ENTRESSEIO

s.m. 1-vão, cavidade, depressão. 2-espaço ou intervalo entre duas elevações. HUMOR, CURIOSIDADES, UTILIDADES, INUTILIDADES, NOTÍCIAS SOBRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE BENS CULTURAIS, AQUELA NOTÍCIA QUE INTERESSA A VOCÊ E NÃO ESTÁ NO JORNAL QUE VOCÊ COSTUMA LER, E NEM DÁ NA GLOBO. E PRINCIPALMENTE UM CHUTE NOS FUNDILHOS DE NOSSOS POLÍTICOS SAFADOS, SEMPRE QUE MERECEREM (E ESTÃO SEMPRE MERECENDO)

31 agosto, 2010

COMUNICADO RECEBIDO ONTEM
É com enorme tristeza que comunicamos o falecimento de nossa fundadora e presidente emérita, Dorina de Gouvêa Nowill, ocorrido neste domingo, 29 de agosto de 2010, às 19h30, de falência múltipla dos órgãos.
O velório, aberto ao público e a imprensa acontece nesta segunda-feira, 30 de agosto de 2010, a partir das 8h, na sede da Fundação Dorina Nowill para Cegos, na Rua Dr. de Diogo de Faria, nº558, Vila Clementino, em São Paulo, e o sepultamento acontecerá no Cemitério da Consolação, as 13h.
Dorina estava com 91 anos de idade e era daquelas brasileiras que nos faziam acreditar no Brasil. Perseverança, compaixão e paciência são as lições deixadas por esta paulistana, que cega aos 17 anos enxergava o mundo com os olhos da alma. Deixa marido Edward Hubert Alexander Nowill, 90 anos, e 5 filhos, Alexandre, Cristiano, Dorina, Denise, Márcio, noras, genros, 12 netos, e 3 bisnetos.
Dorina nasceu em São Paulo no dia 28 de maio de 1919. Ficou cega aos 17 anos vítima de uma patologia. Foi a primeira aluna cega a frequentar um curso regular, na Escola Normal Caetano de Campos, em São Paulo.
Percebendo, naquela época, a carência de livros em braille no Brasil, criou em 1946, com a participação de outras normalistas, a Fundação para o Livro do Cego no Brasil, que mais tarde recebeu seu nome em reconhecimento por uma vida inteira dedicada à inclusão dos deficientes visuais.
Foi presidente do Conselho Mundial para o Bem estar de Cegos, atual União Mundial de Cegos e recebeu diversos prêmios e medalhas nacionais e internacionais ao longo de seus mais de 63 anos de trabalho à frente da Fundação.
Ficam a saudade e os exemplos como guias para a continuidade do trabalho iniciado e desenvolvido por Dorina em mais de seis décadas.
Nesta ocasião, expressamos também nossa gratidão pelas condolências recebidas e reiteramos nosso compromisso, assumido ano após ano, com o desenvolvimento e a inclusão social da pessoa cega e com baixa visão em nossa sociedade.
São Paulo, 29 de agosto de 2010
Alfredo Weiszflog, diretor-presidente voluntário
Fundação Dorina Nowill para Cegos



Comentário do Silvio: Tive a felicidade de conhecer pessoalmente Dona Dorina, ela era daquelas pessoas que eu me sentia muito feliz e previlegiado em trocar algumas palavras com ela. Sem dúvida é uma grande perda, mas fica sua obra para que nunca ninguém se esqueça  de sua pessoa.

Marcadores:

PLAQUINHA DE HOJE - 31-8-10

Série: Crítica
"OS HUMORISTAS NÃO PODEM FAZER PIADAS
COM OS CANDIDATOS NESTAS ELEIÇÕES,
MAS ENVIARAM UM INFILTRADO:
O AGENTE ESPECIAL TIRIRICA."


Marcadores:

ATUALIDADES - 31-8-10

Estudo mostra que novo tipo de El Niño fica mais forte a cada ano
Um tipo relativamente novo de El Niño, com águas mais quentes na região centro-equatorial do Oceano Pacífico, e não no leste do Pacífico equatorial, está se tornando mais comum e progressivamente mais forte, de acordo com um estudo novo da Nasa (agência espacial americana e do Noaa (Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera, na sigla em inglês).
A pesquisa pode melhorar a compreensão dos cientistas sobre a relação entre El Niños e as alterações climáticas, e tem implicações potencialmente importantes para a previsão meteorológica a longo prazo.
Lee Tong, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, na Califórnia, e Michael McPhaden, do laboratório da Noaa em Seattle, mediram as mudanças na intensidade do El Niño desde 1982. Eles analisaram as observações do satélite da Noaa da temperatura da superfície do mar e confrontaram os dados com a temperatura medida diretamente no oceano.
A força de cada El Niño foi aferida pela quantidade de suas temperaturas da superfície do mar que se desviou da média. Eles descobriram que a intensidade do El Niño no Pacífico central quase dobrou, com o evento mais intenso em 2009-10.
Os cientistas dizem que a El Niños mais fortes ajudam a explicar um aumento constante na temperatura da superfície do mar na região central do Pacífico detectado nos últimos anos, uma tendência apontada por alguns como efeito do aquecimento global.
Embora Lee e McPhaden tenham observado um aumento nas temperaturas da superfície do mar durante os anos de El Niño, não houve aumento significativo da temperatura em anos em que as condições oceânicas eram neutras, ou quando o fenômeno La Niña esteve presente.
"Nosso estudo conclui que a tendência de aquecimento a longo prazo visto no Pacífico central é principalmente devido ao El Niños mais intensos, e não pelo aumento geral da temperatura de fundo", disse Lima.
"Estes resultados sugerem que as alterações climáticas já podem estar afetando o El Niño, deslocando o centro da ação a partir do Leste do Pacífico central", disse McPhaden. "O impacto do El Niño nos padrões do clima global será diferente se o aquecimento dos oceanos ocorre principalmente no Pacífico central, em vez do Pacífico Oriental”.
Se a tendência continuar, é possível que as previsões metereológicas de longo alcance sejam afetadam, segundo McPhaden.
Lee disse que mais pesquisas são necessárias para avaliar os impactos destes El Niños mais intensos e determinar por que estas mudanças estão ocorrendo. "É importante saber se a crescente intensidade e frequência desses El Niños são devido às variações naturais do clima ou a alterações climáticas causadas pelas emissões humanas de gases-estufa produzidos", disse ele.

Marcadores:

UTILIDADES E INFORMAÇÕES - 31-8-10

Contra ladrões: como agir caso tenha o celular roubado
Confira como fazer para bloquear a linha e também o aparelho
Recentemente, o consultor de treinamentos Leandro Sarubbi teve dois celulares roubados. E, claro, a primeira reação dele foi ligar para o Call Center da operadora e pedir o bloqueio da linha e também o bloqueio do telefone. Sim, estas duas coisas são diferentes. Todo aparelho GSM tem um código, chamado IMEI, que é único para cada produto. Ao informar este código para a atendente, a operadora pode bloquear e inutilizar o aparelho para sempre, evitando que os ladrões utilizem ou revendam o produto furtado. Ele não poderá ser utilizado mesmo com outro chip e nem em outra operadora. "Em nenhum momento, a operadora mencionou que este bloqueio poderia ser feito quando liguei para bloquear a linha. Eu que perguntei", reclama Leandro.
Para realizar o bloqueio do aparelho, é necessário fazer um boletim de ocorrência. No caso de furto, é possível fazer o boletim online, mesmo. Aí, é preciso enviar uma cópia por fax para a operadora, junto com o número IMEI do aparelho. Ele pode ser encontrado na caixa e também na nota fiscal do produto. Caso você não tenha nenhum dos 2, faça o seguinte: digite agora *#06# em seu celular e anote o número IMEI em algum lugar seguro para poder resgatá-lo depois. Leandro sugere: "Eu acho que o IMEI poderia ser vinculado à sua linha telefônica e no momento que você cancelasse, automaticamente já bloquearia o celular pelo IMEI também. É uma forma de dificultar o trabalho dos ladrões".
Um acordo entre o Ministério da Justiça, a Anatel e as operadoras de celular pode facilitar este processo. A idéia é unificar o cadastro de números IMEI e transformar este processo em algo mais fácil para o usuário. Será que os roubos de aparelhos celulares estão com os dias contados?

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 31-8-10

Mostra em SP exibe 140 desenhos de humor sobre poluição urbana


Uma mostra de desenhos de humor gráfico sobre o tema "Poluição Urbana" acontece de 24 de agosto a 12 de setembro no Palácio das Indústrias, em São Paulo. Ao todo, a "Ecocartoon" traz 140 trabalhos, entre cartuns, charges e caricaturas.
Além dos brasileiros, apresentam seus trabalhos artistas de 49 países, como Alemanha, Austrália, Coreia do Sul, Cuba, Inglaterra, Irã, Ucrânia e Venezuela.
A curadoria é do Shopping Pátio Brasil, localizado em Brasília (DF), que idealizou a proposta em 2008 e se encarregou de selecionar e premiar as obras de destaque, por meio de dois júris --um formado por especialistas e o outro, pelo público.
"ECOCARTOON"
Quando: 24 de agosto a 12 de setembro de 2010
Onde: Palácio das Indústrias (claustro do Catavento Cultural e Educacional) - parque Dom Pedro 2º, São Paulo-SP; de terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)
Quanto: R$ 6 (meia-entrada para estudantes e idosos)
Informações: site do Catavento Cultural e Educacional.

São Paulo-SP - Adélio Sarro

 A mostra reúne 20 obras pintadas em óleo sobre tela, do desenhista, pintor, e escultor paulista que fazem parte do acervo da Galeria Art Factory. Com uma técnica cheia de preciosismo, graças às transparências e às texturas rugosas, Sarro combina o sagrado e o profano em pinturas que representam o real e o onírico ao mesmo tempo. Seus temas principais são os personagens do campo, trabalhadores, mães, crianças e personagens bíblicos, e suas influências artísticas são Cândido Portinari e Lasar Segal. Filho de agricultores, a vida artística de Adélio Sarro teve início em 1972 quando esteve em Brodowski, cidade natal de Cândido Portinari. Ao primeiro contato com a obra do artista brasileiro, Sarro não pode conter seu deslumbramento e decidiu dedicar-se à pintura. A partir daí, conduz seus estudos nas artes de forma autodidata e começa a pintar sob a influência do mestre do modernismo brasileiro. De origem humilde, Adélio Sarro acompanhou a família por várias cidades dos estados de São Paulo e Goiás em busca de melhores condições de vida. O artista trabalhou como carpinteiro e operário de pedreira, ofícios que lhe renderam sensibilidade e talento para trabalhar com diversos materiais. Sarro demonstrou notável aptidão para o desenho, ponto de partida para suas pinturas e esculturas.
Até 16 de Setembro, de segunda a sexta, das 9h às 22h
Floyer Cultural do Club Transatlântico
Rua José Guerra, 130 (Chácara Santo Antônio)
Tel: (11) 2133-8603 (11) 2133-8603
Ingressos: Grátis
Sampa Online

São Paulo-SP - Calles dia 1-9-10
Trabalhos de Lucas Gervilla. Mostra formada por três projeções simultâneas usando a técnica de “videomapping”. As telas são formadas por tijolos e as imagens projetadas mostram o cotidiano da periferia de Medellín. A exposição é resultado da residência artística realizada por Gervilla na Casa Três Patio, em Medellín, Colômbia.
Até 12 de Setembro, de terça a sábado, das 15h às 20h. domingos e feriados, das 15h às 18h
Centro Cultural da Juventude
Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 (Vila Nova Cachoeirinha)
Tel: (11) 3984-2466 (11) 3984-2466
Ingressos: Grátis
Sampa Online

São Paulo-SP - Maldicidade — Marco Zero
O artista Miguel Rio Branco exibe a mostra inédita Maldicidade - Marco Zero. Com curadoria do artista, a exposição é composta por mais de 40 fotografias, em grande parte inéditas, captadas entre 1970 e 2010. As imagens mostram uma variedade de cenas urbanas encontradas ao redor do mundo, como América Latina (Cuba, Lima, Bahia etc), Estados Unidos (Nova York) e Ásia (Tóquio). Além das fotos, a exposição apresenta três vídeos (Túnel, Caveirinhas e Peep Show) e a instalação Ófélia, constituída por uma impressão fotográfica translúcida, vista através de neon, de três parabrisas de automóveis garimpados em ferro velho e de outros objetos presos por imãs. A mostra aborda o isolamento dos moradores das metrópoles – alienando-se dos rumos das cidades e, inclusive, de si mesmas. Em congruência com a trajetória do artista, as obras expostas focam-se nos marginalizados, desfavorecidos, os abandonados das cidades modernas, sejam prostitutas, mendigos, ou até mesmo cachorros de rua. A exposição integra as atividades de comemoração dos 40 anos do Museu da Imagem do Som e de 2 anos de reabertura após reestruturação, iniciadas com a mostra ROJO® NOVA – Cultura Contemporânea. Maldicidade – Marco Zero também faz parte das atividades do São Paulo Polo de Arte Contemporânea da 29ª Bienal de São Paulo, inclusive articulando-se com o tema principal do evento, arte e política.
Até 31 de Outubro, De terça a sábado, das 12h às 19h, domingos e feriados, das 11h às 18h
MIS - Museu da Imagem e do Som (174 lugares)
Av. Europa, 158 (Jardim Europa)
Tel: (11) 3062-9197 (11) 3062-9197
Ingressos: de R$ 2,00 a R$ 4,00
Sampa Online
Trabalho do brasileiro John Pablo, que faz parte da mostra "Ecocartoon"

Marcadores:

CURSOS - 31-8-10


São Paulo-SP - Curso ABER de couro para encadernação
Como limpar, conservar e fazer reparos no couro usado nas encadernações de livros? Aprenda a trabalhar com couro em curso de um dia de duração, sábado, 18 de setembro, das 9h às 14h
Objetivo: Transmitir conhecimentos básicos, soluções e alternativas de tingimento, limpeza, reparos em conservação de couro, utilizado em encadernações. Para conhecer e saber lidar com o couro é preciso entender também como ele é processado, da retirada da pele do animal até o acabamento final.
Programa: Princípios e critérios de conservação, causas de deterioração, medidas preventivas, materiais e produtos, técnicas de tingimento, limpeza e hidratação. (O curso é teórico com exemplos práticos)
Professor: Orlando Okanishi
Mini-currículo: Formado em Engenharia Química, trabalha em seu atelier particular com lavagem, tingimento e acabamento de artigos em couro. Ministrou aulas no Supremo Tribunal de Justiça de Brasília, USP (pós-graduação), Arquivo Municipal e, atualmente, na ABER.
Quando: 18/09/2010, das 9h às 14h
A realização do curso nesta data está sujeita a um número mínimo de inscrições.
Favor não chegar com mais de 15 minutos de antecedência ao horário do curso, pois a recepção pode não estar aberta.
Quanto: R$ 175 (não-sócio) e R$ 150 (sócio) - Material incluso
Forma de pagamento: dinheiro ou cheque
Material que deverá ser trazido pelo aluno: 1 secador de cabelos (se o dia estiver chuvoso) e um avental.
Material fornecido: Couro, luvas descartáveis, lubrificantes, agente de toque, produtos para restauro de desgastes, fungicidas, bactericidas, pigmentos e anilinas.
Local: Na sede da ABER (Rua Machado de Assis, 222 cj 2, Vila Mariana, São Paulo - Metrô Ana Rosa).
Outras informações com Flávia, pelo tel. (11) 5579-6200 (11) 5579-6200  ou email aber@aber.org.br
Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
Todas as inscrições devem ser feitas até 5 dias antes do início do curso, mas podem se encerrar antes caso o limite máximo de vagas for preenchido.
Data de início: 18/09/2010


Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 31-8-10

Conhecendo a São Paulo desconhecida dos Turistas



A avenida Paulista e a Liberdade são invadidas por hordas de turistas nos finais de semana. Em algumas ocasiões, é impossível circular na avenida Galvão Bueno, Liberdade, sem esbarrar em alguém. O próprio Vem Ver Sampa recomendou a Paulista e a Liberdade diversas vezes. Outros locais onde turistas parecem formigas em cima de doce são o Mercado da Cantareira (o nosso Mercado Municipal), a rua 25 de Março, o Pátio do Colégio, Estação da Luz e Instituto Butantã. Aliás, o Butantã é um dos pontos prediletos dos gringos.
O fato é que existe uma São Paulo que poucos turistas conhecem, uma cidade onde aglomerações de câmeras e de gente posando para foto são quase inexistentes. E o interessante é que são locais que encarnam/representam muito bem a rotina e o espírito da cidade. Quer realmente conhecer São Paulo? Experimente passear pelos locais citados abaixo:
MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA – Com projeto de Oscar Niemeyer e construído com o objetivo de ser um dos principais cartões-postais da cidade, o Memorial vive vazio. São poucos os visitantes que por lá circulam. É uma pena, pois o Memorial abriga um rico patrimônio arquitetônico e um imperdível centro cultural. Experimente conhecer o Pavilhão da Criatividade e seu acervo permanente de indumentárias, esculturas e objetos de uso cotidiano dos povos latino-americanos. A biblioteca do Memorial também merece uma visita. O que o torna ainda mais interessante é sua localização, a poucos metros do Parque da Água Branca, que nos finais de semana abriga uma feira de produtos naturais, e dos shoppings West Plaza e Bourbon. O programa é para o dia todo. O Memorial fica ao lado do terminal Barra Funda no bairro de mesmo nome.
CEASA – Localizado no bairro da Lapa, o Ceasa/Ceagesp é o maior entreposto da América Latina. É realmente imenso. São 44 ruas e 45 pavilhões de legumes, verduras, frutas, flores e carnes. Funciona praticamente 24 horas por dia, sete dias por semana. Esqueça o vai-e-vém dos carregadores e o blá-blá-blá de vendedores e compradores. Concentre-se nos aromas e na incrível diversidade de cores do Ceasa. A variedade (e quantidade) de frutas é de cair o queixo. Os varejões de quarta, sábado e domingo são uma boa opção de passeio e compras. Mas nada como a feira de flores, a maior do gênero no país, que acontece às terças e sexta-feiras no período da manhã. É impressionante. Chama atenção até dos turistas holandeses. Dá vontade de levar um vaso para casa, ainda que ela esteja no interior do Piauí. O melhor é agendar uma visita. Entre aqui e saiba como.
CIDADE UNIVERSITÁRIA/USP – Imagine um local com museus, monumentos, bibliotecas e ainda cercado de verde. Pois imaginou a Cidade Universitária da USP, no bairro do Butantã. Existem museus como o da educação e do brinquedo, arqueologia, de arte contemporânea e até do crime. Um dos mais interessantes é o Museu de Arte Contemporânea – MAC, próximo a Praça do Relógio (tel. 3091-3039). Outra instituição interessante é o Paço das Artes, na Avenida da Universidade (tel. 3814-4832). Com rico acervo de arte moderna e contemporânea o Paço abriga exposições temporárias e eventos. Vale a pena fazer uma visita. Tanto o Paço das Artes quanto o MAC fecham nas segundas-feiras.
PARQUE E PICO DO JARAGUÁ – Apesar de um pouco distante do Centro, o acesso é fácil. O maior atrativo do Parque do Jaraguá é o pico, que leva o mesmo nome do Parque. Situado a mais de mil metros do nível do mar, o Pico do Jaraguá pode ser visto de quase toda a cidade. Lá de cima, nos dias claros (e sem poluição), dá para avistar até a Serra do Mar, no outro extremo da cidade. O parque possui uma infra-estrutura boa, com áreas de lazer, banheiros e churrasqueiras. Quem estiver a fim de uma boa caminhada, pode subir o pico a pé. A trilha é estreita, percorre trechos de mata fechada, mas é atraente. Com um pouco de sorte, pode-se cruzar com animais silvestres como macacos-prego e saguis. Se o visitante não quiser caminhar, dá para subir por uma estrada asfaltada. Vista lá de cima, São Paulo é deslumbrante. Não deixe de levar a camera. Comida não é problema. Pode-se comprar lanches, salgadinhos, sorvetes e refrigerantes, mas eu recomendo a comida de casa mesmo. O único senão é o domingo, quando o parque fica absurdamente cheio.
PARQUE DA CANTAREIRA E HORTO FLORESTAL – Imagine um parque com quiosques, áreas de lazer, lagos,até feira de livro infantil e até animais soltos como capivaras e macacos. Assim é o Horto Florestal, na Zona Norte da Cidade. O lago é muito bonito e a mata exuberante. Quando for ao Horto, não esqueça da camera fotográfica. Nada melhor do que fotografá-lo num dia de sol. Outra vantagem do Horto é sua localização, ao lado do Parque Estadual da Serra da Cantareira. O turista mal sai de um e já está em outro. O Parque da Cantareira possui trilhas que levam a um lago com carpas (por pouco, os peixes vem comer na sua mão) e a chamada Pedra Grande, de onde se descortina uma hipnotizante visão da cidade. Para chegar à Pedra Grande é necessário paciência e fólego. A caminhada é longa, exige bom preparo físico. Outra coisa importante: lanche. Não deixe de levar algo para comer e beber, pois são horas de caminhada. Ao contrário do que muita gente pensa, as trilhas são asfaltadas e com bancos para descanso. O passeio é inesquecível e a vista de São Paulo é maravilhosa.
PARQUE DO ESTADO – Também chamado de Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, é lá que nasce o riacho que dá nome ao bairro vizinho e ao monumento em homenagem à Independência. A região do Parque do Estado é de fácil acesso pela rodovia dos Imigrantes e pelo metrô, que possui linhas de ônibus que passam em frente. Ela abriga o zoológico, jardim botânico e o Zôo Safári – antigo Simba Safari. Para conhecer cada uma dessas atrações é necessário um dia inteiro. O zoológico é um dos maiores do mundo. O jardim botânico, com seus lagos e estufas, dão a impressão de que estamos em outros mundo, não em São Paulo. No Zôo Safári, os visitantes podem circular entre animais soltos com a ajuda de um guia. Com exceção de alguns animais como os felinos, o contato é direto. O passeio tem duração de mais ou menos uma hora. Ideal para quem quer levar criaças. Todas as atrações possuem lugar para comer.
MEMORIAL DO IMIGRANTE – Situado numa região mais afastada do Centro (mais precisamente no bairro da Moóca), o Memorial do Imigrante foi fundado no prédio onde funcionava a antiga Hospedaria dos Imigrantes, construída entre 1886 e 1888. Era para lá que os imigrantes (portugueses, espanhóis, italianos, árabes, japoneses, armênios e outros) se dirigiam antes de seguir viagem -boa parte para as fazendas de café do interior. No seu acervo estão roupas típicas, instrumentos de trabalho, mobiliários e fotografias dos milhares de imigrantes que entraram no Estado de São Paulo. Quem quiser, pode fazer um passeio de Maria Fumaça. Só por curiosidade: o museu abriga uma pequena plantação de café. O telefone do Memorial é 2692-1866.
PARANAPIACABA – O Festival de Inverno de Paranapiacaba atrai todos os anos milhares de turistas para essa vila de Santo André. O Festival ocorre sempre nos meses de julho, quando a neblina e a garoa são constantes. Mas não é preciso esperar julho chegar para curtir Paranapiacaba. A vila oferece atrações o ano todo. Uma das mais procuradas atrações é justamente a área verde que fica ao lado. As trilhas levam a cachoeiras, montanhas e grandes e selvagens trechos de Mata Atlântica. As caminhadas levam, no mínimo, duas horas. Elas só podem ser feitas com guias locais. Não deixe de levar protetor solar e repelente de insetos, eles são muito úteis. Não esqueça também da câmera fotográfica. No mês de abril é realizado o delicioso Festival do Cambuci. Construída por operários ingleses, a vila é um charme. Para chegar, basta pegar o trem até Rio Grande da Serra e embarcar no ônibus para Paranapiacaba. Ela merece ser fotografada. Por falar nisso, você conhece a Estrada Velha de Santos? Mais informações, acesse aqui.
EDIFÍCIO MARTINELLI – O Martinelli é conhecido como o primeiro arranha-céu de São Paulo. Depois de dois anos de reforma, voltou a ser aberto ao público. As visitas devem ser agendadas (tel. 3104-247). Ao contrário do Altino Arantes (ex-Banespa), onde as filas nunca terminam e o acesso é por tempo curtíssimo, o Martinelli oferece visitas guiadas e longas (de até 20 minutos). Uma das maiores vantagens é a sua localização, no Centro Velho. Após apreciar a vista da cidade e a arquitetura do prédio, estique o passeio no Largo de São Bento, Viaduto do Chá, Praça da Sé, Pátio do Colégio…
http://vemversampa.blogspot.com/2010/08/conhecendo-sao-paulo-desconhecida-pelos.html

Múmias do Museu de Arqueologia vistas ao raio X

Estudo inédito em Portugal vai permitir imagens de grande qualidade e inúmera informação sobre as múmias.
Vamos ficar a conhecer os rostos das três múmias egípcias da colecção do Museu Nacional de Arqueologia (MNA). E, mais do que isso, vamos ficar a saber tudo - ou pelo menos muito - sobre a sua condição física na altura da morte, as técnicas usadas para o embalsamamento, o estado de conservação dos corpos e outros segredos que possam ter guardado durante mais de dois mil anos.
Pabasa, filho de Hor e sacerdote Semati, encarregue durante a vida de vestir a estátua do deus Min, foi a segunda múmia a entrar, ontem, nas salas do IMI (Imagens Médicas Integradas) para ser radiografada, primeiro, e em seguida submetida a uma TAC (tomografia axial computorizada).
Antes dela estivera nas mesmas salas uma múmia ptolemaica sem sarcófago e sem nome, e a seguir a Pabasa entrou, para os exames médicos, o sarcófago de Irtieru, a múmia mais antiga da colecção do MNA, e da qual se sabe apenas o nome.
Este estudo - inédito em Portugal -, baptizado como Lisbon Mummy Project, é resultado de uma parceria entre o IMI, que disponibiliza as instalações e a equipa de investigação coordenada por Carlos Prates, a Siemens, que patrocina o projecto e disponibiliza uma estação de trabalho de pós-processamento avançado da informação digital, o MNA, cujo director, Luís Raposo, coordena uma equipa que integra o egiptólogo Luís Araújo, do Instituto Oriental da Faculdade de Letras de Lisboa, e o arqueólogo Álvaro Figueiredo, do University College de Londres.
"Na última década tem-se feito muito este tipo de exames, mas em Portugal é a primeira vez. O que é inovador é a qualidade com que se vai obter os dados - e isso confere ao projecto um interesse internacional", sublinha Luís Raposo.
As três múmias chegaram às instalações do IMI na Avenida da República logo de manhã, num camião de transporte especial, com todos os cuidados para a conservação dos dois sarcófagos e do corpo sem sarcófago. Luís Araújo não escondia o entusiasmo com a possibilidade de os exames virem a revelar a existência de amuletos colocados entre as faixas que envolvem as múmias - algo bastante comum no Antigo Egipto. Mas ao princípio da tarde as imagens recolhidas no raio X e na TAC indicavam que nestas três múmias não existem amuletos.
Uma "frustração" para o egiptólogo, mas que não retira interesse ao projecto. As primeiras imagens da múmia ptolemaica rodavam já no computador - instalado na sala de trabalho do piso de baixo do IMI, baptizada "per-ankh" (casa da vida) - e permitiam já ver claramente que a dentição é perfeita. Ainda é cedo para tirar conclusões, e Carlos Prates mantém-se cauteloso, avisando que demorará alguns meses a analisar as "centenas de milhares" de imagens que se vão obter agora - "três meses para as primeiras impressões", arrisca.
Sabe-se que a múmia de Pabasa é proveniente da Colecção Palmela e foi doada ao museu em meados do século XX. A origem das outras é desconhecida, embora Luís Araújo admita que possa ser a mesma.
Alexandra Prado Coelho

Publico.pt

Marcadores: , ,

PODE CRER, É VERDADE! - 31-8-10

Segurança no trabalho? Pra que?

Erro bizarro de grafia é flagrado em rua nos EUA

Conta Outra

Cabeleireiro cobra taxa extra a clientes gordos
Gerente diz que é para compensar os estragos que estes clientes provocam nas cadeiras
Uma norte-americana nem queria acreditar quando o salão de cabeleireiro onde foi arranjar o cabelo lhe tentou cobrar uma taxa adicional de cinco dólares, apenas por estar acima do peso. Michelle Fonville, residente no condado de DeKalb, na Geórgia, diz ter-se sentido humilhada.
«Quase chorei», contou à estação de televisão WSBTV.
Michelle foi só arranjar as unhas e as sobrancelhas e o salão cobrou-lhe a taxa adicional. A gerente do salão diz que cobra uma taxa adicional para compensar os estragos nas cadeiras provocados por clientes com excesso de peso. A gerente acrescenta que a cadeira em que Michelle se sentou tem um limite de peso de 90 quilos e custa mais de 1100 euros para arranjar.
Portugal Diário

Inglesas contratam detetives para pegar maridos no flagra
49% dos casais em processo de divórcio contrataram um investigador em 2006.
Os homens são responsáveis por 69% dos casos de adultério.
Quase metade dos casais que estão se divorciando no Reino Unido usou os serviços de um detetive particular no ano passado para confirmar, ou negar, suas suspeitas de traição por parte de seus cônjuges, segundo a empresa de contabilidade Grant Thornton.
Cerca de 49% dos casais em processo de divórcio contrataram um investigador em 2006, número substancialmente maior do que os 18% de 2005, de acordo com uma pesquisa realizada pela divisão de Investigação e Serviços Forenses da Grant Thornton em 100 dos principais escritórios de direito familiar do Reino Unido.
Entre os contratantes de detetives particulares, 30% são mulheres, enquanto 19% foram homens, mostrou a pesquisa. Os outros não se identificaram.
"Pelo quarto ano seguido nossa pesquisa mostrou que casos extra-conjugais são a principal razão citada para terminar com casamentos no Reino Unido", disse Andrea McLaren, chefe do setor de direito matrimonial da Grant Thornton'.
"Enquanto os casos de traição continuam a crescer, não é nenhuma surpresa que o número de indivíduos que usam investigadores particulares continue aumentando."
Os homens são apontados como responsáveis por 69% dos casos de adultério, enquanto as mulheres representam 31%, mostrou a pesquisa.
Do G1, em São Paulo, com informações da Reuters
Na Carolina do Norte, fotógrafo flagra erro de sinalização absurdo em estrada. O pintor que não devia em seu melhor estado psicológico escreveu Shcool em vez de School e certamente deve ter sido despedido por justa causa.

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUE? - 31-8-10

Uma noite, uma mulher acordou ao ouvir barulhos na cozinha. Acorda o marido:
- Acorda Manel ! Está um ladrão na cozinha a comer o recheado que sobrou do jantar!
- Trata mas é de dormir. Eu amanhã telefono para a agência funerária ou enterro-o no jardim...



Marcadores: ,

30 agosto, 2010

PLAQUINHA DE HOJE - 30-8-10

Série: Humor
"BICHO INFELIZ O HOMEM...
TEM PEITOS SEM LEITE,
OVOS SEM CASCA,
PASSARINHO SEM ASA,
E O PIOR DE TUDO:
SACO SEM DINHEIRO!"

Marcadores:

ATUALIDADES - 30-8-10

Com projetos importantes esperando por votação, Câmara de SP reduz ritmo com eleições



Pelo menos 18 dos 55 vereadores estão lutando por vagas em outras esferas nestas eleições
Apesar dos importantes projetos de lei que aguardam por votação, os vereadores da Câmara Municipal de São Paulo já esperam uma diminuição no ritmo dos trabalhos até a definição das eleições de outubro. Como os próprios políticos afirmam, a maioria das propostas complexas, como a revisão do Plano Diretor ou a aprovação das regras para a publicidade no mobiliário urbano, deve ser adiada para o final do ano.
Pelo menos 18 dos 55 vereadores da cidade estão lutando por vagas em outras esferas. Há candidatos à Asssembleia Legislativa de São Paulo, como Gilson Barreto (PSDB) e João Antonio (PT), à Câmara Federal, como Agnaldo Timóteo (PR) e Francisco Chagas (PT), e até ao Senado, como o petista Netinho de Paula. Há ainda casos de políticos que serão candidatos à suplência, como o próprio presidente da Casa, Antonio Carlos Rodrigues (PR), que está na chapa de Marta Suplicy (PT) ao Senado.
Líder do DEM no Legislativo paulistano, partido do prefeito Gilberto Kassab, o vereador Marco Aurélio Cunha confirma a previsão de morosidade nas votações em setembro, mês que antecede as eleições. "Diminui, sim. E diminuiu muito", sustentou, em entrevista na sessão de ontem no plenário da Câmara. Segundo ele, os projetos de lei importantes deverão ficar para novembro ou dezembro. "Acabamos adiando para depois das eleições. Não adianta vir aqui e ficar falando para seis pessoas", defendeu.
O vereador do Democratas não vê tal prática como um prejuízo. "Certo não é, mas faz parte da política nacional essa mobilização. É como no Carnaval, temos que entender as prioridades", argumentou ele. "É como na televisão: temos os momentos sérios, jornalísticos, e os desenhos, mais leves. Vamos aproveitar para ver os desenhos e deixar a parte mais importante para quando tivermos com a atenção focada e força total", disse. "Sou novo aqui, mas já percebi isso", complementou Cunha, que foi eleito em 2008.
Líder do governo no Legislativo, José Police Neto não fala tão abertamente sobre um possível "recesso branco", mas igualmente diz que pode haver uma alteração nos trabalhos por conta do pleito de outubro. "A Casa tem um ritmo. E, nesse ritmo, os meses de agosto e setembro não são os com maior atividade legislativa", afirmou. Segundo ele, não havia previsão para que os projetos importantes --como a revisão do Plano Diretor-- fossem votados agora. "Se a gente nunca teve essa previsão, não podemos falar que eles vão atrasar. Propostas dessa dimensão não são deliberados do dia para a noite."
O líder do PT no Legislativo de São Paulo, José Américo, concorda que as atividades devem "diminuir um pouco". Como ele explica, no entanto, as lideranças fizeram um acordo para que a Casa não deixe de produzir. "Nos comprometemos a não deixar a Câmara parar. Mesmo se todos os vereadores que são candidatos faltarem, teremos quórum para as sessões. E isso que faremos", disse.
Se for preciso votar algum projeto de lei de maior vulto, o petista aposta em uma convocação dos seus pares. "Se for uma votação qualificada, fazemos uma mobilização e chamamos todo mundo para votar. Não vai ter problema", disse.
"Se apertar, peço afastamento"
Antonio Carlos Rodrigues, presidente da Câmara, disse que o desempenho da Casa não será influenciado pelas eleições. "Não posso obrigar ninguém a vir, mas irei continuar abrindo a sessão toda quarta-feira para analisar a ordem do dia e votar os projetos", afirmou.
Segundo ele, que concorre como suplente de Marta Suplicy ao Senado, basta que cada um se organize para comparecer. "Eu marco minhas reuniões de campanha para as manhãs ou para as noites. Se tiver que faltar, vou faltar. Se apertar, peço afastamento temporário", argumentou.
Arthur Guimarães
Do UOL Notícias
Em São Paulo
http://eleicoes.uol.com.br/2010/sao-paulo/ultimas-noticias/2010/08/26/com-projetos-esperando-por-votacao-camara-de-sp-vai-reduzir-ritmo-nas-eleicoes.jhtm


Comentário do Silvio: Vereador é o cargo mais inútil em toda a porca política brasileira. Só votam algum projeto se houver interesses escusos. Os interesses da população ficam bem longe dos interesses destas pessoas que vivem em uma São Paulo que não é a que a grande maioria do povo habita. Nem dar nome a ruas eles conseguem executar com perfeição, basta ver que há em São Paulo várias ruas com o mesmo nome.

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 30-8-10

Rio de Janeiro-RJ – Exposição Edgard de Souza na Galeria Arthur Fidalgo







A série dos móveis resgata um tema do início da carreira do artista, no final da década de 1980. “As mesas eram então mais zoomórficas”, compara ele, “agora se tornaram mais simples”. A parte animal parece ter passado para a série que simula pelagens de vacas transgênicas ou geneticamente modificadas.
Esse imaginário que passa pela pele e pelo corpo, cheio de erotismo, tem outro ponto seminal no design. As esculturas do artista podem remeter tanto a troncos e flancos como a objetos e móveis. As duas séries apresentadas nessa exposição realizam esse encontro de modo sedutor e intrigante. Na série das mesas, o mobiliário torna-se, literalmente, móvel; em “Manchas falsas”, o nu de outras obras torna-se, literalmente, epiderme, ou melhor, pelagem, com manchas acentuadamente gráficas.
Edgard de Souza não faz uma exposição individual no Rio de Janeiro desde 1991. Entre as exposições individuais do artista estão: Galeria Luisa Strina, São Paulo (2010, 2004, 2002 e 2000), L A Louver Gallery, Los Angeles, EUA (2005 e 2003), Pinacoteca do Estado de São Paulo (2004). Galeria OMR, Ciudad de Mexico (2002), Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte (2001), Jack Shainman Gallery, New York (2000), Project Room, ARCO/99, Madrid (1999). Seus trabalhos pertencem, entre outras, às coleções do Museu Inhotim, MAM – SP, Gilberto Chateaubriand – MAM – Rio e Pinacoteca do Estado de São Paulo. O artista vive e trabalha em São Paulo.


Curitiba-PR - Museu Alfredo Andersen inaugura cinco exposições
Como parte das comemorações dos 150 anos de Alfredo Andersen, o museu que carrega seu nome inaugura mostras


O Museu Alfredo Andersen, espaço da Secretaria estadual da Cultura, abre cinco exposições. Homenageando Alfredo Andersen em seus tempos de professor, inaugura as mostras O Precursor do Ensino na Arte do Paraná e Projeto Andersen na Escola. Utilizando materiais como óleos, acrílicos, lápis e papéis colados sobre tela, Rones Dumke expõe suas obras em A Arte Silenciosa de Rones Dumke. A artista Soraia Savaris apresenta suas peças de cerâmica produzidas nos últimos três anos na exposição Ser Fruto. Além do artista Osvaldo Gaia, do Pará, com a mostra Percepção. As exposições permanecem no Museu até o dia 24 de outubro e a entrada é franca.
Como parte das comemorações dos 150 anos de Alfredo Andersen, o museu que carrega seu nome inaugura a exposição O Precursor do Ensino na Arte do Paraná, que traz fotos e obras do artista nos tempos em que lecionava. Além das suas aulas no atelier, Andersen desde o início ensinava desenho na Escola Alemã e no Colégio Paranaense. Em 1909, a convite da direção da Escola de Artes e Indústrias, inicia um curso de desenho e, por volta de 1914, já tinha dado aula para mais de três mil crianças e adultos.
Ainda homenageando Alfredo Andersen como professor, o Projeto Andersen na Escola é formado por uma seleção de obras de alunos de diversas escolas que visitam o Museu em períodos letivos, participam de oficinas e conhecem um pouco mais sobre a história e estilo do artista, agregando conhecimentos em um ambiente diferente do escolar.
Dumke
Para a exposição A Arte Silenciosa de Rones Dumke, o artista selecionou três séries de obras que traduzem sua trajetória artística. A primeira é a série Geometria do Silêncio, que constitui uma síntese das lições recebidas dos surrealistas, metafísicos italianos e dos construtivistas russos. “A bela cabeça de Antínoo está lá, aureolada por um nimbo luminoso. A Vênus de nádegas luxuriosas habita um triângulo negro na obra o Teorema do Mar. Hermes encontra-se suspenso vagando encerrado em sua caixa preta”, descreve Dumke.
Segundo o artista, o ponto de partida para o desenvolvimento da série Calidoscópio do Sonho foi a construção da imagem na qual um personagem voa virtualmente com uma cadeira. Já a ideia da última série, Aparições, surgiu de um sonho de Dumke, que tinha como protagonistas mulheres selvagens do antigo mundo grego.
Cerâmica
Soraia Savaris trabalha com cerâmica desde 1992 e agora, em sua segunda mostra individual, ela percebe o amadurecimento de suas obras. Nas anteriores, a artista utilizou temáticas de casulos e lágrimas, que considera as sementes do fruto que acaba de nascer, a exposição Ser Fruto. São três salas com poucas peças, para que, de acordo com Soraia, o visitante possa sentir a energia do ambiente.
Na primeira sala são mais ou menos sete peças entre paredes e chão, que representam pinhas e gomos de frutas cortadas, feitas em vários tons de argila. Representando frutos que nascem do chão, a segunda sala é composta por uma montagem com nove peças, todas em cerâmica esmaltada. A terceira sala é coberta por um tecido preto, com várias peças brancas penduradas, contrastando as cores.
Gaia
A exposição Percepção, do artista paraense Osvaldo Gaia, é dividida em três salas. Gaia acredita que a natureza o inspira para todos os trabalhos que produz. Por isso, se preocupa com a preservação dela. Em um dos espaços, uma instalação representa um espinhal, objeto utilizado por pescadores para aumentar o número de anzóis, e, em volta disso, fósseis de peixes. “Isso é para que as pessoas percebam que a preservação é essencial, caso contrário, só restarão os fósseis”, explica Gaia.
A exposição também conta com desenhos, pinturas e esculturas, com várias peças inéditas. O artista já expôs em galerias internacionais e, agora, apresenta sua primeira mostra individual em Curitiba.
Serviço:
Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336), em Curitiba. Horário de visitação: de terça a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. A exposição fica até o dia 24 de outubro e a entrada é gratuita.
Bem Paraná
(foto: SEEC)
Edgard de Souza apresenta na Galeria Artur Fidalgo trabalhos recentes que exploram a corporeidade, como é constante em sua obra. Dessa vez, porém, as formas não remetem diretamente ao corpo humano, mas ao mobiliário, que, por sua vez, ganha um movimento animal e disfuncional. As mesas são elegantes quadrúpedes anímicos que por vezes copulam na galeria. A exposição apresenta também a série “Manchas falsas”: trabalhos bidimensionais que inventam padronagens artificiais em pele de vaca. Móveis e superfícies criam um mundo de erotismo meio animal, meio design.

Marcadores:

CURSOS - 30-8-10

Iperó-SP - Novo núcleo de restauração de prédio abre 4 cursos
Os jovens iperoenses ganharam um presente da Prefeitura Municipal, em parceria com o Governo do Estado e com o Senai. Trata-se de quatro cursos, com duração de seis meses, voltados à qualificação na área de restauração de bens patrimoniais. Realizados pelo recém-criado Núcleo de Preservação do Patrimônio Histórico (NPPH) os cursos atendem alunos a partir dos 18 anos, que são capacitados para o exercício de uma profissão. Os cursos são nas áreas de Metal, Alvenaria, Pintura e Madeira. No último dia 19 (quinta-feira), os novos alunos foram convidados a participar de uma aula inaugural na Fundação Educacional Ipanema.
O evento teve a presença de autoridades municipais e empresários que apoiam o projeto. Eles recepcionaram os alunos e explicaram o conceito dos cursos e sua importância no mercado atual.
O coordenador do NPPH, Júlio Barros, explicou sobre a preservação do meio ambiente artificial (ambiente construído pelo homem), que vai além do conceito de restauro, simplesmente. "Preservar o meio ambiente artificial é zelar pela cultura arraigada em prédios e construções históricos, resgatando assim o ser humano como principal responsável pelo mundo." completou Barros.
O NPPH, mais forte e estruturado, substitui o Poeao (Projeto Oficina-Escola de Artes e Ofícios) que há quatro anos vinha iniciando os jovens ao ofício da restauração e recuperou prédios como o Pernoite, a igreja de São Jorge e a fachada das casas da Vila Ferroviária. Os novos cursos além de inserir os alunos numa área que está em constante crescente, irá beneficiar a região pois há planos para levar o projeto para outras cidades.
Osvaldo Simões Viera Filho já trabalha na área de serralheria e se inscreveu no curso de serralheiro restaurador para se aperfeiçoar. "A área de restauro está aquecida ultimamente no mercado. A remuneração costuma ser alta, já que reformar é mais trabalhoso do que desenvolver um novo produto, por exemplo", conta o serralheiro, animado com a oportunidade trazida pelo curso.
Quem tiver interesse em participar do projeto deve correr. As inscrições terminam hoje e devem ser feitas na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), Mais informações pelo telefone 3266-1198.
Extraído de: Prefeitura Municipal de Iperó - 24 de Agosto de 2010

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO - 30-8-10


Arqueólogos egípcios encontram duas tumbas de 2,5 mil anos no Egito
Esqueletos e águias mumificadas foram encontradas no local.
As duas tumbas descobertas pertencem à 26ª dinastia dos faraós.

Arqueólogos egípcios encontraram duas tumbas de 2,5 mil anos em Saqqara, distante 20 quilômetros do Cairo, capital do Egito. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (4) pelo Conselho Superior de Antiguidade (CSA) do país.
As tumbas pertencem à 26ª dinastia dos faraós e foram descobertas em Ras el Guesr, cavadas nas rochas, afirmou o diretor da CSA, Zahi Hawass. A primeira delas "é a maior tumba descoberta em Saqqara", disse.
No local, uma imensa sala de onde partem várias passagebs e câmaras, foram encontradas vários esqueletos e águias mumificadas.
Na segunda tumba, de tamanho menor, foram encontrados recepientes de barro cozido. Essa descoberta demonstra que "Saqqara segue guardando segredos", disse Hawass.
A região de Saqqara é uma grande necrópole na região da antiga Memfis, onde se encontram numerosas tumbas e as primeiras pirâmides faraônicas.

Descoberto lago artificial maia em meio à floresta no México
Fundo do reservatório de água parece coberto de lascas de cerâmica, usadas para vedação, como uma psicina
Pesquisadores alemães e mexicanos encontraram um lago artificial, no sítio arqueológico da antiga cidade de maia de Uxul, cujo fundo é revestido por placas de cerâmica, como as piscinas modernas são revestidas de azulejo. De acordo com o pesquisador Nicolaus Seefeld, o fundo do lago, com dois metros de profundidade, está recoberto de lascas de cerâmica “praticamente sem lacunas”.
Embora o uso de lagos artificiais, ou” aguadas”, como reservatórios de água potável pelos maias já fosse conhecido, a tecnologia usada em Uxul surpreendeu os arqueólogos.
“Ainda não sabemos se o revestimento se estende por toda a aguada”, completou ele, em nota, explicando que a escavação teve início no centro do lago.Escavação começou no centro do antigo reservatório

De acordo com texto divulgado pela Universidade de Bonn, se todo o reservatório estiver realmente recoberto por ladrilhos, a descoberta será “uma pequena sensação”, pela quantidade de cerâmica envolvida.
As duas aguadas já descobertas em Uxul eram maiores que piscinas olímpicas, e talvez não tivessem sido as únicas. A cidade tinha uma população de pelo menos 2.000 pessoas, e precisava acumular água para durar pelos três meses anuais de seca.
No Período Clássico da cultura maia, de 250 a 900 d.C., Uxul estava localizada numa área densamente povoada, entre as grandes cidades de El Mirador e Calakmul. Por ali passavam rotas comerciais que iam do centro do México à Guatemala.
Estadão.com.br
Arqueólogos encontraram tumba de 2,5 mil anos em Saqqara, distante 20 quilômentros do Cairo, capital do Egito (Foto: SUPREME COUNCIL OF ANTIQUITIES/AFP)

Marcadores: , ,

INTERESSA, OU NÃO? - 30-8-10

Relacionamento gemelar incomum
Jemima Pompeu é uma paulistana de 41 anos que tem um relacionamento gemelar incomum. Por conta disso, ela decidiu criar um blog com o propósito de reunir histórias de gêmeos, ou contadas por eles próprios ou por seus familiares. Vizinhos de Útero é um blog totalmente dedicado aos gêmeos, que assim como ela - tem uma história singular para contar. Se você é gêmeo ou tem filhos gêmeos, acesse o blog e tenha sua história postada também!
Procuro irmãos gêmeos em todo o Brasil!

Sou gêmea e tenho um relacionamento gemelar incomum. Nascemos em Abril de 1969 e convivemos até 1984. Depois disso, minha irmã foi estudar no exterior e eu escolhi ficar no Brasil. A partir daí nossa vida foi marcada por desencontros. Não somos amigas íntimas, nossa relação é superficial. Apesar disso, não sofro mais com essa lacuna e então decidi criar um blog com o propósito de reunir histórias de gêmeos, ou contadas por eles próprios ou por seus familiares. Vizinhos de Útero é um blog totalmente dedicado aos gêmeos, que assim como eu - tem uma história singular para contar.
Abs, Jemima Pompeu
Skype: jemimapompeu
twitter: @vizinhosdeutero

Marcadores:

PODE CRER, É VERDADE! - 30-8-10

Está sendo construido no andar de cima o aposento da sogra

Nos EUA noivo se casa algemado e com uniforme da prisão

Na Pensilvânia, um homem se casou na última sexta-feira com roupa de prisão e até algemado.
Os pombinhos não aguentaram esperar até a sua liberdade e antecipou o casório na própria prisão. Barndt foi preso em Dezembro por porte ilegal de drogas.
Conta Outra

Curso de degustação de salsicha é criado na Alemanha
Na Alemanha, curso para aspirantes a degustação de salsichas é criado pelo mestre Norbert Wittman.
Chamada de Academia da Salsicha estuda também tipos de cerveja e mostardas que combinam para a degustação do alimento.
Mais de 1.300 alunos já foram formados pela academia.
Conta Outra

Noiva presa por conduzir bêbada no dia do casamento
A mulher regressava da própria despedida de solteira quando foi parada pela polícia
Uma mulher de 31 anos foi presa no dia do próprio casamento, quando regressava a casa da despedida de solteira, no último sábado. Poucas horas antes de casar, a mulher conduzia bêbada e em excesso de velocidade, numa das principais ruas de Washington, nos Estados Unidos.
A noiva conduzia a mais de 144 quilómetros hora e de forma muito perigosa e o nível de álcool no sangue era quase o dobro do permitido por lei.
A noiva foi mandada para casa, de táxi, depois de lhe ter sido instaurado um processo. Ainda foi a tempo de se casar, ao início da tarde.
Portugal Diário

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUE? - 30-8-10

O velho Conde chega à sua mansão e é recebido pelo "fiel" mordomo, que, desmedidamente respeitoso, abre-lhe a porta e, de cabeça abaixada, o saúda:
- “Entre, seu filho de uma grande puta! De onde é que a porra de Conde vem com essa cara de viado velho?”
E o Conde, sorridente, lhe responde:
- “Acabo de comprar um aparelho auditivo!”








Marcadores: ,

27 agosto, 2010

UM BOM FIM DE SEMANA A TODOS.
QUEM MORA EM SÃO PAULO PRECISA SE CUIDAR DEVIDO
À BAIXISSIMA UMIDADE DO AR,
VALE TUDO: BACIA DE ÁGUA NO QUARTO,
(Cuidado para não cair dentro)
TOALHA MOLHADA PENDURADA NA JANELA,
PINGAR SORO FISIOLÓGICO NAS NARINAS,
BEM COMO O USO DE UMIDIFICADORES.
Veja artigo sobre o tema na seção SAÚDE

Marcadores: