no centro da China. Pan Weibin, do Instituto de Pesquisa de Relíquias Culturais e Arqueologia da Província de Henan, estava escavando outras tumbas em Anyang quando um oficial local lhe disse que uma tumba na Aldeia Xigaoxue já tinha sido roubada por várias vezes e precisava de recuperação arqueológica e proteção profissional. Pan imediatamente dirigiu um grupo de arqueólogos para trabalhar na tumba de Cao Cao.
"Entre 2006 e 2008, a tumba foi roubada por várias vezes. Para salvar os objetos, nosso instituto conseguiu a autorização da Administração das Relíquias Culturais do país e começou a escavação em dezembro de 2008. Em exato um ano, conseguimos cumprir a primeira fase da escavação e atingimos progressos consideráveis."


De acordo com Pan, um dos êxitos mais importantes é a revelação da identidade do dono da tumba: Cao Cao. Ele viveu no período dos Três Reinos, uma época marcada por guerras frequentes e, por consequência, inúmeros heróis históricos. Nas gerações seguintes, surgiram diversas obras literárias, poemas e teatros exaltando a época e Cao Cao. Lendas ainda dizem que Cao fundou 72 tumbas falsas para prevenir o roubo de seus pertences após seu falecimento, o que causou uma discussão nacional sobre a identidade do dono da tumba depois de o grupo de Pan anunciar o resultado da escavação no final de 2009.
O arqueólogo e diretor do Instituto de Pesquisa Arqueológica da Academia de Ciências Sociais da China, Wang Wei, afirmou nunca ter imaginado que a escavação poderia se tornar uma "mania" nacional.


"Desta vez, tudo é bem diferente, porque o dono desta tumba é Cao Cao, uma personagem extremamente importante do período dos Três Reino e de muita importância na história da China Antiga. Então, especialistas, fãs, internautas, todos acompanharam a escavação com atenção, o que é muito bom, pois mostra a preocupação das pessoas com a preservação histórica e cultural do nosso país. Como arqueólogos, ficamos bastante lisonjeados."
O resultado da primeira fase das escavações depende da forma, do tamanho da tumba, das relíquias culturais escavadas e dos registros históricos sobre a localização da tumba de Cao Cao. O público queria saber mais detalhes, como a aparência da tumba, que relíquias foram descobertas e se é possível identificar o dono por tecnologia de DNA ou não.
Para responder as dúvidas, Pan Weibin publicou fotos dos trabalhos em um seminário. Segundo ele, durante sua carreira de mais de 20 anos, esta foi a primeira vez que ele descobriu uma tumba tão grande. Dentro do sepulcro de Cao Cao há um corredor de 39,5 metros, com uma sala em cada extremidade e mais quatro salas aos lados. A porta da tumba é ornamentada com esculturas em pedra delicadas, o que demonstra a alta técnica artística daquele período e a posição especial do dono.


Liu Zhendong, colega de Pan, pesquisador da história do sistema de funeral antigo do país, disse que vários detalhes indicam que a tumba data do fim da Dinastia Han do Leste. Os registros históricos no interior apontam que Cao Cao preconizou o estilo "Bo Zang", que significa um funeral relativamente simples.
"A tumba de Anyang tem muitas das características das tumbas da Dinastia Han do Leste, como um corredor principal, duas salas principais e quatro salas ao lado. A diferença fundamental entre as duas é que não há um salão circular, e as salas principais são quadradas. A tumba deve ter sido construída durante o fim da Dinastia Han do Leste, no período de transição do sistema de funeral da Dinastia Han à Dinastia Jin. Sabe-se que os funerais na época de Cao Cao tinham mudado radicalmente; anteriormente, os imperadores eram enterrados vestiando roupas feitas de jade para mostrar sua posição social especial, mas, na dinastia de Cao Cao, não há indícios de que usassem vestimentas do mesmo tipo."
Nas tumbas do avó e do pai de Cao Cao, arqueólogos encontraram roupas de jade, mas Cao Cao abandonou esta tradição luxuosa e promoveu um funeral relativamente simples. Pan explicou:
"A tumba de Cao Cao é bastante grande, mas as porcelanas ali descobertas são simples e pequenas, sem decorações delicadas. Os objetos feitos em ouro ou prata eram ornamentos pequenos para roupas. Não são artigos feitos especialmente para um funeral. Os artigos para sacrifícios também são feitos de pedra."


Na tumba No.2, além de inúmeras relíquias culturais, ainda foram encontrados vestígios de ossos humanos. De acordo com a antropóloga Zhang Jun, tratam-se de restos mortais de um homem com idade entre 60 e 70 anos e de duas mulheres, uma com mais de 50 anos e a outra em torno dos 20 anos. No entanto, ela acha que a realização do teste de DNA é quase impossível.
"Tentamos recolher material genético daquele homem que descobrimos na Tumba No.2. Os ossos não estão bem preservados, então não pudemos coletar uma amostra ideal para o teste. Além disso, a tumba já foi roubada várias vezes, o que não nos permite eliminar a possibilidade de contaminação do material. Fora isso, temos também dificuldade em encontrar descendentes de Cao Cao e em avaliar o cromossoma Y do material recolhido de pessoas mortas há mais tempo."
O diretor do Instituto de Pesquisa Arqueológica da Academia de Ciências Sociais da China, Wang Wei, afirmou que a identidade do dono da tumba é somente uma parte dessa descoberta. Arqueólogos esperam conhecer mais sobre a sociedade, a cultura e os costumes daquele período através da pesquisa da tumba de Cao Cao. O governo local também vai estabelecer um perímetro de proteção ao redor da tumba e planejar a exploração turística da região no futuro.

Marcadores: , ,

SAÚDE - 28-5-10

O segredo para a tatuagem segura
Vigilância sanitária cria novas regras para evitar riscos na hora de tatuar
Um símbolo, uma tradição de família, um momento, moda ou protesto. Não importa como a tatuagem é classificada. Independentemente da motivação, a marca será definitiva.
Foto: Divulgação

Até bem pouco tempo, o assunto tatuagem era ignorado pela medicina. Hoje já existe uma série de regras que visam deixar o procedimento mais seguro e evitar problemas graves como alergias, intoxicações e até queimaduras. A norma mais recente ficou em discussão por mais de três anos e só em fevereiro saiu do papel.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que todas as tintas usadas pelos estúdios precisam ter registro sanitário, assim como o restante dos materiais, como agulhas e jatos. Até então, não havia nenhuma regulamentação quanto às tintas. Por conta disso, pigmentos usados para pintar carros, tinta de caneta e até substâncias tóxicas e excessos de metais podiam frequentar os salões dos tatuadores.
“Eu acho ótimo que essa regulamentação tenha saído. As pessoas agora podem procurar profissionais de qualidade, que usam materiais certificados e coibir muita coisa errada que tem por aí, como o uso de tintas automotivas, por exemplo”, afirmou Sérgio Maciel, o Led’s, um dos tatuadores mais conhecido de São Paulo. “Tatuagem é arte, mas também é saúde. Não dá para estas duas áreas andarem separadas.”
A nova regulamentação da Anvisa sobre o registro das tintas entrou em vigor há quase quatro meses e, até agora, apenas uma empresa conseguiu o aval sanitário, informou a agência. Uma outra está em fase de análise e todos os aspectos técnicos são analisados.
Para o diretor do Sindicato dos Tatuadores, Rodrigo Pires Cardozo (do Rodrigo Tatoo Clinic, em Mogi das Cruzes, São Paulo), as regras sanitárias só seriam válidas se viessem acompanhadas da regulamentação da profissão. “É válido a Anvisa se preocupar com a qualidade dos materiais utilizados, mas é ainda mais urgente a profissão sair da informalidade”, acredita Cardozo. “Nós que trabalhamos certinho sofremos com a concorrência desleal de pessoas que saem por aí tatuando sem a menor preocupação com higiene e colocam em risco a população”, disse, acrescentando que, com a profissão regulamentada, os interessados em fazer tatuagens precisariam passar por cursos de capacitação de biossegurança, entre outros. Um projeto de lei está em andamento para regularizar a profissão.
Preços mais baratos
O primeiro indício da tatuagem perigosa é o preço muito barato. Por isso são os próprios tatuadores que orientam uma pesquisa de mercado antes de cair em alguma armadilha. O valor do trabalho também pode ser influenciado pela utilização de tintas de procedência não garantida, então vale questionar este aspecto antes de escolher o desenho.
Além do certificado das tintas, o Departamento de Direito de Defesa do Consumidor, ligado ao Ministério da Justiça, orienta que é preciso verificar se o espaço é liberado pela vigilância municipal pra funcionar, observar a higiene do tatuador e o uso de máscaras e luvas. Além disso, vale fazer um check-up da própria saúde antes de recorrer às tatoos.
As dicas da Anvisa e do Ministério da Justiça para a tatuagem
Antes de fazer a tatuagem verifique
- Se o local está limpo e organizado
- Se há aviso por escrito quanto aos riscos causados pelo material e/ou substâncias
- Se o profissional lava as mãos com água e sabão, seguido de aplicação de álcool a 70%
- Se é realizada a limpeza da pele do cliente com água potável e sabão líquido, seguida de aplicação de antisséptico (álcool a 70%, PVPI), entre outros
- Se o profissional utiliza luvas descartáveis e máscara no momento da realização do serviço
Lembrete:
Tatuagem e colocação de piercing somente poderão ser feitos em menores de idade com autorização dos pais
Observações quanto aos materiais:
- As agulhas para colocação do piercing ou aplicação da tinta de tatuagem, lâminas ou aparelhos para raspagem de pêlos devem ser descartáveis
- Outros materiais que não são descartáveis deverão estar limpos e desinfetados com álcool 70%
- A tinta utilizada na tatuagem não pode ser tóxica e deve ser registrada na Anvisa
- Os materiais utilizados devem estar guardados em local limpo, organizado, fechado e sem umidade
Antes de fazer a tatuagem peça ao seu médico testes de:
- Aids
- Hepatites B e C
- Tétano
- Sífilis
Não devem fazer tatuagens pessoas que têm:
- Sangramentos intensos (hemorragias)
- Infecções graves
- Comprometimento das vias aéreas superiores (dificultando a respiração e a fala)
- Fratura dental com traumas na mucosa, gengiva e céu da boca
- Inflamações crônicas e quelóides
Fernanda Aranda, iG São Paulo
 
As tintas usadas para tatuagem ganharam normas sanitárias

Marcadores:

PODE CRER, É VERDADE! - 28-5-10

São deu pra saber o time da preferência do rapaz.


Maior nau engarrafada do mundo é instalada no centro de Londres
Foto: AP

Foi apresentada nesta segunda-feira a instalação da maior nau engarrafada do mundo na Praça Trafalgar, no centro de Londres, informa a agência AP. A obra representa a embarcação utilizada pelo almirante da marinha britânica Lord Nelson na Batalha de Trafalgar.
A instalação foi criada pelo artista nigeriano Yinka Shonibare. Ela mede 4,57 m de comprimento, 2,44 m de altura e 3,47 m de diâmetro.
A nau que ocupa a garrafa é uma réplica em escala da embarcação utilizada pelo almirante da marinha britânica Lord Nelson na Batalha de Trafalgar, que dá nome à praça londrina, em outubro de 1805. Nelson foi morto na batalha, mas o Império Britânico saiu vitorioso.
Segundo Shonibare, ele queria criar uma obra que "refletisse especificamente a relação entre o nascimento do Império Britânico com o atual contexto multicultural do Reino Unido". As 37 velas da nau são adornadas com desenhos feitos a mão baseados em motivos de tecidos africanos.
"Eu acho que Nelson ficaria orgulhoso de ver que a sua batalha teve um efeito importante na vida de tantas pessoas. Esta peça celebra o legado dele", disse Shonibare ao jornal britânico The Telegraph.
O navio inclui peças de madeira pintadas a mão, 80 canhões, cordas e lonas. A grande boca da garrafa permitiu que o artista e seus ajudantes engatinhassem por ela para trabalhar nos detalhes da nau. A garrafa foi feita por especialistas em aquários de Roma.
Shonibare ganhou a disputa com outros artistas pela concessão de ocupar o quarto pilar na Praça Trafalgar. O quarto pilar foi construído em 1841 para sediar uma estátua eqüestre que nunca foi finalizada. Apesar de ter permanecido vazio por mais de 150 anos, instalações de arte ocupam o espaço por um período de 18 meses desde 1999.
Os outros três pilares da praça recebem as estátuas de George IV, rei britânico entre 1820 e 1830, de Henry Havelock e Charles James Napier, ambos generais britânicos na Índia em meados do século 19.
Redação Terra

Homem escapa ileso após ficar preso em máquina de salsichas
Um funcionário de uma fábrica de salsichas em Danvers (Massachusetts, nordeste dos EUA) ficou preso em uma máquina de salsichas mas conseguiu sair sem ferimentos, informou a polícia nesta segunda-feira.
O funcionário limpava uma grande máquina de misturar carne com condimentos quando o aparelho, descrito pela polícia como um "cilindro aspirante", começou a trabalhar puxando a cabeça e os ombros do empregado.
A vítima foi retirada do artefato industrial pelos bombeiros e foi hospitalizada apenas por precaução, já que não apresentava traumatismos físicos.
AFP

Bêbado distribuindo panfletos dos Alcoólicos Anônimos
A gente sempre acha que já viu de tudo nesse mundo, mas algumas coisas ainda surpreendem.. de tão inacreditáveis que são!
Um francês de 56 anos foi preso na segunda-feira (21) acusado de dirigir bêbado depois de parar seu carro em uma delegacia para distribuir panfletos da entidade alcoólicos anônimos, informou a polícia nesta quarta.
Os policiais de Neuf-Brisach, na França, sentiram um forte cheiro de álcool na respiração do homem quando ele chegou com os panfletos. Após exames, os agentes descobriram que o homem apresentava teor de álcool no sangue quase o dobro do limite permitido.
O homem já tinha uma condenação por dirigir embriagado. Após ter a carteira de motorista confiscada, ele foi liberado, mas terá que comparecer em uma audiência no tribunal em dezembro.
Ele pode ser condenado a até quatro anos de prisão e uma multa de 9 mil euros (cerca de R$ 23 mil
Bizarrices pelo Mundo
Público acompanha a apresentação da nau engarrafada no quarto pilar da Praça Trafalgar, em Londres

Marcadores: , ,