ENTRESSEIO

s.m. 1-vão, cavidade, depressão. 2-espaço ou intervalo entre duas elevações. HUMOR, CURIOSIDADES, UTILIDADES, INUTILIDADES, NOTÍCIAS SOBRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE BENS CULTURAIS, AQUELA NOTÍCIA QUE INTERESSA A VOCÊ E NÃO ESTÁ NO JORNAL QUE VOCÊ COSTUMA LER, E NEM DÁ NA GLOBO. E PRINCIPALMENTE UM CHUTE NOS FUNDILHOS DE NOSSOS POLÍTICOS SAFADOS, SEMPRE QUE MERECEREM (E ESTÃO SEMPRE MERECENDO)

30 junho, 2010

PLAQUINHA DE HOJE - 30-6-10

Série: Utilitárias
"O QUE NÃO FAZ PARTE DA SOLUÇÃO,
FAZ PARTE DO PRECIPITADO!"

Marcadores:

ATUALIDADES - 30-6-10

Procurador pede revisão de indenizações pagas a anistiados
O procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Marinus Marsico, propôs a revisão dos valores pagos a vítimas da ditadura militar pela Comissão da Anistia. O tribunal analisa a proposta de rever mais de 9,3 mil processos que, segundo o TCU, já custaram ao governo cerca de R$ 4 bilhões. As informações são jornal O Estado de S. Paulo.
"A revisão poderá gerar uma economia de milhões de reais aos cofres públicos", defendeu o procurador Marsico. Ao todo, 9.371 benefícios já concedidos estão na mira da representação. Eles foram concedidos com base em uma lei de 2002, que estabeleceu o pagamento de indenização do Estado a vítimas de perseguição política até 1988, ano em que a Constituição foi aprovada. "Não contesto a condição de anistiado político, mas os valores das indenizações concedidas a título de reparação econômica", disse o procurador.
Redação Terra

Anúncio do Extra na Folha 'tira' a Seleção da Copa

Para Pão de Açúcar, erro foi da Folha. Para a Folha, a veiculação ainda está sendo apurada

Anúncio do Extra foi publicado na edição de ontem da Folha de São Paulo
São Paulo - A rede Extra veiculou na Folha de São Paulo de hoje um anúncio em que se despede da Seleção Brasileira na Copa da África. O anúncio diz: "A I qembu le sizwe sai do Mundial. Não do coração da gente. Na África, no idioma Zulu, I qembu le sizwe é SELEÇÃO. Valeu, Brasil. Nos vemos em 2014."
Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Grupo Pão de Açúcar, da qual a rede Extra faz parte, afirmou ter sido uma falha humana por parte da Folha de São Paulo. Segundo a assessoria, foram enviados dois anúncios, um para o caso de derrota da Seleção e outro para ser utilizado em caso de vitória. O anúncio publicado foi, por engano, o de derrota. Ainda, de acordo com o Grupo Pão de Açúcar, a Folha de São Paulo fará uma retratação do erro.
Segundo o departamento comercial da Folha de São Paulo, a veiculação do anúncio ainda está sendo apurada e, por enquanto, não é possível explicar se o erro foi realmente por parte da Folha ou da house do Grupo Pão de Açúcar.
O Grupo Pão de Açúcar é patrocinador oficial da Seleção Brasileira até o fim da Copa da África através da marca Extra.
Cris Simon, de EXAME.com

Marcadores:

UTILIDADES E INFORMAÇÕES - 30-6-10

Ruas calmas nas zonas sul e oeste de SP concentram sequestro relâmpago



O perfil foi traçado com base nas centenas de casos registrados nos últimos três anos na cidade, segundo o delegado Wagner Giudice, da Delegacia Antissequestro. "São pessoas que estão saindo ou chegando ao trabalho, à academia, que param para falar ao celular, que estão esperando a namorada."
Até então, a polícia acreditava que os alvos preferenciais dos criminosos eram os motoristas que paravam em um semáforo ou caixa eletrônico ou que saíam de shoppings. "Não é nada disso. A vítima está parada em ruas de pouco movimento e então é levada para a marginal Pinheiros. Por isso, eles escolhem esses bairros [das zonas sul e oeste]."
O sequestro relâmpago é aquele em que a vítima é mantida refém dentro do carro, em geral do próprio veículo, enquanto os ladrões sacam dinheiro de sua conta bancária em caixas eletrônicos ou fazem compras com seu cartão de crédito.
Na lista dos bairros campeões de casos estão, segundo a polícia, Moema, Brooklin, Morumbi, Chácara Santo Antônio e Pinheiros. Também há registro desse tipo de crime em Santo Amaro, Perdizes, Lapa e próximo à av. Luiz Carlos Berrini.
Os crimes ocorrem das 7h às 10h e das 17h às 21h. De acordo com a Polícia Civil, são registradas entre 50 e 60 ocorrências por mês na capital. Há três anos, no entanto, o número chegou a cerca de 150 casos.
Dois por dia
Ontem, o delegado Giudice apresentou uma dupla especializada em sequestro relâmpago que, segundo ele, agia havia pelo menos um ano na região da marginal Pinheiros e tinha no currículo mais de 20 crimes. Para o delegado, esse número pode ser muito maior. "Eles chegaram a praticar mais de dois sequestros relâmpagos no mesmo dia. Um cedo, e outro à noite", disse.
Os suspeitos, Rafael Alves dos Santos e Elton Rodrigues Assunção, agiam nesses bairros onde se concentram os sequestros relâmpago. Com eles, a polícia apreendeu armas e cartões de vítimas. A reportagem não conseguiu contato com os advogados dos acusados.
De acordo com a polícia, funcionários de lojas são suspeitos de envolvimento com a dupla. Em uma das compras feitas pelos criminosos com o cartão de uma das vítimas, eles chegaram a gastar cerca de R$ 7.000 em uma loja de artigos esportivos. A polícia não soube informar o montante dos roubos.
A Folha pediu ao delegado e à Secretaria da Segurança Pública os números, registrados mês a mês, de sequestros relâmpagos. O policial disse que dependeria de autorização da secretaria --o que não ocorreu até a conclusão desta edição.
Editoria de Arte/Folha Imagem
ROGÉRIO PAGNAN
Sozinho no carro, o motorista --pode ser homem ou mulher-- que para seu carro na hora do rush em ruas aparentemente calmas de bairros próximos à marginal Pinheiros é a principal vítima de sequestro relâmpago na capital paulista.

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 30-6-10

Rio de Janeiro-RJ - Três mostras em uma só

Coletiva organizada por Iole de Freitas reúne obras de nove artistas em temporadas sucessivas divulgação
Parte da instalação O que Seria do Amarelo?, de Edna Kauss: mangueiras luminosas compõem o trabalho
Com título poético e uma proposta diferente, a coletiva Tempo Tempo Tempo vai exibir até 15 de agosto criações de nove nomes da cena contemporânea no Parque Lage. Iole de Freitas assina a curadoria desta exposição em formato dinâmico. Programada para ficar um mês e meio em cartaz, a mostra será dividida em três minitemporadas estreladas, cada uma, por um trio de artistas. Os primeiros estreiam na sexta (2).
Dolly Michailovska levará ao foyer a instalação Elementos 14, de telas em técnica mista unindo imagens figurativas e traços abstratos feitos a nanquim. Na Galeria 1 entrará a intervenção Paisagem Perdida, de Sonia Távora. Na obra, ela devolve a antiga vista para os jardins oferecida de uma das laterais do salão. Uma parede falsa de madeira encobre a porta-janela de ferro, através da qual se podia vislumbrar o verde. Num imenso painel fotográfico estão fragmentos dessa vegetação. Noutro ponto, tiras de vinil adesivo reproduzem as grades da antiga esquadria em tamanho real, além de desenhos a giz de cera e bico de pena com aplicações de folha de ouro sobre papel de arroz.
No Espaço 2, Edna Klauss monta a instalação O que Seria do Amarelo?, da série Percurso Luminoso. A composição tem 75 metros de cabos eletroluminescentes de diferentes cores que lembram aquelas mangueiras usadas em decorações natalinas. As atrações seguintes são Adir Maria Andrade, Anna Helena Cazzani e Cleone Augusto, a partir do dia 20, e, de 6 de agosto em diante, Doralice Araújo (1958-2010), Jorgete Gac e Maria Luisa Mendonça.
Tempo Tempo Tempo. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, 3257-1800. Segunda a quinta, 9h às 22h; sexta a domingo e feriado, 10h às 17h. Grátis. Até 15 de agosto. A partir de sexta (2). www.eavparquelage.rj.gov.br.
Veja Rio

Marcadores:

CURSOS - 30-6-10

São Paulo-SP - Cursos de Férias Belas Artes
Aproveite o mês de julho para atualizar-se!Para quem não vai viajar, julho é uma ótima oportunidade para atualizar-se em sua área de formação, conhecer mais sobre outras áreas e até mesmo fazer aquele curso que sempre quis, mas nunca teve tempo.Pensando nisso, o Centro Universitário Belas Artes de são Paulo abriu as inscrições para seus cursos de férias, todos oferecidos pela Central de Extensão da instituição. Confira:
A Estética Periférica no Audiovisual
Atelier Livre: percepção e desenho Cenários e Tendências de Comportamento e Consumo
Cerâmica Módulo I
Cerâmica Módulo II
Cologravura
Comunicação e Expressão Verbal: falar para liderar
Desenho
Direção de Arte & Diagramação
Fundamentos da Negociação: estratégias e táticas
Gestão Empresarial do Negócio do Design
Gravura - Carborundum e MonotipiaInovação e Criatividade
Introdução à Arquitetura HospitalarLiteratura Infantil e Formação de Leitores
Métodos e Técnicas de Pesquisa
Modelagem Livre, elementos de composição, estrutura e colagem em cerâmica numa visão de design
O Cinema Onírico de David Lynch
Perspectiva de Interiores
Photoshop CS3 Básico e Avançado
Photoshop I
Pintura em Baixo Esmalte
Pintura Encáustica
Produção Gráfica Digital
Second Life
Serigrafia
XHTML, a última versão do HTMLPara obter informações mais detalhadas sobre cada um dos cursos, entre em contato com a Central de Extensão:Rua Dr. Álvaro Alvim, 144 – Vila Mariana(11) 5574-6277extensao@belasartes.brwww.belasartes.br/extensao

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 30-6-10

Arqueólogos acham pinturas mais antigas dos apóstolos de Jesus
ROMA (Reuters) - Arqueólogos e restauradores de arte usando nova tecnologia a laser descobriram o que acreditam ser as pinturas mais antigas dos rostos dos apóstolos de Jesus Cristo.
As imagens encontradas em um ramal das catacumbas de Santa Tecla, perto da Basílica de São Pedro, do lado de fora das muralhas da Roma antiga, foram pintadas no fim do século 4 ou início do século 5.
Arqueólogos acreditam que essas imagens podem estar entre as que mais influenciaram os retratos feitos por artistas posteriores dos mais importantes entre os primeiros seguidores de Cristo.
"São as primeiras imagens que conhecemos dos rostos desses quatro apóstolos", disse o professor Fabrizio Bisconti, diretor de arqueologia das catacumbas de Roma, que pertencem ao Vaticano e são administradas por ele.
Os afrescos eram conhecidos, mas seus detalhes vieram à tona durante um projeto de restauração iniciado dois anos atrás e cujos resultados foram anunciados nesta terça-feira em coletiva de imprensa.
Os ícones de rosto inteiro incluem as faces de São Pedro, Santo André e São João, que fizeram parte dos 12 apóstolos originais de Jesus, e São Paulo, que se tornou apóstolo após a morte de Cristo.
As pinturas possuem as mesmas características de imagens posteriores, como a testa enrugada e alongada, a cabeça calva e a barbicha pontuda de São Paulo, o que indica que podem ter sido as imagens nas quais os retratos posteriores se basearam.
Os quatro círculos, com cerca de 50 centímetros de diâmetro, estão no teto do local do sepultamento subterrâneo de uma mulher nobre que se acredita que tenha se convertido ao cristianismo no fim do mesmo século em que o imperador Constantino legalizou a religião.
Bisconti explicou que as pinturas mais antigas dos apóstolos os mostram em grupo, com rostos menores cujos detalhes são difíceis de distinguir.
"Trata-se de uma descoberta muito importante na história das comunidades cristãs primitivas de Roma", disse Bisconti.
"CIRURGIA" A LASER
Os afrescos dentro do túmulo, medindo cerca de 2 metros por 2 metros, estavam recobertos de uma pátina espessa de carbonato de cálcio pulverizado, provocada pela umidade extrema e a ausência de circulação de ar.
"Fizemos análises extensas e demoradas antes de decidir qual técnica empregar", disse Barbara Mazzei, que chefiou o projeto. Ela explicou como usou um laser como "bisturi ótico" para fazer o carbonato de cálcio cair sem prejudicar a tinta.
"O laser criou uma espécie de miniexplosão de vapor quando interagiu com o carbonato de cálcio, levando este a se destacar da superfície."
O resultado foi a clareza espantosa das imagens, antes opacas e sem nitidez.
As rugas na testa de São Paulo, por exemplo, estão nítidas, e a brancura da barba de São Pedro ressurgiu.
"Foi uma descoberta de forte impacto emocional", disse Mazzei.
Outras cenas da Bíblia, como a de Jesus convocando Lázaro a levantar-se dos mortos ou Abraão preparando-se para sacrificar seu filho, Isaac, também ficaram muito mais claras e nítidas.
"No que diz respeito a pinturas no interior de catacumbas, estamos acostumados a ver pinturas muito pálidas, geralmente brancas, com poucas cores. No caso das catacumbas de Santa Tecla, a grande surpresa foram as cores extraordinárias. Quanto mais avançamos, mais surpresas encontramos", disse Mazzei.
Situado num labirinto de catacumbas sob um prédio moderno, o túmulo ainda não está aberto ao público devido às obras que continuam, à dificuldade de acesso e ao espaço limitado. Bisconti disse que as novas descobertas serão abertas apenas à visitação de especialistas, por enquanto.
Philip Pullella
O Globo



Cultura gaúcha: 17 peças em festival em Rolante
Os brasileiros de outras regiões não têm ideia de como são vivas as atividades culturais no interior mais remoto do Rio Grande do Sul. A partir de terça-feira, 22 de junho, segundo notícia do jornal Panorama de Taquara-RS em http://www.jornalpanorama.com.br/, está programado o 17.o Festivale, Festival de Teatro do Vale do Paranhana, na vizinha Rolante, num auditório de 700 lugares, o Salão Cristo Rei. Detalhe: Rolante tem 20 mil habitantes.



Exibir filme antigo? De graça, pode
BRASÍLIA - É trabalho de detetive. Para dar início à restauração de filmes, a Cinemateca Brasileira lança-se, muitas vezes, em longa jornada em busca dos titulares da obra. No caso das produções que ainda não caíram em domínio público, a autorização do titular é indispensável para a iniciativa de preservação da memória fílmica. Mas há companhias que sumiram do horizonte, proprietários que morreram, direitos que foram vendidos a terceiros, gente que se perdeu de vista e tantas outras dificuldades, que tendem a ser minimizadas agora, com a proposta do Ministério da Cultura colocada para consulta pública a partir da segunda-feira passada.
Com o objetivo de modernizar a Lei dos Direitos Autorais, de 1998, o texto disponibilizado na internet (www.cultura.gov.br/consultadireitoautoral) prevê que a autorização dos titulares não seria mais necessária para a restauração de filmes, nem para exibições em cineclubes ? desde que não seja cobrado ingresso, mantendo a finalidade de formação de público. "A lei atual é por demais rígida para usos que são banais por parte da sociedade", diz o diretor de direitos intelectuais do Ministério da Cultura, Marcos Alves de Souza.
Segundo levantamento da organização Consumers International, o Brasil tem a 7.ª pior legislação de acesso ao conhecimento, entre 34 países pesquisados. Se atualizada, a colocação seria pior, já que o Chile, o último do ranking, modernizou a sua recentemente.
Para Carlos Magalhães, diretor da Cinemateca Brasileira, a legislação tem de acompanhar a dinâmica da vida cultural do País. "É um avanço importante que possibilita a descomplicação operacional", avalia. Segundo Magalhães, às vezes são necessários três meses para localizar o detentor dos direitos, o que atrasa a preservação dos negativos. Entre 2008 e 2009, a Cinemateca restaurou 16 longas e 230 curtas.
O presidente do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros, Claudinho de Jesus, frisa que a entidade vai mobilizar associados, por meio de internet e fóruns de discussão, no apoio à proposta. "Já vieram me procurar e oferecer o licenciamento de 52 títulos de clássicos do cinema mundial mediante pagamento de R$ 1,5 mil por ano. Mas não temos fins lucrativos, não somos negócio", pondera. Cerca de 600 cineclubes são filiados ao conselho.
O anteprojeto de lei também pretende trazer mudanças em entidades de gestão coletiva, como o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), composto por 10 associações de música. O governo diz que a arrecadação e distribuição seguiriam sendo feitas por entidades privadas ? a novidade é que elas passariam a ser submetidas a uma supervisão. "Não queremos estatizar nada, só queremos transparência", defendeu o ministro da Cultura, Juca Ferreira.
Rafael Moraes Moura - O Estado de S.Paulo



Tiradentes (MG) proporciona conhecimento cultural e histórico




A antiga cidade mineira oferece atrações requintadas para os visitantes, mas sem perder o charme dos segredos e mistérios do passado
Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1938, a cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, renasceu e hoje recebe inúmeros visitantes de diferentes lugares, durante o ano todo. Conhecida por suas riquezas históricas e arquiteturas barrocas, o local tem muito o que mostrar para os turistas que chegam em busca de liberdade e de uma volta ao passado. Conhecer Tiradentes é respirar história, é esquecer as modernidades e se encantar com o jeito simples e também sofisticado dessa cidade mineira.
Quando se anda pelas estreitas ruas parece ser possível ouvir as vozes dos Inconfidentes que ali se reuniram secretamente diversas vezes. Outra lembrança antiga são os vários túneis, hoje interditados, que podem ser vistos ao longo das caminhadas pela cidade. Esses indícios estimulam a imaginação e dão um ar de mistério durante a viagem. Outra antiga atração que chama a atenção dos visitantes é o passeio feito na Maria Fumaça, trem que liga as cidades de Tiradentes e São João Del Rei. As visitas aos museus, monumentos, igrejas e as caminhadas pelas serras e bosques são programações que não podem faltar para quem visita a cidade. O variado artesanato, que revela traços do passado, transmitido de geração para geração também é outro ponto alto do local. Características barrocas adicionadas a técnicas modernas, possibilitam não apenas uma repetição, mas uma releitura de obras do passado, que podem ser vistas em móveis e objetos de ferro.
Tiradentes tem no turismo um futuro promissor. Vários eventos importantes encontram nela a locação perfeita, como a Mostra de Cinema, o Festival de Gastronomia e Cultura, e o carnaval, quando as ruas se enchem de visitantes. A gastronomia local é a típica culinária mineira, mas Tiradentes também oferece outras opções. Bares, cafés e casas especializadas em doces, queijos e cachaças podem ser encontradas em todos os cantos. Além disso, restaurantes charmosos e requintados comandados por chefs que entendem de boa gastronomia também são ótimas opções para almoços e jantares na bela cidade mineira.



Tombada estação de trem de Santos, a 1ª do Estado
Quatro estações da antiga São Paulo Railway, a primeira ferrovia paulista, foram tombadas ontem pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat). Entre elas, está a antiga estação de Santos, construída entre 1862 e 1867.
Localizada em área histórica da cidade, foi a partir dela que se desenvolveu a Santos-Jundiaí, nome com que ficou conhecida a ferrovia que foi a primeira conexão entre o litoral e o interior. Desativada em 1996, a antiga estação hoje abriga a Secretaria de Cultura do município.
As outras estações tombadas são as de Caieiras, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Construídas entre 1867 e 1883, funcionam até hoje e pertencem à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Entre as justificativas para o tombamento está o “valor simbólico” das estações, que ainda hoje mantêm características originais da arquitetura inglesa do século 19, conjuntos de moradias à beira da linha e ajudaram a consolidar a Santos-Jundiaí como o principal meio de transporte na época.
Em Caieiras, a estação e a ferrovia fomentaram novas atividades comerciais, responsáveis pela própria emancipação da cidade, em 1958. O entorno dos bens também serviu para amparar o tombamento da estação localizada em Ribeirão Pires, onde estruturas construídas por causa da proximidade da ferrovia continuam intactas.
Até o fim do ano, outros 33 processos de tombamento de estações ferroviárias devem ser julgados pelo Conselho. Atualmente, há 17 estações tombadas no Estado, entre elas a da Luz, do Brás e a antiga Júlio Prestes.
Em nota, a CPTM afirmou que a decisão do Condephaat “é motivo de muito orgulho e reforça o comprometimento da Companhia em preservar o acervo”. Ainda assim, segundo os técnicos do Condephaat, nenhuma estação pode ser avaliada como “em ótimas condições”.
Silvana Losekann - Defender

Marcadores: , ,

SAÚDE - 30-6-10

Cerca de 15% dos brasileiros têm rinite alérgica; crises se agravam nesta época

A rinite alérgica diminui a produtividade em 40%
Cerca de 15% da população brasileira sofre com a rinite alérgica, inflamação da mucosa do nariz causada pela exposição a determinados componentes. Nos meses de junho e julho, as crises são registradas com maior intensidade nas regiões Sul e Sudeste do país, por causa do ar seco e do aumento da poluição.
O problema não tem consequências graves, mas causa enorme impacto na qualidade de vida das pessoas. Estudo mostra que, no Brasil, a queda na produtividade durante as crises de rinite é de 40%, segundo o professor do departamento de oftalmologia e otorrinolaringologia da USP (Universidade de São Paulo, João Mello Jr., um dos principais deflagradores do problema é o ácaro presente na poeira doméstica.
Por isso, é importante fazer o diagnóstico correto, tratar e evitar as crises. No caso de quem é sensível à poeira, é preciso redobrar os cuidados em casa. "Medidas de higiene ambiental, como evitar o carpete e forrar o colchão com capas especiais, são importantes para evitar as crises", ensina o médico, em entrevista ao UOL Ciência e Saúde.
Quem tem filhos também deve prestar atenção aos bichos de pelúcia. "Lavá-los gera um ambiente ainda mais propício ao ácaro porque é impossível secar a parte de dentro completamente ", diz o médico. A receita é colocá-los em um saco plástico e levá-los ao congelador durante quatro horas e, depois, bater no brinquedo para afastar a camada de ácaro. O ritual deve ser repetido a cada quinzena ou a cada mês.
O tratamento da rinite inclui uso de medicamentos preventivos ou sintomáticos. Outra possibilidade é a imunoterapia, ou seja, a aplicação de vacinas feitas com aquilo que causa alergia ao paciente.
O médico lembra que muitas pessoas deixam de responder aos medicamentos, especialmente os descongestionantes nasais. "Eles agem muito rápido, mas, depois de cinco ou sete dias, a pessoa fica de certa forma viciada: o efeito diminui logo e a obstrução nasal piora", diz. É o que os profissionais chamam de rinite medicamentosa.
Descongestionantes tomados por via oral não provocam esse tipo de dependência, mas possuem outros efeitos e, por isso, só devem ser tomados com orientação médica. Já o uso de soro fisiológico não causa problemas e, inclusive, é útil para limpeza e hidratação do nariz, segundo Mello Jr., que durante a entrevista também tirou dúvidas de internautas previamente enviadas ao UOL Ciência e Saúde.
Os sites com informações sobre rinite alérgica indicados pelo entrevistado são:
Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia: http://www.asbai.org.br/
Fundação Otorrinolaringologia: http://www.forl.org.br/
Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial: http://www.aborlccf.org.br/
BOL Notícias

Marcadores:

PODE CRER, É VERDADE! - 30-6-10



Que tombo...

Após despachar gato pela caixa do correio mulher se encrenca

Um gato foi encontrado numa caixa do correio da cidade de Linton, no estado de Indiana (EUA). O animal foi deixado por sua dona.
Breanna Russell, de 19 anos, foi denunciada por testemnunhas, que viram o momento em que ela empurrou o felino pela abertura da caixa do correio.
A polícia e um carteiro acharam o animal dentro do local e contaram ao canal WTNH que Zippy deu sorte, pois não sobreviveria ao calor, sem água e comida.
Breanna disse à polícia que só queria encontrar um novo dono para o animal. Antes de deixar Zippy na caixa de correio, a jovem tentou doar a gato para os pedestres na porta de um supermercado.
Ela pode responder por crime contra os animais. Já Zippy foi adotado por um fazendeiro.
Conta Outra

Argentinos fanfarrões vão pra casa mais cedo na África do Sul
A polícia da África do Sul anunciou que 17 torcedores argentinos foram presos e devem agora ser deportados por serem considerados "espectadores indesejáveis em jogos" da Copa do Mundo.
Os argentinos foram detidos na quarta-feira durante uma operação realizada na cidade de Pretória com o objetivo de identificar pessoas que poderiam criar confusão durante as partidas do Mundial.
A polícia vinha monitorando as atividades de um grande grupo de argentinos que estava baseado na cidade e disse ter identificado "várias pessoas cuja presença contínua neste país poderia ser um risco para a ordem pública e a estabilidade".
Segundo a polícia, os argentinos também foram vistos tentando entrar nos estádios sem ingressos em dois jogos.
"Eles também se comportaram de maneira desordeira em várias ocasiões, atacando outros torcedores e causando confusão em geral", afirmou a polícia em um comunicado.
O grupo de 17 argentinos foi entregue à seção de imigração do departamento de Assuntos Internos do governo sul-africano, que deve agora lidar com sua deportação.
Os detidos figuram em uma lista de 800 torcedores conhecidos que foram proibidos de assistir a jogos na Argentina e que as autoridades argentinas entregaram à África do Sul.
Outros cinco torcedores argentinos, que também estavam sendo vigiados pela polícia, teriam deixado o país semana passada.
Conta Outra

O porque das freiras não terem sido bem recebidas no Brasil Colonial
O Brasil foi oficialmente "descoberto" em 1500. A partir de 1530 foi colonizado por Portugal.
Embora a Igreja Católica tenha tido papel direto no processo que desencadeou a vinda de Portugal ao Brasil e a consequente exploração do nosso país pelos europeus, as freiras católicas não foram bem-vindas no Brasil.
A razão era simples para a época: até meados do século XVII o Brasil tinha poucas mulheres brancas.
Como Portugal tinha a pretensão de modificar a cor da população, entendia que as mulheres de pele branca não deveriam perder tempo sendo freiras. Elas tinham que gerar muitos filhos com os europeus, o que seria impossível se fossem seguir uma vida religiosa, o que fez Portugal proibir a criação de conventos.
Os primeiros registros da criação de um convento apontam para o final do século XVII, na Bahia. Chamava-se Santa Clara do Desterro.
Já a Espanha não seguiu o mesmo raciocínio em suas colônias. Por volta de 1650 já havia mais de 70 conventos.


Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUE? - 30-6-10

O amigo chega pro Carzeduardo e fala:
- Carzeduardo, sua muié tá te traino co Arcide.
- Magina!! Ela num trai eu não. Cê tá inganado, sô.
- Carzeduardo! Toda veiz qui ocê sai pra trabaiá, o Arcide vai pra sua casa e prega ferro nela.
- Duvido! Ele não teria corage....
- Mais teve! Pode confiri.
Indignado com o que o amigo diz, o Carzeduardo finge que sai de casa, se esconde dentro do guarda-roupa e fica olhando pela fresta da porta.
Logo vê sua mulher levando o Arcide para dentro do quarto pra começar a sacanagem.
Mais tarde, ele encontra com o amigo, que lhe pergunta o que houve.
E então, o Carzeduardo relata cabisbaixo:
- Foi terrive di vê!!!... ele jogou ela na cama, tirou a brusa.... e os peito caiu....tirou a carcinha...e a barriga e a bunda dispencaro... tirou as meia...e apariceu aquelas varizaiada toda, as perna tudo cabiluda.
E eu dentro do guarda roupa, cas mãos no rosto, pensava: "Ai...qui vergonha que tô do Arcide!!!"

















Marcadores: ,

29 junho, 2010

PLAQUINHA DE HOJE - 29-6-10

Série: Filosóficas
"AMOR É AQUILO QUE COMEÇA COM
UM PRÍNCIPE BEIJANDO UM ANJO
E ACABA COM UM CARECA
OLHANDO PARA UMA GORDA!"

Marcadores:

ATUALIDADES - 29-6-10

Alto chefão da máfia siciliana é preso no sul da França
Um alto chefão mafioso, um dos homens mais procurados da Itália, foi preso no sul da França neste sábado após uma década foragido, segundo as autoridades locais.
Giuseppe Falsone, de 40 anos, seria o chefe da máfia na província de Agrigento, na Sicília.
Falsone já havia sido condenado à prisão perpétua por assassinato e tráfico internacional de drogas.
Ele também já foi ligado a Bernardo Provenzano, chefe da "Cosa Nostra", a máfia siciliana, e preso em 2006 após 46 anos foragido.
Falsone foi preso em Marselha, onde estava sob uma identidade falsa após ter passado por uma cirurgia plástica para mudar suas feições.
Imagens divulgadas pela polícia mostram um pequeno imóvel no sul da França onde Falsone estaria vivendo escondido.
O Globo

Marcadores:

INFORMÁTICA - 29-6-10

Google anuncia ferramenta para retirada remota de aplicativos do Android
"Kill Switch" remove apps mal-intencionados que buscam roubar dados privados do usuário. Aplicativos violam Termos de Serviço do Android Market e atingem políticas da loja online
Engenheiros do Google implementaram há alguns dias no sistema operacional mobile Android uma tecnologia chamada de "kill switch", que permite à empresa remover, através de acesso remoto, aplicativos instalados nos aparelhos dos usuários. De acordo com o chefe de segurança do Android, Rich Cannings, a ferramenta não permite acesso aos dados privados do usuário. O foco do "kill switch" é dar um fim aos aplicativos até então disponíveis no Android Market que violam os Termos de Serviço do Desenvolvedor Android, além de atingirem políticas e acordos legais estabelecidos pelo Android Market e oferecem algum risco aos dados do usuário.
Essa semana, o Google removeu dois apps da loja do Android que não respeitavam as regras do site. Segundo a companhia, os aplicativos tinham como objetivo roubar dados dos usuários. E foi essa a primeira aparição da nova ferramenta do Google, que removeu dos aparelhos Android qualquer um dos aplicativos em questão (RootStrop e Twilight Preview).
O anúncio da ferramenta, feito através de um post no blog oficial dos desenvolvedores do Android, coincidiu com um relatório divulgado pela empresa de segurança SMobile Systems que afirmava que um quinto dos aplicativos disponíveis na Android Market poderiam expor dados privados do usuário.
De acordo com um porta-voz do Google, todos os aplicativos Android precisam obter a permissão do usuário para acessar dados presentes no aparelho.
Olhar Digital

Marcadores:

UTILIDADES E INFORMAÇÕES - 29-6-10

1º RECADO DA POLÍCIA MILITAR
CUIDADO em BARES, RESTAURANTES, IGREJAS e outros locais de encontros coletivos.
Bandidos estão dando de 10 x 0 em criatividade em nós e na Polícia, portanto, vamos acabar com isso...
Vejam: Você e seus amigos ou familiares estão num bar ou restaurante, batendo papo e se divertindo. De repente chega um indivíduo e pergunta de quem é o carro tal, com placa tal, estacionado na rua tal, solicitando que o proprietário dê um pulinho lá fora para manobrar o carro, que está dificultando a saída de outro carro.
Você, bastante solícito vai, e ao chegar até o seu carro, anunciam o assalto e levam seu carro e seus pertences, e ainda terá sorte se não levar um tiro...
Numa mesma noite, o resgate da Polícia Militar atendeu a três pessoas baleadas, todas envolvidas no mesmo tipo de história.
Repasse esta notícia para alertar seus amigos.... O jeito, em caso semelhante é ir acompanhado! Chame alguns amigos para ir junto, e de longe verifique se é verdade.
Isto também pode acontecer, quando se está na igreja, supermercado... ou em outros locais de encontros coletivos.

2º RECADO DA POLÍCIA MILITAR
NOVA MODALIDADE DE ASSALTOS A VEÍCULOS
Imagine que você vai para o seu carro que deixou estacionado bonitinho, abre a porta, entra, tranca as portas para ficar em segurança e liga o motor.
Você não faz sempre assim?
Entretanto, olhando pelo espelho interno, você vê uma folha de papel no vidro traseiro, que te bloqueia a visão
Então, naturalmente, xingando quem colocou um maldito anúncio no seu vidro traseiro, você põe o carro em ponto morto, puxa o freio de mão, abre a porta e sai do carro para tirar o maldito papel, ou o que seja que esteja bloqueando a sua visão.
Quando chega na parte de trás, aparece o ladrão, vindo do nada, te rende, entra e leva o seu automóvel c/ a chave na ignição, o motor que estava ligado (se tiver bloqueador já vai estar liberado), c/ a sua carteira, documentos e o que mais houver lá.
Assim, se houver alguma coisa bloqueando a sua visão, não desça do carro.
Arranque o seu veículo usando os espelhos retrovisores externos, espere e desça em outro local, mais à frente, c/ total segurança.
Boa sorte, boa prevenção, e fiquem atentos.
Recebido por e-mail

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 29-6-10

Resende-RJ - Duas exposições sobre a Copa do Mundo para visitar
Cultura: Painéis contam pormenores das seleções que participaram das Copas do Mundo até os dias de hoje

A cultura da cidade se vestiu de verde e amarelo, e o resendense tem duas exposições fotográficas sobre Copas do Mundo para visitar até o fim do mês. A primeira acontece no hall de entrada da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda, no Centro Histórico.
Trata-se de uma mostra fotográfica sobre diversas Copas e também sobre Antônio Franco de Oliveira, mais conhecido por "Neném Prancha", a quem Armando Nogueira chamou de "Filósofo do Futebol", um ícone do esporte nacional nascido em Resende.
São de Prancha frases famosas, como "Se concentração ganhasse jogo, o time do presídio não perdia um", "A posição do goleiro é tão desgraçada que onde ele pisa não nasce grama", "Se macumba ganhasse jogo, o Campeonato Baiano terminaria empatado", "O goleiro deve dormir com a bola e, se for casado, deve dormir com as duas" ou "O futebol é simples; o difícil é querer jogar bonito" e "Jogador é o Didi, ele joga bola como quem chupa laranja", dentre outras memoráveis.
Já a segunda exposição está acontecendo no Corredor Cultural Professor Cecil Wall Barbosa de Carvalho, na sede da AEDB (Associação Educacional Dom Bosco), no Campo da Aviação. É possível, por meio de 16 painéis fotográficos e duas Bandeiras do Brasil, conhecer os pormenores das seleções que participaram das Copas do Mundo até os dias de hoje.
Corredor Cultural que faz a diferença
Para a estudante Isabela de Paula, de 18 anos, aluna do segundo ano de engenharia elétrica-eletrônica da AEDB (Associação Educacional Dom Bosco), "a exposição está muito bonita, colorida e traz informações sobre o passado do futebol brasileiro", o que é, segundo ela, "muito relevante".
- Aprendi coisas novas lendo esses painéis. Estou gostando muito. A decoração chama bem a atenção, e é muito válida essa exposição porque mostra para a gente um conhecimento novo sobre a Copa do Mundo. Dá para reprisar fatos antigos e saber mais sobre o time que está jogando atualmente na África. Eu só tinha conhecimento das seleções a partir de 2002. Não sabia nada sobre o Garrincha - disse a estudante, acrescentando que a iniciativa da faculdade em realizar exposições artísticas no Cecil Wall já se tornou um diferencial entre os alunos e o público externo que visita a instituição.
- Gosto muito de acompanhar as exposições do Corredor Cultural. Acompanhei a da Rainha do Café, a Exposição Militar e a da Nísia Floresta. Acho válido realizar exposições dentro da faculdade porque a gente aproveita que já está aqui para estudar e visita o local. Aprendemos de forma mais espontânea - comentou.
Serviço
* Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda - Rua Luiz da Rocha Miranda, 117. Centro. A exposição pode ser visitada de segunda à sexta-feira, das 9 às 17h. Mais informações pelo telefone: (24) 3354-7530.
* Associação Educacional Dom Bosco - Avenida Darci Ribeiro (antiga Resende/Riachuelo), 2535, no bairro Campo de Aviação. Mais informações: (24) 3383-9000.
Lúcia Pires
Diário do Vale

Marcadores:

CURSOS - 29-6-10

Centro Universitário Belas Artes oferece Cursos de Arquitetura e Design de Interiores
O Centro Universitário Belas Artes, localizado na cidade de São Paulo, está com inscrições abertas para cursos livres nos meses de julho e agosto nas áreas de Arquitetura e Design de Interiores. Os cursos são gratuitos e os participantes recebem certificado ao final do período proposto pelo Centro.
Os cursos são voltados a profissionais e estudantes, que incluem aulas teorias e práticas, visando a qualificação profissional. Quem participar dos cursos do Belas Artes receberá um certificado de participação.
Os interessados em participar gratuitamente das turmas dos cursos de Arquitetura e Design de Interiores podem se inscrever no site: http://www.belasartes.br/cursoslivres/ até o final de junho.
Luana Neves

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 29-6-10

Iphan confirma tombamento do Teatro Oficina em SP
O Teatro Oficina, em São Paulo (SP), projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi (12/08/2009)



São Paulo - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) confirmou hoje o tombamento do entorno do casarão onde funciona, desde 1961, o Teatro Oficina, na Bela Vista, região central de São Paulo.
O tombamento determina padrões para a preservação das características do espaço do teatro administrado pelo diretor teatral José Celso Martinez Corrêa. A vegetação do local também deve ser protegida, e qualquer construção deverá respeitar as regras do Iphan.
Diferente da fachada original, o casarão foi reconstruído em 1986, com base em projeto da arquiteta Lina Bo Bardi cuja principal característica é uma parede envidraçada de 150 metros quadrados



Origem da Festa Junina



O mês de junho é marcado por fogueiras, danças, comidas típicas e muitas bandeirinhas em todo o país, apesar das peculiaridades e características próprias de cada região brasileira.
Existem duas explicações para o termo festa junina.
A primeira explica que surgiu em função das festividades ocorrem durante o mês de junho.
Outra versão diz que está festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem a São João.
No princípio, a festa era chamada de Joanina.
A tradição de festejar o dia de São João veio de Portugal.
As comemorações se iniciam no dia 12/06, véspera do Dia de Santo Antônio e terminam no dia 29, dia de São Pedro. O auge da festa acontece entre os dias 23 e 24, o Dia de São João propriamente dito.
De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).
Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses.
Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas
A quadrilha é uma dança francesa que surgiu no final do século XVIII e tem suas raízes nas antigas contradanças inglesas. Ela foi trazida ao Brasil no início do século XIX, passando a ser dançada nos salões da corte e da aristocracia.

(imagem >> http://www.lendorelendogabi.com/datas/datas_quadrilha_marcacao.htm)



Com o passar do tempo, a quadrilha passou a integrar o repertório de cantores e compositores brasileiros e tornou-se uma dança de caráter popular.
Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.
(imagem - Editorial Informativo)
Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.
Festas Juninas no Nordeste
Embora sejam comemoradas nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas ganham uma grande expressão.
O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Como é uma região onde a seca é um problema grave, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.

Além de alegrar o povo da região, as festas representam um importante momento econômico, pois muitos turistas visitam cidades nordestinas para acompanhar os festejos. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nestas cidades. Embora a maioria dos visitantes seja de brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar de perto estas festas.

Comidas típicas
Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, são feitos deste alimento. Pamonha, cural, milho cozido, canjica, cuzcuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos.

Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bombocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.

Tradições
 As tradições fazem parte das comemorações. O mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilhas. Os balões também compõem este cenário, embora cada vez mais raros em função das leis que proíbem esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam.

No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades.
Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros.
Já na região Sudeste são tradicionais a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança da quadrilha,geralmente ocorre durante toda a quermesse.
Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar.
No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o “pãozinho de Santo Antônio”. Diz a tradição que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, diz a tradição,devem comer deste pão.
Fontes pesquisa :




Quem teme a nova lei de direito autoral?
Comitê recém-criado discute reforma da legislação no Rio

Encontro. Risco para sobrevivência de quem vive de sua obra. Foto: Marcos de Paula/AE
"Lei cara de pau." É como artistas e representantes de entidades de defesa dos direitos autorais reunidos no Rio, na segunda-feira à noite, para encontro do recém-criado Comitê Nacional de Cultura e Direitos Autorais, classificam o anteprojeto do Ministério da Cultura para a reforma da legislação referente ao tema, datada de 1998.
Depois de uma semana esmiuçando o texto que está sob consulta pública no site do MinC (www.cultura.gov.br/consultadireitoautoral), eles concluíram que a nova proposta flexibiliza demais os direitos, a ponto de colocar em risco a sobrevivência de quem vive de sua obra. Especialmente no caso de compositores que não fazem shows, cuja renda depende do pagamento pela execução de suas músicas.
Um ponto crucial para eles é a associação entre essa flexibilização e o acesso do público à cultura - o texto diz que a lei atenderá às "finalidades de estimular a criação artística e a diversidade cultural e garantir a liberdade de expressão e o acesso à cultura, à educação, à informação e ao conhecimento, harmonizando-se os interesses dos titulares de direitos autorais e os da sociedade".
"Eu acho muito interessante essa posição do Estado de dar acesso à cultura. Só não pode fazer isso com o dinheiro dos outros", disse Roberto Mello, presidente da Associação Brasileira de Música e Artes, um dos mais contundentes a discursar. "Ninguém quer impedir a garotada de tirar cópias no computador, mas tem que ser remunerado."
Sobre a instituição da cópia privada remunerada, o presidente da Sociedade Brasileira de Administração e Proteção dos Direitos Intelectuais, Jorge Costa, disse que a sugestão já foi feita ao MinC. "Levamos a lei de 38 paíse. Eles adotaram esse sistema quando perceberam que os autores estavam perdendo, e a indústria, encolhendo. O governo não se sensibilizou." O pagamento pela cópia seria embutido no preço de mídias virgens, como CDs e DVDs.
Outra crítica é quanto à supervisão da atividade do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) pelo MinC - que, com isso, pretende dar transparência à arrecadação pela execução das obras.
A reunião foi no auditório da Sala Baden Powell, em Copacabana, que ficou cheio - mas não tanto quanto queriam os organizadores. Na mesa, estavam oito artistas, de diferentes estilos, e também especialistas na matéria, além dos dirigentes das entidades. Não só a área musical, mas também a do mercado editorial foi representada.
O secretário de Políticas Culturais do MinC, José Luiz Herencia, argumentou que o debate esteve e continua aberto, e que quaisquer sugestões ou críticas podem ser feitas no período de consulta pública - o texto ficará 45 dias no site, e a redação final deverá ser enviada ao Congresso, para votação, no fim do ano. "Eles usam uma falsa primeira pessoa do plural. Representam uma parte específica, ligada às sociedades arrecadadoras. Não é um debate com artistas de um lado e a sociedade de outro. Existem artistas interessados na modernização da lei de 98, que fragiliza o autor. Queremos um debate democrático, com todos."
Roberta Pennafort, RIO - O Estado de S.Paulo

Marcadores: , ,

PODE CRER, É VERDADE! - 29-6-10


Grande mulher!

No Líbano recordista expõe Torre Eiffel gigante de palito de fósforo

Um libanês passou anos reproduzindo grandes monumentos da humanidade com palitos de fósforo e foi reconhecido em 2009 pelo Guinness Book, o livro dos recordes, por sua obra.
O artista Toufic Assaad Daher construiu verdadeiros monumentos com palitos, como a Torre Eiffel, de Paris.
Nesta semana, ele abriu sua exposição em Beirute, no Líbano, seu país de origem.
Além da torre francesa, Daher reproduziu o Titanic usando apenas palitos de madeira.
Conta Outra

Políticos viram almofada para mictório nos EUA
O grupo conservador “Citizens Against Destruction” (Cidadãos Contra a Destruição”, ao pé-da-letra) lançou algo ainda mais desafiador: higienizadores de mictórios que estampam fotos de políticos. No caso, de Pat McCourt, ex-vereador de Bonita Springs (Flórida).
Pat – que tem a intenção de disputar um cargo ligado ao Corpo de Bombeiros – está servindo de mira para vários frequentadores de pubs da região.
Essa espécie de “Glady Sachê” está sendo anunciada através de email enviados aos moradores de áreas próximas com os seguintes dizeres: “Agora você pode expressar seus sentimentos por Pat McCourt”. O desodorizador sai por cerca de R$ 24.
Gary Mauer, gerente de um dos bares da região, afirma ter removido cerca de seis higienizadores, mas eles reaparecem em questão de horas.
McCourt não comentou o caso. Já o “Citizens Against Destruction” anuncia que seu próximo alvo é Ron Pure, presidente do comitê de impostos de Bonita Springs.
Taí uma boa sugestão para o "CQC": espalhar diversos presentinhos desse tipo pelos mictórios do Congresso Nacional.
trezende.wordpress.com

Repórter brasileira entra por engano em vestiário da seleção brasileira na África do Sul
A repórter brasileira Natália da Luz, correspondente do Jornal do Brasil em Johanesburgo, África do Sul, entrou por engano no vestiário da seleção brasileira, no último domingo (20), quando procurava a saída do estádio Soccer City.
Segundo a ESPN Brasil, a jornalista fazia uma reportagem sobre as líderes de torcida que animavam os jogos, quando foi orientada a ir até a zona mista do estádio para procurar as moças. Chegando ao local, não encontrou ninguém e começou a procurar a saída, quando deu de cara com o atacante Luis Fabiano: "Eu só estava procurando a saída. Quando entrei, o Luis Fabiano ficou sem ação. Então, o doutor Runco e o Rodrigo Paiva vieram correndo, perguntando o que eu fazia ali. Eu disse 'calma, calma, só quero sair daqui'", explicou Natália ao canal.
A repórter ainda ficou ao lado dos jogadores no túnel que os leva para o gramado, porque não conseguiu voltar para a zona mista: "Eu estava completamente atordoada. Afinal, estava entrando no Soccer City junto dos jogadores", disse a jornalista, que depois de entrar com os atletas no segundo tempo do jogo, voltou para as arquibancadas sem a matéria pautada, mas mostrando, mesmo que sem querer, que as condições de segurança dos estádios sul-africanos ainda deixam a desejar.
Redação Portal IMPRENSA

Marcadores: , ,