ENTRESSEIO

s.m. 1-vão, cavidade, depressão. 2-espaço ou intervalo entre duas elevações. HUMOR, CURIOSIDADES, UTILIDADES, INUTILIDADES, NOTÍCIAS SOBRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE BENS CULTURAIS, AQUELA NOTÍCIA QUE INTERESSA A VOCÊ E NÃO ESTÁ NO JORNAL QUE VOCÊ COSTUMA LER, E NEM DÁ NA GLOBO. E PRINCIPALMENTE UM CHUTE NOS FUNDILHOS DE NOSSOS POLÍTICOS SAFADOS, SEMPRE QUE MERECEREM (E ESTÃO SEMPRE MERECENDO)

31 outubro, 2008

UM ÓTIMO FIM DE SEMANA A TODOS, LEMBRANDO QUE A FERRARI VEM ABUSANDO
DOS PILOTOS BRASILEIROS DA F-1. ACONTECEU MUITAS VEZES COM O RUBINHO E AGORA COM NOSSO MELHOR PILOTO, FELIPE MASSA
TEMOS QUE NOS MOBILIZAR E RESPONDER A ISSO COM UM BOICOTE:
NÃO COMPREM MAIS CARROS FERRARI !
TODOS OS BRASILEIROS JUNTOS VAMOS DAR O TROCO A ELES.
FAÇA SUA PARTE QUE EU JÁ ESTOU FAZENDO A MINHA!

Marcadores:

PLAQUINHA DE HOJE - 31-10-2008

Série: Cantadas
"TODAS ESSAS CURVAS E EU SEM FREIO NENHUM..."

Marcadores:

ATUALIDADES - 31-10-2008

Desmatamento da Amazônia consome um Parque do Ibirapuera a cada duas horas
Destruição consumiu 587 km² de florestas em setembro. Veja comparações para saber o quanto significa essa área.
O desmatamento da Amazônia em setembro
atingiu 587 quilômetros quadrados de florestas, segundo cálculos feitos pelo Instituto nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). De tão grande, uma área dessas é difícil de ser imaginada. Para que o leitor possa ter uma idéia do quanto isso significa, o Globo Amazônia fez algumas comparações. A área total degradada corresponde a pouco mais de um terço do município de São Paulo, que tem 1.523 km². Também é um pouco superior ao tamanho da Ilha de Santa Catarina, que abrange 424 km². Se o total desmatado for dividido por 30, para saber quanto de floresta é consumido por dia, chega-se a 19,6 km², área praticamente idêntica à Ilha de Fernando de Noronha, em Pernambuco, que tem 18 km². Repartindo o valor em 24 partes, tem-se 0,82 km² de mata devastada a cada hora na Amazônia. Para se ter uma idéia, o Parque do Ibirapuera, que fica em São Paulo, tem 1,6 km². Isso significa que, a cada duas horas, uma área equivalente ao parque é destruída. Finalmente, dividindo o valor por 60, temos 0,013 km², ou 1,3 hectare, pouco mais que um campo de futebol, ou um quarteirão, devastado a cada minuto. Se você não gostou muito dessa conta, uma forma de protestar contra o desmatamento é registrar sua indignação no mapa interativo do Globo Amazônia, que mostra as queimadas da floresta em tempo real e traz todos os pontos de desmatamento detectados pelo Inpe em Setembro.
Iberê Thenório
Globo.com
EUA anunciam queda menor que a esperada do PIB
PARIS, 30 Out 2008 (AFP) - O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos recuou 0,3% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, um dado que confirmou os temores sobre uma recessão na primeira potência mundial, mas que reforçou as altas nos mercados financeiros por se tratar de uma queda menor que a esperada pelos analistas.
A contração do crescimento americano, que evidencia os efeitos da crise financeira em empresas e consumidores, é a primeira desde o quarto trimestre de 2007, indicou a secretaria de Comércio, na primeira das três estimativas sobre o PIB.
Esta queda 0,3% contrasta claramente com o avanço de 2,8% registrado no segundo trimestre.
No entanto, os analistas esperavam uma queda de 0,5% no terceiro trimestre. Com isso, a notícia, embora negativa, reforçou a tendência de alta nos mercados mundiais.
O Wall Street abriu em alta de 2,07% e o índice Nasdaq subiu 2,48%, animados também pelo corte das taxas de juros de meio ponto percentual anunciado quarta-feira pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano), a 1%.
A Bolsa de São Paulo, a principal da América Latina, subiu 2,64% na abertura. Na Europa, onde a ilusão merada reinou durante as primeiras horas do pregão, as Bolsas ampliaram seus ganhos após o anúncio do PIB americano. Às 13H30 GMT, Londres disparava 8,05%, Frankfurt, 4,24%, Madri, 3,01% e Paris, 1,57%.
O corte dos juros nos EUA prolongou nesta quinta-feira, pelo terceiro dia consecutivo, a euforia nas Bolsas asiáticas: Tóquio fechou em alta de 9,96% e Hong Kong ganhou 12,82%.
O Fed aprovou quarta-feira quatro linhas de crédito temporários no valor de 30 bilhões de dólares a cada um dos bancos centrais de Brasil, México, Coréia do Sul e Cingapura.
Este empréstimo, destinado a melhorar as condições de liquidez dos mercados financeiros mundiais e amenizar as dificuldades de obtenção de fundos em dólares, foi aceito pelo Brasil, mas o México disse que ainda não precisa desta ajuda.
As repercussões da crise financeira sobre a economia, entretanto, continuam fazendo estragos.
"Uma crise econômica mundial como a atual é um evento que acontece uma vez em um século", declarou nesta quinta-feira o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, ao anunciar medidas para estimular a atividade da segunda economia mundial.
O pacote, de um valor de 277 bilhões de dólares, inclui uma redução dos impostos, ajudas diretas ás famílias e empréstimos a pequenas empresas, entre outras iniciativas.
Na zona euro, a confiança dos empresários e consumidores caiu drasticamente em outubro, ficando em seu nível mais baixo desde 1993.
O índice de confiança econômica perdeu mais de sete pontos, ficando em 80,4 pontos, contra 87,5 pontos em setembro, sua maior queda em um mês desde à criação, em janeiro de 1985.
Globo.com

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 31-10-2008

Piracicaba-SP - Círculo Orquidófilo promove exposição de orquídeas
O Círculo Orquidófilo de Piracicaba realiza entre os dias 7 a 9 de novembro, no salão de festas da creche "Ada Dedini Ometto", a 7ª Exposição de Orquídeas. Além dos mais diversos tipos de orquídeas, os interessados poderão obter informações sobre o cultivo da planta. A mostra contará com mais de mais de 1.00 plantas de espécies diferentes.
A entrada é franca.
Jornal de Piracicaba
Santana do Cariri-CE - Paleontologia em exposição
De hoje até 23 de novembro, Fortaleza vai expor um pouco da história da evolução do planeta que o Cariri abrigaPara quem ainda pensa que paleontologia e geologia são coisas de cinema, as exposições “Geopark Araripe Unesco” e “Museu de Paleontologia de Santana do Cariri” vêm desmistificar essa idéia. Abertas gratuitamente ao público de hoje até 23 de novembro, as exposições pretendem mostrar parte da riqueza geo-paleontológica do Ceará no novo Salão Multiuso do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.Conforme explica o curador da iniciativa, o arquiteto José Sales Costa Filho, elas vão ocorrer simultaneamente nesse espaço do centro cultural. “O geopark é protagonista por tudo que ele representa para a história da evolução do planeta, tendo em vista inclusive o reconhecimento internacional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
O Museu de Paleontologia, por sua vez, em comemoração aos seus 20 anos de existência”.As exposições, compostas por grandes painéis fotográficos, maquetes e peças fósseis encontradas na Bacia do Araripe, já foram apresentadas na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) de São Paulo; na Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato); em Juazeiro do Norte; e, recentemente, em Osnabrück, na Alemanha, durante o 3º Encontro Global dos Geoparks Nacionais. “Já existe um planejamento para que, quando encerradas em Fortaleza, possam voltar a São Paulo e irem também a Brasília”, planeja José Sales.AcervoO visitante vai conhecer mais sobre o acervo do Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, um dos mais importantes do Hemisfério Ocidental no que diz respeito a fósseis. São quase 10 mil peças abrangendo uma enorme variedade de espécies de ambientes aquáticos e terrestres da Bacia Sedimentar do Araripe, que contam parte da história do próprio planeta e da evolução da vida durante o Período Cretáceo Inferior, algo em torno de 110 milhões de anos atrás.Já sobre o geopark, o visitante vai saber que esse território é composto de uma rede de nove monumentos naturais protegidos, chamados geotopes. Esse cenário está localizado na porção cearense da Bacia do Araripe, no limite do Ceará com Pernambuco, Piauí e Paraíba. Num território com dimensões aproximadas de 5 mil quilômetros quadrados onde existe quase uma centena de registros geológicos e paleontológicos de grande relevância.
Durante a abertura de “Geopark Araripe Unesco” e “Museu de Paleontologia de Santana do Cariri”, a partir das 19h desta quinta-feira, serão lançadas três publicações afeitas aos temas: Geopark Araripe, Fósseis de Santana do Cariri e Cartilha do Geopark Araripe.
A primeira trata de um material mais substancial sobre fatos que antecederam e deram origem ao Geopark Araripe. A segunda é um catálogo com informações acerca dos 20 anos do museu. Por fim, a cartilha, com didática mais simples e também sobre o geopark.A realização das exposições é da Universidade Regional do Cariri (Urca), com apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades. São parceiras também a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura e o Sistema Verdes Mares.
REGIONAL ESPECIAL
Geopark Araripe em reportagemProva de que o Diário do Nordeste não só apóia como divulga descobertas paleontológicas e geológicas em solo cearense foi a publicação, em 17 de outubro de 2007, do Caderno Regional especial sobre o Geopark Araripe. Dia esse não escolhido por acaso. Na mesma data, esse ícone da Bacia Sedimentar do Araripe recebeu do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Brasília, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2007, pela ação de proteção, preservação e divulgação do patrimônio cultural do País.
Antes disso, em 2006, veio o reconhecimento internacional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que concedeu à Bacia do Araripe o primeiro selo Geopark não só das Américas como de todo o Hemisfério Sul. A exemplo do que ocorreu com os demais 53 geoparks do mundo, o selo veio dar maior visibilidade à riqueza existente sob o solo e estimular o desenvolvimento da pesquisa, do turismo e da cultura regionais.
Em 12 páginas, a repórter Maristela Crispim e o fotógrafo Cid Barbosa aprofundaram em textos e imagens o que puderam apurar nos 11 dias de intenso trabalho na Bacia Sedimentar do Araripe. Juntos, visitaram localidades de nove diferentes municípios, fizeram mais de 3 mil registros fotográficos e produziram um extenso material resultante de entrevistas com especialistas, estudantes, autoridades, visitantes, moradores e trabalhadores da região em questão.
O lado bom da aventura — como a descoberta de que determinados fósseis, devido ao bom estado de preservação, podem permitir a reconstituição de cadeias alimentares de 110 milhões de anos atrás — e o ruim — a exemplo do tráfico, que leva clandestinamente para os quatro cantos do mundo exemplares dessa riqueza; e de outros atos inconseqüentes, como a poluição que destrói o espaço — foram amplamente mostrados no caderno especial de outubro passado.
Mais informações:
Exposições Geopark Unesco e Museu de Paleontologia de Santana do Cariri
30/10 a 23/11
No Centro Dragão do Mar
Automobilismo vira arte em exposição
Artistas plásticos criam esculturas e pinturas com o tema F-1
Automobilismo também é arte. E 25 artistas plásticos se dedicaram a criar obras, entre pinturas e esculturas, que observassem o esporte por outro ângulo. A exposição "Arte na F-1", que está no Hotel Transamérica até o dia 12 de novembro, é o resultado deste desafio com curadoria de Paulo Solaris, que criou um presente especial para Felipe Massa: a escultura "Il Vincitore". A exposição temática é uma aposta do artista.
- Creio que esta é a melhor maneira de alcançar um bom resultado, pois sai da monotonia de certas exposições, que se tornam muito repetitivas e tiram totalmente o interesse das pessoas - explica Solaris, conhecido também por suas obras sobre Ayrton Senna.
Esculturas como uma pista com carrinhos de Senna, Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi, e a cabeça de um fã de F-1, cujos pensamentos podem ser vistos através da estrutura transparente prendem a atenção dos visitantes. A exposição é gratuita.
Globo.com



Portugal - Associação Algarvia de Pintores comemora 10 anos com exposição
É inaugurada amanhã, na Sala Farol do Hotel Faro, a exposição de trabalhos em porcelana da Associação Algarvia de Pintores.
A exposição, que conta com o apoio do município de Faro, estará patente até ao dia 2 de Novembro, e é uma iniciativa daquela associação sem fins lucrativos, que nasceu em Lagos no mês de Outubro de 1998, pelas mãos de um grupo de amantes desta arte.A Associação tem vindo a crescer ao longo destes dez anos, contando já com cerca de mais de uma centena e meia de associados.Esta será a terceira exposição a realizar em Faro e a sexta na região do Algarve.
Algarve Notícias



Porto Alegre-RS - Museu fará exposição de esponjas marinhas

Porto Alegre - Para comemorar os 53 anos do Museu de Ciências Naturais, a Fundação Zoobotânica do RS promove em uma das suas salas de Exposições, a mostra “Esponjas Marinhas da costa Sul – Brasileira: Caleidoscópio Natural”.
O Museu de Ciências Naturais foi criado em 5 de novembro de 1955 e tem como missão a conservação da biodiversidade do Estado.
Esponjas Marinhas
As esponjas marinhas surgiram há mais de 550 milhões de anos, no período Pré-Cambriano da Era Paleozóica. São organismos altamente evoluídos que se adaptaram e sobreviveram por mais tempo do que qualquer outro animal pluricelular. São constituídas de milhões de células, formando um mosaico espetacular de formas diversas e cores vibrantes. A maioria das esponjas tem esqueleto formado por fibras de colágeno com estruturas chamadas espículas, que se assemelham a pequenas agulhas e que podem causar irritação quando em contato com a pele. Apresentam ampla distribuição pelos oceanos e mares, ocorrendo no extremo sul do Brasil, ao largo da costa, em regiões profundas, onde o substrato do fundo é duro. A faixa litorânea do Paraná à Santa Catarina é extremamente rochosa, recortada por baías e enseadas, propiciando a presença de uma fauna de poríferos de águas rasas e quentes, sendo que muitas espécies ocorrem somente nesses locais.
Pela sua condição séssil (órgão fixado diretamente a parte principal de um ser vivo) e filtradora, as esponjas são importantes organismos na indicação de ambientes degradados. Participam na reciclagem do cálcio, tornando-o disponível para o crescimento dos recifes de corais, podendo apresentar simbiose com algas nitrificantes, participando, desta forma, na produção primária dos oceanos. Vivem geralmente fixas ao fundo marinho e, por isso, desenvolveram grande variedade de sistemas de defesa contra diversos predadores e parasitas. Isto faz com que sejam muito procuradas como abrigo por outros organismos, tais como bactérias, microalgas, invertebrados marinhos, e peixes. Por outro lado, produzem substâncias tóxicas que evitam a fixação de outros organismos sobre elas, bem como sua predação. Tais substâncias vêm sendo testadas pela indústria farmacêutica em todo o mundo, na busca de novos medicamentos com atividades antivirais, citotóxicas, antiinflamatórias, vasodilatadoras, antimicrobianas e antitumorais.
Pesquisa e acervo
A pesquisa em esponjas marinhas no Museu de Ciências Naturais teve inicio em 1975, com o objetivo de identificar e descrever as espécies da costa sul-brasileira. Conta atualmente com um acervo com mais de 3 mil exemplares, sendo a segunda maior coleção de esponjas marinhas da América do Sul.
Nos últimos 10 anos, o incremento da pesquisa básica resultou na descoberta e caracterização de novas espécies de esponjas. Com a participação de importantes parceiros nacionais e internacionais, a equipe do Laboratório de Poríferos Marinhas do Museu vem desenvolvendo pesquisas de bioprospecção, que possibilita verificar a bioatividade de algumas espécies, promissoras na inibição do crescimento de tumores sólidos malignos.
Programação
O que: Exposição Esponjas marinhas da costa Sul-brasileira – Caleidoscópio Natural. Esta é a primeira exposição, no Brasil, de fotos subaquáticas e de amostras de esponjas marinhas preservadas, que ilustram uma fauna ainda pouco conhecida na costa Sul-brasileira. As fotos são de espécimes que integram a Coleção de Poríferas do Museu de Ciências Naturais, a segunda maior da América do Sul. Representa a diversidade de formas e cores de esponjas marinhas encontradas tanto no infralitoral, como em grandes profundidades, além da plataforma continental, neste trecho do litoral brasileiro. O conhecimento das espécies e seu potencial bioativo visa a valorização da biodiversidade da costa sul-brasileira. A bioprospecção de algumas das espécies representadas nesta exposição tem despertado interesse para a pesquisa e produção de fármacos.
Quando: de novembro/2008 a maio/2009
Onde: Sala de Exposições do Museu de Ciências Naturais – Bairro Jardim Botânico (Rua Dr. Salvador França, 1427)
Abertura oficial: dia 04 de novembro, às 18h30min
O que: Palestra “A origem das espécies de Charles Darwin”
Quem: Dra. Ana Carolina Regner, UNISINOS
Quando: dia 05 de novembro, às 10h
Onde: Auditório do Jardim Botânico (Rua Dr. Salvador França, 1427)
Entrada franca
O que: Projeto Ciência na Praça - Mostra que apresenta os Ecossistemas Gaúchos, representados através de mini dioramas e banners, com a participação dos pesquisadores, técnicos, bolsistas e estagiários do Museu de Ciências Naturais.
Quando: dia 09 de novembro, das 10h às 16h
Onde: Parque Farroupilha, junto ao estacionamento, em frente à UFRGS.
O que: Workshop “Esponjas Marinhas: novas perspectivas para a saúde”.
Visa apresentar o histórico da pesquisa aplicada com esponjas marinhas da costa sul-brasileira, realizada em parceria entre o Museu de Ciências Naturais/FZB-RS, a Faculdade Farmácia da UFRGS e o Helmholtz Centre for Infection Research Chemical Microbiology Group, Alemanha. Os temas englobam as fonte de novos fármacos contra o câncer, atividades biológicas em extratos de esponjas marinhas e bioatividade dos microorganismos isolados das esponjas.
Quem: Dra. Cléa Beatriz Lerner – MCN/FZB-RS, Dr. Alexandre José Macedo – Faculdade de Farmácia (UFRGS), Dr. Mário Frota Jr. – Depto de Bioquímica (UFRGS), Dr. Roger Remy Dresch – Faculdade de Farmácia (UFRGS) e Dr. Wolf-Rainer Abraham – Helmholtz Centre for Infection Research, Alemanha.
Quando: dia 20 de novembro, das 13h30 às 17h30
Onde: Auditório do Jardim Botânico (Rua Dr. Salvador França,1427)
Entrada Franca
Museu de Ciências Naturais
Visitação pública: Salas de Exposições e Serpentário, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h e sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h (horário de verão)
Rua Dr. Salvador França, 1427 - Bairro Jardim Botânico
Fone: (51) 3320-2000 Fax: (51) 3336.3306
E-mail: museamb@fzb.rs.gov.br - Site: www.fzb.rs.gov.br


Ilha da Madeira - Centenas de crianças viram exposição sobre história do calçado
Dezenas de turmas das escolas básicas de S. João da Madeira visitaram a exposição “História do Calçado Através dos Tempos”, uma colecção de réplicas em barro de cerca de 60 modelos de sapato, da autoria de Manuel de Oliveira Pinho. A mostra recupera toda a história do calçado, desde o início dos tempos até ao século XX.
Até ao fim do mês, o artesão é também guia da sua exposição, tendo recebido até à última terça-feira 423 crianças. Durante a sua apresentação, Manuel Pinho salienta alguns pontos da história do calçado que poderão ter interesse para as crianças, como a origem da tradição de colocar o sapatinho na chaminé no Natal e a história do sapato que deu origem ao mito da Cinderela.
No fim da visita, o ex-empresário molda ao vivo uma miniatura de um sapato à escolha dos alunos. Mais tarde, Manuel Pinho levará às escolas uma réplica à escala do mesmo sapato.
A exposição “A História do Calçado Através dos Tempos” está integrada nas comemorações do Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Em S. João da Madeira, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares escolheu o dia 27 de Outubro para realizar actividades alusivas à efeméride.
As visitas decorrem até amanhã, 31, último dia da mostra. No final, perto de 500 crianças terão visto a exposição.
Um sapato pela tolerância
Na sequência da visita de uma turma da Escola de Carquejido, Manuel de Oliveira Pinho foi convidado a, no próximo dia 13 de Novembro, produzir ao vivo uma réplica em barro do sapato de Carlos XVIII, rei de França nascido com seis dedos em cada pé, que, por isso, viu-se na obrigação de encomendar sapatos de bico mais largo que o habitual. Por solidariedade ou chacota, a moda acabou por se espalhar pela Europa.
Esse sapato, presente na exposição “A História do Calçado Através dos Tempos”, dará o mote às comemorações do Dia Internacional da Tolerância que se celebra a 16 de Novembro. Os alunos produzirão réplicas do sapato de Carlos XVIII em argila.
Anabela S. Carvalho
Jornal Labor

Berlim - Arte: Exposição de Mariana Viegas sobre manipulação da Natureza pelo Homem
Berlim, 30 Out (Lusa) - A fotógrafa portuguesa Mariana Viegas expõe a partir de sábado na galeria IAC, em Berlim, fotografias e vídeos dedicadas ao tema da natureza e da sua transformação pelo Homem, em mostra intitulada "Inside/Outside Nature".
Em declarações à Lusa, Mariana Viegas revelou que na exposição será mostrado,por exemplo, um vídeo sobre a jaula de macacos do Tierpark, antigo Jardim Zoológico de Berlim-Leste, que reproduz uma paisagem de ruínas de templos gregos montada sobre escombros dos bombardeamentos da II Guerra Mundial.
"Só em Berlim é que encontramos estas camadas de acontecimentos que habitam a paisagem" referiu a fotógrafa portuguesa.
"Todas as paisagens são construídas com a memória disponível, e neste caso estamos perante uma clara referência, à II Guerra Mundial, mesmo que não seja intencional" acrescentou.
O convite para a exposição, com uma foto da referida jaula de macacos, intitulada "Why Monkeys do Not Make Good Pets" (Por que Os Macacos não São Bons Animais Domésticos), deixa clara a intenção da artista de denunciar a manipulação da paisagem e neste caso concreto a subjugação de outros animais pelos seres humanos.
A fotógrafa portuguesa já expôs em locais tão diferentes como Lisboa, Neubrandenburgo, Nova Iorque, Odivelas, Coimbra, S. Francisco, Rio de Janeiro e Valladolid.
Em Berlim, esta é a sua segunda exposição exposição colectiva, em conjunto com o fotógrafo alemão Karsten Klein, que aborda igualmente nas suas obras o tema da Natureza, ainda que numa perspectiva diferente.
Até 29 de Novembro, o público da capital alemã poderá assim apreciar os trabalhos mais recentes de Mariana Viegas, concebidos durante a sua estadia como artista-residente da GlogauAIR.
A GlogauAIR é uma instituição de utilidade pública que pretende fomentar encotnros entre diversas disciplinas artísticas e artistas de várias proveniências geográficas.
Além disso, o convite dirigido aos artistas destina-se a que estes possam examinar criticamente o seu trabalho, num quadro global, segundo revela a GlogauAIR no seu site na Internet.
Lusa

Londrina-PR - Museu de Arte abre exposição sobre Foto Clube
O Museu de Arte de Londrina abre nesta quarta-feira (29), a partir das 20h30, uma exposição fotográfica composta por cerca de 50 imagens produzidas pelos membros do Foto Clube de Londrina. O evento será realizado no próprio museu, na rua Sergipe, nº 640, no centro da cidade. A entrada é gratuita. A exposição recebe, também, o apoio da Diretoria de Patrimônio Histórico e Artístico Cultural da Secretaria de Cultura. De acordo com a diretora do Museu de Arte, Sandra Jóia, a mostra tem o objetivo de divulgar o expressivo trabalho fotográfico que o Foto Clube de Londrina realiza na cidade.
"O clube existe há 37 anos no município e permite que a arte fotográfica local chegue aos mais distantes pontos do território nacional e, também, internacional", destacou. Sandra explicou que as fotografias retratam, através do olhar de cada membro do Foto Clube, figuras e imagens conhecidas, como pontos de referência da cidade e locais de outras partes do país. "O trabalho exposto utiliza-se da linguagem poética e de conceitos diversificados produzidos durante todo este ano pelos membros do clube", explicou. O presidente do Foto Clube de Londrina, Mário Jorge de Oliveira Tavares, explicou o processo de seleção das 50 imagens que serão expostas. "Atualmente, cerca de 30 membros participam das reuniões do clube. Pedimos para que eles nos trouxessem as melhores fotos que foram produzidas durante este ano e, a partir disso, foram selecionadas as fotografias da mostra", observou. De acordo com ele, foi promovido, durante todo o ano de 2008, um trabalho muito extenso por parte do clube, com a realização de passeios fotográficos, concursos internos e diversas exposições. "Esta mostra vai ajudar a divulgar para comunidade um pouco do trabalho produzido pelos membros do Foto Clube", completou. Segundo Sandra Jóia, as imagens ficarão expostas à visitação até o dia 12 do próximo mês. Os interessados poderão visitar a mostra de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h. "É uma mostra fotográfica que reflete a importância do Foto Clube para a cidade e, por isso, merece ser visitada", ressaltou Sandra Jóia.
Paraná Online

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL - 31-10-2008

Pacatuba-CE : Edifícios a um passo de serem tombados
A procura da prefeitura em otimizar o potencial cultural de Pacatuba inicia mais uma ação. Através da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura (Funtec), que disponibiliza atividades como teatro, cinema, entre outros, o município procurou este mês a Coordenadoria do Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria de Cultura do Governo do Estado, solicitando uma visita técnica para que sejam avaliados os prédios históricos do município.
O objetivo da Funtec, juntamente com o Poder Executivo, é criar uma Lei que proteja esse patrimônio e, por conseguinte, que tombe os referidos prédios. O tombamento é uma garantia decisiva de preservação da história da cidade, pois os edifícios tombados não mais poderão ser demolidos ou terem sua estrutura inicial alterada. A iniciativa do tombamento também tem a intenção de conscientizar a população da importância do patrimônio histórico. A providência ainda viabiliza a vinda de recursos para a restauração dos edifícios, bem como a perpetuação da história política e cultural do município.
Em Pacatuba, vários são os edifícios com muita história para contar. Um deles é o situado na Rua Manoel Crisanto, 316, onde será instalado em breve o Instituto Eduardo Campos. No local, Rodolfo Teófilo aboliu a escravatura no município, em 2 de fevereiro de 1883. O Instituto, sem data prevista para inauguração, contará com café cultural, realização de palestras, encontros, seminários, fóruns, entre outras atividades.
A data da visita da Coordenadoria do Patrimônio Histórico à Pacatuba, para tratar da avaliação, ainda não foi definida. Segundo o coordenador de Cultura da Funtec, Emanuel Monteiro, enquanto o tombamento não é feito, os proprietários dos edifícios têm que se comprometer a cuidar do local. “É necessário também que haja o envolvimento de toda a sociedade, pois a população tem um papel fundamental na vigilância desse patrimônio", concluiu ele.
Fonte: Prefeitura Municipal de Pacatuba


São Paulo-SP - População ganha semana cultural gratuita
Semana Ticket é Cultura, em sua segunda edição, oferece acesso à cultura de qualidade à população paulistana.
Uma semana de inclusão cultural com museus, cinema, teatro, circo e apresentações musicais gratuitas na cidade de São Paulo. Esse é o objetivo da “Semana Ticket é Cultura”, promovida pela empresa líder no segmento de refeição e alimentação-convênio, a Ticket. Ela acontecerá, pela segunda vez, na capital paulista, em 35 locais – 28 deles localizados na periferia de São Paulo. As atividades acontecem de 1 a 9 de novembro, em comemoração ao Dia da Cultura, no dia 5 de novembro. A expectativa da companhia é levar acesso à cultura para 22 mil pessoas durante os nove dias.
“A Ticket sempre esteve voltada para o desenvolvimento de soluções que trouxessem benefícios aos trabalhadores brasileiros. Nossa meta é cada vez mais expandir o conceito de ‘acesso’ e promover uma verdadeira inclusão social, por meio da democratização da cultura, colaborando para o desenvolvimento pessoal e completo do indivíduo”, explica Gustavo Chicarino, diretor de Estratégia, Marketing e Produtos PAT da Ticket”. Segundo o executivo, essa ação foi motivada por um estudo do Ministério da Cultura, no qual mostra que 92% dos brasileiros nunca freqüentaram museus e apenas 13% vão ao cinema, ao menos, uma vez por ano. Ainda de acordo a Central do Circo, apenas 2% da população freqüentam os circos e 5% vão ao teatro. A pesquisa também detalha que a principal causa desse fenômeno é a falta de recursos financeiros.
Estão no roteiro diversas unidades do CEU (Centro Educacional Unificado), centros culturais e entidades de diversas localidades (ver lista abaixo). Completam o circuito espaços culturais tradicionais como o Museu da Arte Moderna (MAM) e a OCA - ambos no Parque do Ibirapuera -, Espaço R.Augusta com Caio Prado, Galeria Olido e Teatro Jaraguá - os três últimos localizados no Centro.
[ Programação completa no site: www.ticket.com.br/cultura].
Uma das novidades da segunda edição da Semana Ticket é Cultura será as oficinas circenses oferecidas pelo Circomunidade. Ao todos serão 14 atividades de técnicas circenses em sete lugares diferentes da cidade. O Circomunidade também apresentará espetáculos de circo-trapézio itinerante em cenário mutável, enquanto no Espaço R. Augusta com Caio Prado será montada uma lona, para o espetáculo da temporada 2008 do Circo Zanni. A música estará presente por meio do conjunto Pequiá, criado em 2007, com a proposta de fazer um resgate da música popular brasileira com arranjos e harmonias diferenciadas.
Também estarão em exibição, durante toda a semana, oito longas-metragens nacionais, sempre precedidos de um curta-metragem também brasileiro. A mostra tem o propósito de valorizar a produção nacional e tem o apoio da Associação do Audiovisual Paulista. Poderão ser vistos filmes como Polaróides Urbanas, A Dona da História e Trair e Coçar é só Começar. Para quem gosta de teatro, serão oito opções gratuitas de peças infantis, realizadas pela Mamberti Produções.
Participam ainda da Semana Ticket é Cultura o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e a OCA. O MAM receberá a mostra Smetak Imprevisto, uma exposição interativa que aborda a vida e obra de Anton Walter Smetak, músico nascido na Suíça e adotado oficialmente pela Bahia. Smetak transformou o fazer música em despertar consciências, o instrumento musical em Plástica Sonora, o pensamento em extravagante realidade textual, teatral e poética. Além da mostra Stemak, o MAM trará COVER = Reencenação + Repetição. Esta exposição explora a recriação de ícones da arte, movimentos artísticos e fatos históricos com obras inéditas brasileiras e internacionais. Já a OCA terá a exposição “MAM 60 anos” e apresentará pinturas, esculturas, desenhos, instalações, fotografias, performances, vídeos, gravuras e objetos alusivos aos sessenta anos do museuO encerramento do evento, no dia 9 de novembro, será marcado com diversas atividades culturais no Parque do Ibirapuera, que recebe milhares de pessoas todos os domingos. Lá, os visitantes poderão acompanhar as performances do circo-trapézio em uma apresentação única, às 15h, na Praça da Marinha (entre a Marquise e o Portão 10) . Também, no mesmo local, às 10h e 14h, poderão assistir à peça Tarde das Palhaçadas, que traz de volta a magia do universo infantil. E no auditório do MAM, a partir das 11h30, apresentação da peça teatral “E se as Histórias fossem Diferentes?” e ao filme “Garoto Cósmico”.
Para divulgar a segunda Semana Ticket é Cultura, a Ticket investirá em uma campanha integrada que envolve folders, cartazes distribuídos nas localidades próximas de onde acontecerão as apresentações, banners, e-mail marketing e um hotsite exclusivo com todo o conteúdo informativo e programação do evento (www.ticket.com.br/cultura). “Toda a campanha reforça nosso posicionamento orientado para a construção de um futuro melhor baseado no bem-estar global dos indivíduos. Por isso nossa meta é promover o acesso das diversas expressões da arte brasileira àqueles que nunca tiveram oportunidade de apreciá-los”, afirma Rodrigo Cândido, gerente de Marca e Comunicação Institucional.
1ª Semana Ticket é Cultura - A estréia da Semana Ticket é Cultura, em 2007, proporcionou acesso a cultura para mais de 15 mil pessoas. Este resultado superou em três vezes a expectativa de público e levou oito mil visitantes aos museus Pinacoteca, Estação Pinacoteca e MAM, e outros sete mil espectadores à Mostra Ticket de Cinema. Com isso, a população de São Paulo teve a possibilidade de assistir a grandes produções do cinema brasileiro e estar diante de algumas das mais importantes obras de arte do mundo. “A Semana Ticket é Cultura foi mais um projeto pioneiro da Ticket, cujo sucesso está refletido no resultado da 1ª edição. Para 2008, além de aumentar o número de participantes estamos levando à população de São Paulo novas atrações culturais, como teatro, circo e música, além de ampliar também a quantidade de locais, o que facilitará ainda mais o acesso”, conclui Rodrigo Cândido.
Perfil d a Ticket - Presente no Brasil desde 1976, a Ticket conquistou a liderança histórica do setor de refeição-convênio, com o Ticket Restaurante. Nestes 32 anos de atuação no País, a empresa também ampliou seu leque de atuação, com o lançamento de produtos inovadores como o Ticket Alimentação, Ticket Car e Ticket Transporte.
Com abrangência nacional, a Ticket atende a 53 mil empresas-clientes e 5,3 milhões de usuários por meio de uma rede de 280 mil estabelecimentos credenciados nos 4,8 mil municípios brasileiros.
A Ticket é uma empresa Accor Services – que integra as empresas Ticket, Ticket Seg, Accentiv´ e Build Up - braço de serviços do grupo Accor no Brasil, grupo mundial e líder europeu no segmento de hotéis e serviços, presente no País há 32 anos.

Portal Fator


Mato Grosso - Ministro da Cultura cancela visita e convênios não serão assinados
A assinatura de convênios entre o ministro da Cultura Juca Ferreira com o secretário estadual de Cultura, Paulo Pitaluga Costa e Silva, e a secretária Adjunta, Francielle Leão, no programa 'Mais Cultura', programada para amanhã, não será mais realizada. O motivo, segundo a assessoria do ministério, deve-se ao cancelamento da vistiva de Juca ao Estado, por problemas de agenda.
Uma nova data deve ser agenda para novembro. O programa prevê a criação e modernização de centenas de bibliotecas, a implementação de cerca de dois mil Pontos de Cultura, a criação de linhas de financiamento para micro e pequenos projetos culturais, além de operações de microcrédito e ações para a ampliação do acesso da população aos bens e serviços culturais.
Só Notícias


Curitiba-PR - FCC inicia cadastramento de entidades culturais
Estão abertas na Fundação Cultural de Curitiba as inscrições para cadastramento das entidades que integram a comunidade artística e cultural organizada. O cadastramento servirá para que as entidades possam indicar nomes às Comissões do Fundo Municipal da Cultura e do Mecenato Subsidiado, ao Conselho Municipal da Cultura e a outros órgãos colegiados que venham futuramente a ser criados.
O prazo para as entidades que pretendem indicar nomes para a comissão do Fundo Municipal da Cultura encerra no dia 7 de novembro de 2008. De acordo com o edital n.º 184/2008 da FCC, essas entidades, desde que devidamente cadastradas, "estarão aptas para indicar nomes às Comissões do Fundo Municipal da Cultura, do Mecenato Subsidiado, para o Conselho Municipal da Cultura e outros órgãos colegiados que venham futuramente a ser criados e que guardem compatibilidade com o procedimento de composição ora fixado".
Para o processo de renovação da composição da Comissão do Fundo Municipal da Cultura, no ano de 2008, o cadastramento de entidades encerra no próximo dia 7.
Quanto aos demais órgãos colegiados, o cadastramento deverá ser efetivado no prazo de até 15 dias antes "à data da composição inicial ou renovação de mandatos dos respectivos membros, consoante comunicado a ser divulgado pela Fundação Cultural de Curitiba em seu sítio eletrônico ou outro meio de comunicação".
Os interessados devem procurar o Serviço de Protocolo Geral da Fundação Cultural de Curitiba, à rua Engenheiros Rebouças, 1732, no bairro Rebouças. O edital e a lista de documentos solicitados das entidades e de seus representantes legais podem ser encontrados no endereço eletrônico
http://www.fccdigital.com.br/, no link leis/editais (lei de incentivo/cadastro de entidades).
Paraná on Line

Ilha da Madeira - Fórum da Cultura começa hoje
Hoje e amanhã, o Madeira Tecnopólo acolhe o I Fórum da Cultura na Madeira, no qual vários conferencistas convidados vão discutir a Cultura na Madeira, com destaque para Simonetta Luz Afonso, António Pinto Ribeiro e António Camões Gouveia.A sessão de abertura do I Fórum da Cultura na Madeira, às 09h30 de hoje, será presidida pelo secretário regional de Educação e Cultura, Francisco Fernandes, e acontecerá dia 30 de Outubro.

Jornal da Madeira

Marcadores: , ,

PODE CRER, É VERDADE - 31-10-2008

Segurança no trabalho, como eu já disse, é muito importante


Rio sedia pela 1ª vez disputa de arremesso de ovo
O Brasil sedia pela primeira vez uma competição de criatividade contra a gravidade. O desafio Red Bull Gravity Challenge acontece amanhã, na PUC-RJ, a partir das 13 horas. Os participantes precisam construir um projeto com no máximo 1 m³ e 5 kg que não deixe seu ovo sofrer qualquer rachadura ao aterrissar.
Além da criatividade, que vale seis pontos e será avaliada pelos jurados, é preciso boa mira para acertar o alvo colocado no chão. O grande vencedor recebe um prêmio surpresa.
As equipes são formadas por membros da universidade com no máximo três participantes. Um deles sobe no guindaste e joga o ovo. Se ele tocar o chão dentro da área de pouso, o grupo recebe 6 pontos. Se não for o caso, apenas metade dos pontos será dada.
Redação Terra


Romeno coloca mulher à venda em site de carros usados
Uma mulher romena de 25 anos que neste momento está na Espanha para trabalhar talvez não saiba que seu marido a colocou "à venda" no site de carros usados okazii.ro, informou a emissora romena Antena 3.
Alex Cretu, 20 anos, pediu inicialmente 3 milhões de libras esterlinas (US$ 4,83 milhões) pela mulher, mas, diante da falta de "ofertas", baixou o "preço" até 3 mil libras esterlinas (US$ 4,830 mil).
"Esposa à venda. Modelo 1983, em boas condições. Tem todo o equipamento necessário, boas suspensões, e é espaçosa", descreveu o marido no site.
Afirmou também que "este é o segundo proprietário. O preço é negociável. No preço estão incluídos também acessórios de três e cinco anos (em referência aos filhos). Solicito seriedade".
Alex Cretu disse à Antena 3 que colocou esse anúncio porque estava cansado das brigas e sermões da esposa, por isso queria fazer uma piada.
O homem esperou que sua mulher fosse para a Espanha para poder publicar o anúncio sem que ela soubesse, segundo a emissora.
EFE

Paquistão declara javalis seus "inimigos públicos"
As autoridades do Paquistão declararam guerra aos javalis, depois que os animais selvagens invadiram uma zona de segurança máxima na capital, Islamabad.
Dezenas de animais já foram mortos a tiros, ou envenenados, na campanha, que está centralizada no palácio presidencial e seu entorno.
Os javalis habitam as densas florestas em torno de Islamabad. A cidade fica em um vale no sopé dos Himalaias, o que garante a eles cobertura perfeita.
Os animais passaram a ser considerados inimigos públicos nos últimos anos, depois de terem causado sérios acidentes e danos a propriedades.
Aumento da população"Nós começamos a campanha depois que javalis se infiltraram na zona verde em volta do palácio presidencial", disse à BBC Raja Mohammad Javed, diretor da autoridade de Desenvolvimento da Capital.
"Até agora já foram mortos 18, só nos campos do palácio presidencial."
"A população realmente cresceu, e também há muitos javalis na residência do primeiro-ministro", disse Javed.
Mas, por enquanto, a campanha está centralizada na residência do presidente.
Segundo as autoridades, os moradores de Islamabad são responsáveis pelo aumento da população de javalis, por jogarem lixo em terrenos baldios, atraindo os animais.
"Nós contratamos caçadores para matar os javalis, e eles são acionados cada vez que recebemos uma queixa", disse Javed.
Segundo o diretor da autoridade de Desenvolvimento da Capital, também foram emitidas licenças especiais de caça para alguns cidadãos afetados e diplomatas estrangeiros.
As autoridades disseram que não há uma estimativa de quantos javalis vivem na capital e arredores.
BBC Brasil

Jesus Cristo assina diploma na Igreja Universal
A Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada a devolver ao fiel Edson Luiz de Melo todos os dízimos e doações feitas por ele. De acordo com o processo movido por sua mãe, Edson, que é portador de enfermidade mental permanente, passou a freqüentar a igreja em 1996 e desde então era induzido a participar de reuniões sempre precedidas e/ou sucedidas de contribuição financeira.
Segundo o advogado que representou o fiel, Walter Soares Oliveira, a quantia total a ser restituída será apurada com base nas provas, mas certamente ultrapassará os R$ 50 mil. Além de devolver as doações, a Igreja Universal ainda terá de indenizar o fiel em R$ 5 mil por danos morais.
No processo consta que "promessas extraordinárias" eram feitas na igreja, em troca de doações financeiras e dízimo.
Teria sido vendida a Edson Luiz, por exemplo, a "chave do céu".
A vítima também recebeu um "Diploma de Dizimista" assinado por Jesus Cristo.
Com isso, as colaborações doadas mensalmente chegaram a tomar todo o salário do fiel, que trabalhava como zelador.
Em virtude do agravamento de sua doença, Edson foi afastado do trabalho, quando então passou a emitir cheques pré-datados para fins de doação à igreja. Ele ainda fez empréstimos em um banco e vendeu um lote por um valor irrisório, para conseguir manter as doações à instituição religiosa.
A decisão ainda cabe recurso judicial.
Portal Uai

Marcadores: , ,

HÁ! HÁ! HÁ! RI, DE QUÊ? - 31-10-2008

Correntes? Nunca mais!
Estive fazendo um levantamento de todas as baboseiras que me enviaram pela Internet e observei como elas mudaram a minha vida:
Primeiro deixei de ir a bares e boates com medo de me envolver com alguém ligado a alguma quadrilha de ladrões de órgãos e que me roubem as córneas.
Assim deixei também de ir ao cinema com medo de sentar-me em uma poltrona com seringa infectada com o vírus da AIDS.
Depois parei de atender ao telefone para evitar que me pedissem para digitar *9 e minha linha ser clonada e eu ter de pagar uma conta telefônica astronômica.
Acabei dando o meu celular porque iriam me presentear com um modelo mais novo da Ericson que nunca chegou. Então tive de comprar outro, mas abandonei-o em um canto com medo que as microondas me dessem câncer no cérebro.
Deixei de comer vários alimentos com medo dos estrógenos.
Parei de comer hambúrgueres porque eles não são mais que carne de monstros horríveis sem olhos, cabeludos e cultivados em um laboratório.
Parei de beber Coca-Cola, porque, como derrete até aço, poderia furar meu estômago.
Deixei de ter relações sexuais por medo de comprar preservativos furados que me contagiem com alguma doença venérea.
Aproveitei e abandonei o hábito de tomar qualquer coisa em lata para não morrer pela urina de um rato.
Deixei de ir aos shoppings com medo que seqüestrem a minha mulher e a obriguem a gastar todos os limites do cartão de crédito ou coloquem alguém morto no porta malas do automóvel dela.
Eu também doei todas minhas poupanças à conta de Brian, um menino doente que estava a ponto de morrer umas 700 vezes no hospital.
Participei arduamente de uma campanha contra a tortura de alguns ursos asiáticos que tinham a bílis extraída, e contra o desmatamento da floresta amazônica.
Fiquei praticamente arruinado financeiramente por comprar todos os antivírus existentes para evitar que a maldita rã da Budweiser invadisse o meu micro ou que os teletubies se apoderassem do meu protetor de tela.
Deixei de fazer, beber e comer tantas coisas que quase morro desnutrido.
Cansei de esperar junto à minha caixa de correio os US$ 150.000 que a Microsoft e a AOL me mandariam na participação de rastreio de e-mails enviados. Nem tampouco chegou o telefone Ericson muito menos a passagem para a Disneylândia.
Quis fazer o meu testamento e entregá-lo ao meu advogado para doar os meus bens para a instituição beneficente que recebe um centavo de dólar por cada pessoa que anota seu nome na corrente pela luta da independência das mulheres no Paquistão, mas não pude entregar porque tive medo de passar a língua sobre a cola na borda do envelope e me contaminar com o antraz, ou baratas incubadas nele, segundo haviam me informado por e-mail.
Também não ganhei um milhão de dólares, um Porsche e nem fiz sexo com a Nicole Kidman, que foram as três coisas que pedi como desejo quando recebi e encaminhei o Tantra Mágico enviado pelo Dalai Lama lá da Índia.
E como se não bastasse acabei acreditando que tudo de ruim e de injusto que me aconteceu é porque quebrei todas as correntes ridículas que me enviaram e acabei sendo amaldiçoado.
Resultado: estou em tratamento psiquiátrico.
NOTA IMPORTANTE: Se você não enviar esta mensagem a pelo menos 10 pessoas, nada irá te acontecer. No entanto, as mentiras e baboseiras continuarão infernizando a sua vida em 2009 por falta de informação e esclarecimento.
Recebido por e-mail
Estava Deus com Adão tentando criar uma companheira para viver com ele, ou seja uma mulher. Diz Deus para Adão:
- Vou criar alguém simples, lindo, sensível, preocupado mas acima de tudo inteligente.
- E quanto que isso me vai custar?????
- Bem, um braço, uma perna, um fígado, e um rim.
- Veja lá o que podes fazer por uma costela????
§
Um engenheiro estava atravessando uma estrada um dia, quando um sapo o chamou e lhe disse:
- "Se me beijar, me transformarei em uma formosa princesa".
O engenheiro se inclinou, pegou o sapo e o colocou no bolso. O sapo voltou a falar, e disse:
- "Se me beijar para que me transforme em uma formosa princesa, ficarei com você durante uma semana".
O engenheiro tirou o sapo do bolso, sorriu para ele e voltou a coloca-lo no bolso. Então o sapo gritou:
- "Se me beijar eu me transformarei em uma formosa princesa, ficarei com você e farei tudo o que quiser."
Outra vez o engenheiro pegou o sapo, sorriu para ele e o colocou de novo no bolso. Finalmente o sapo perguntou:
- "O que está acontecendo? Eu disse que sou uma formosa princesa, que ficarei com você por uma semana e farei tudo o que quiser. Por que você não me beija?"
O engenheiro disse:
- "Veja, eu sou um engenheiro. Não tenho tempo para namoradas, mas um sapo que fala, isso deve render um bom dinheiro!...
§
Um padre vai ao barbeiro, cortar o cabelo e agradece ao barbeiro perguntando-o quanto tem que pagar.O barbeiro diz :
- Padre, o Senhor é um homem santo, um clérigo, eu não posso cobrar nada, fica por conta da casa.
E no dia seguinte, magicamente, aparecem 12 moedas de ouro na porta da barbearia.
Alguns dias depois, um monge budista vai a barbearia e quando tenta pagar o barbeiro diz:
- Sem dinheiro, por favor, o senhor é um líder espiritual, um homem do povo, é por conta da casa.
E magicamente, no dia seguinte o barbeiro encontra 12 rubis em sua porta.
Mais alguns dias, um rabino vai cortar o cabelo, e quando vai pagar o barbeiro diz:
- Não Rabino, o senhor é um homem sábio, instruído, fica por conta da casa.
E, no dia seguinte, magicamente, aparecem na porta da barbearia 12 rabinos.
§
O garoto chega em casa e diz à mãe:
- Sabes, mãe... Hoje meti dinamite debaixo da cadeira da professora...
- Ah! Vai já à escola pedir desculpas à tua professora!
- Mas... Qual escola?




Marcadores: , ,

COMES & BEBES - 31-10-2008

Arroz-de-hauçá
O arroz-de-hauçá é um prato tipicamente baiano, introduzido aqui pelos escravos negros hauçás. Consiste numa coroa de arroz empapado ao leite de côco, com carne seca acebolada no meio, coberto com molho de camarão seco defumado ao dendê. Dessalgue a carne seca de véspera, cozinhe, desfie e refogue com cebola à juliene e manteiga de garrafa. Reserve.
Doure cebola branca ralada na manteiga de garrafa, acrescente arroz branco, refogue e vá juntando uma mistura de leite de côco com creme de arroz (1 colher de sopa rasa de creme para 1 litro de leite de côco), tudo em fogo baixo. Vá mexendo sempre, acrescente sal a gosto e complete com água suficiente até cozinhar. Você vai obter um delicioso arroz empapado com gosto de leite de côco. Reserve.
Escalde ligeiramente o seu camarão seco defumado, por uma ou duas vezes a depender do sal. Doure cebola no azeite de dendê, acrescente os camarões, refogue um pouco em fogo baixo, some um pouco de manteiga de garrafa e leite de côco, até obter uma mistura bem hidratada. Reserve.
Hora de juntar tudo: coloque o arroz numa cumbuca em forma de coroa, com um buraco no meio, onde você vai encaixar a carne seca. Agora cubra o arroz com o molho de camarão e coroe o prato com coentro picado (opcional).
Coma de olhos fechados e você será transportado a uma senzala.
http://www.rainhasdolar.com/index.php?blogid=1&archive=2007-04


Forminha de abacaxi com gelatina de ricota



Ingredientes:
gelatina de abacaxi

3 rodelas médias de abacaxi fresco picadas
1 envelope (14 g) de gelatina light sabor abacaxi
gelatina de ricota
1 envelope (12 g) de gelatina em pó incolor e sem sabor
1/2 xícara (chá) de ricota amassada
1 xícara (chá) de leite desnatado
8 colheres (sopa) de leite em pó desnatado
1 colher (sopa) de adoçante para culinária

Modo de Preparo:
Gelatina de abacaxi:
leve ao fogo uma panela com o abacaxi e 1 xícara (chá) de água. Cozinhe por 15 minutos, ou até o abacaxi ficar macio, mas sem desmanchar. Retire do fogo, despeje a mistura numa peneira, aparando o caldo numa tigela. Reserve o abacaxi. Dissolva a gelatina light de abacaxi no caldo de cozimento ainda quente, mexa e acrescente mais 200 ml de água. Distribua o abacaxi reservado no fundo de 6 forminhas individuais (de preferência de silicone, para facilitar na hora de desen¬formar), com capacidade para 200 ml cada uma, umedecidas. Despeje por cima a gelatina e leve à geladeira por 1 hora e 30 minutos, ou até endurecer.
Gelatina de ricota:
leve ao fogo uma panela com 200 ml de água até ferver. Acrescente a gelatina sem sabor e mexa até dissolver. Deixe amornar por 5 minutos e coloque no liquidificador. Junte a ricota, o leite, o leite em pó e o adoçante e bata por 1 minuto. Despeje nas forminhas em cima da gelatina de abacaxi e leve novamente à geladeira por 2 horas, ou até ficar firme. Desenforme, deixando os pedaços de abacaxi para cima e, sirva em seguida.
Revista Menu

Marcadores:

VIDEOS - 31-10-2008



A loira e as batatas fritas
video

Marcadores:

30 outubro, 2008

PLAQUINHA DE HOJE - 30-10-2008

Série: Filosóficas
"JUSTIFICATIVA É COISA DE PERDEDOR,
ENQUANTO UM EXPLICA O CAMPEÃO COMEMORA!

Marcadores:

ATUALIDADES - 30-10-2008

Bovespa se recupera e volta a subir quase 5%
A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) voltou a subir cerca de 5% nesta quarta-feira, depois de reduzir os ganhos do início dos negócios após a abertura negativa das bolsas americanas. Às 14h43, o Ibovespa, principal índice do mercado, tinha valorização de 4,84%, aos 35.004 pontos.
Nos Estados Unidos, as ações de Wall Street eram negociadas com comportamento misto, à medida que investidores realizavam lucros depois da alta de 10% na véspera. No mesmo horário, o Dow Jones, principal referência da bolsa de Nova York, tinha leve alta de 0,3%, enquanto o termômetro de tecnologia Nasdaq caía 0,3% e o S&P 500 tinha perdas de 0,22%.
O Comitê de Política Monetária do Banco Central (BC) também anuncia hoje a decisão sobre a taxa de juro básica (Selic). Ainda na esteira de recuperação da véspera, as bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira. Na Europa, o índice FTSEurofirst 300 registrava alta de 6,73%.
"As apostas do mercado, apesar de um pouco divididas, são de redução da Selic. Além disso, o cenário interno melhorou um pouco com os bancos antecipando balanços e mostrando o que têm e o que não têm (em exposição a derivativos cambiais). Isso tranquilizou um pouco", afirmou Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da corretora Souza Barros.
Saiba maisO mercado acompanha de perto o desempenho do Ibovespa porque este é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. O índice retrata o comportamento dos principais papéis negociados na bolsa. A pontuação do Ibovespa aumenta na medida em que sobe o valor das ações.
Terra
Google, Yahoo! e Microsoft se unem pela liberdade de expressão
San Francisco, 28 out (EFE).- Várias companhias do setor tecnológico, entre elas Google, Yahoo! e Microsoft, anunciaram hoje sua adesão a uma iniciativa chamada Global Network para garantir a liberdade de expressão e privacidade contra intromissões governamentais.
Assim, as empresas participantes se comprometem a evitar e minimizar o impacto das restrições impostas pelos Governos.
O Yahoo! explicou, em comunicado, que o acordo servirá de guia para que as companhias "protejam e promovam a liberdade de expressão e a privacidade em todo o mundo quando houver leis e políticas que interfiram nos direitos humanos".
"O Yahoo! foi fundado sobre a idéia de que o acesso à informação melhora a vida das pessoas, e os princípios que publicamos hoje refletem a determinação de que nossas ações correspondam com nossos valores em todo o globo", disse Jerry Yang, co-fundador e executivo-chefe da empresa.
O Yahoo! foi muito criticado em 2004 por colaborar com as autoridades chinesas na identificação de Shi Tao, um jornalista que tinha utilizado sua conta de e-mail para denunciar a censura de imprensa no país e que hoje cumpre pena de dez anos.
A iniciativa é fruto de dois anos de negociações e dela participam também algumas organizações de defesa dos direitos humanos como a Human Rights Watch e as empresas européias de telecomunicações France Telecom e Vodafone.
Globo.com

Marcadores:

EXPOSIÇÕES - 30-10-2008

Curitiba-PR - Exposição sobre Darwin tem animais do Zôo de Curitiba
A exposição sobre Charles Darwin, criador da teoria da evolução das espécies, aberta nesta quinta-feira (23) na Universidade Positivo, conta com animais do Zoológico Municipal de Curitiba. Um casal de jabutis e três tartarugas tigres d'água foram emprestados para compor a exposição, aberta até 30 de novembro.
"É uma honra para a Prefeitura colaborar com uma exposição tão importante e relevante como esta, que é também uma grande oportunidade da população se aproximar de maneira prática da ciência natural", diz o diretor do Zoológico, Marcos Traad.
Originária do American Museum of Natural History, de Nova Iorque, a exposição passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Goiás. No Brasil, a exposição foi adaptada pelo Instituto Sangari e, em Curitiba, é promovida pela Universidade Positivo e pela empresa Monsanto, com o apoio da Prefeitura. A mostra terminará em Londres, em 2009, para as comemorações dos 200 anos de nascimento de Darwin.
Cerca de 3.800 crianças das escolas municipais de Curitiba terão a oportunidade de conhecer de perto a trajetória do "pai" da teoria da evolução das espécies. A visita à exposição faz parte dos trabalhos da Feira de Ciência e Tecnologia que está acontecendo no parque Barigüi.
Um dos destaques da exposição são os animais vivos e as plantas, que reconstituem o ambiente da América do Sul, estudado pelo naturalista durante sua viagem pelo mundo a bordo do navio HMS Beagle.
Serviço
Exposição Charles Darwin
Universidade Positivo - Rua Pedro Viriato Parigot de Souza - Campo Comprido
Informações:
www.darwinbrasil.com.br
Telefone: 0300 789 0002

Parana on Line

Piracicaba-SP - Exposição: magia da arte na Casa do Médico
Atelier realiza mostra na Casa do Médico a partir da próxima segunda-feira.
A magia das cores e formas é tema de exposição realizada pelo Atelier Geraldo Nascimento, com Vernissage prevista para próxima segunda-feira (3), a partir das 19 horas, na Casa do Médico - localizada na Avenida Centenário, 546. A realização da mostra, como explica o artista plástico Geraldo Nascimento, já é tradicional, por dar vazão à vontade dos alunos em divulgarem os trabalhos realizados durante o ano.
"Cada aluno gosta de ter a oportunidade de divulgar aos amigos e familiares o que foi feito no atelier", explica Nascimento. São 36 obras nesta terceira edição da exposição, que acontece pela primeira vez na Casa do Médico - as outras duas aconteceram no Sindicato dos Bancários e Supérfluo Boutique. "O interessante da mostra é a sua diversidade, por conta dos diferentes estilos adotados pelos alunos", completa.Nada melhor do que a diversificação de escolas artísticas para retratar o universo em suas mais diferentes facetas.
São trabalhos que enfocam uma arte ora moderna, ora clássica ou ora naïf. Tem para todos os gostos. "Cada um pinta da forma que achar que lhe toca mais, explorando as possibilidades que melhor lhe agradam e, assim, construindo um jogo de identificação", relata Nascimento.Flores, casarios, paisagens bucólicas e corpos são alguns dos retratos que povoam esse universo de representação artística, principalmente utilizando-se da técnica do óleo sobre a tela. "Mas, a regra é não ter regras.
Eu mesmo acabei de fazer um trabalho para o Consulado de Israel em que tive que aprender muito sobre o Antigo Testamento para entender algumas questões. Foi gratificante".É a magia das cores e formas em sua plenitude. São misturas das cores resultam nos mais diversos tons e matizes que colorem o mundo visível. Há ainda os que creditam às cores uma influência sobre as pessoas de forma física, mental, emocional e até espiritual. Já as formas são responsáveis por "hipnotizar" as pessoas que se deparam com os trabalhos, ao criarem pirâmides, cubos, quadrados, triângulos e demais figuras que captam a atenção em instantes.
EXPERIÊNCIA.
Leda Senatore é uma das alunas do atelier. Há oito anos pintando "um pouco de tudo", como ela mesma se refere, a artista diz já ter trabalhado em mais de mil quadros durante todo este tempo.
São exemplares artísticos de estilo acadêmico, clássico ou com técnicas do Impressionismo pintados quase que diariamente por Leda. "Gosto demais de fazer isso. É minha paixão e venho para cá de segunda a sexta-feira", declara. Na exposição da próxima semana, Leda teve dois trabalhos selecionados, em um estilo pouco conhecido, chamado "Coréia do Sul". "É algo diferente, baseado em um naïf floral".
SERVIÇO
Entrada grátis
A exposição "Magia das Cores e Formas", do Atelier Geraldo Nascimento, pode ser acompanhada a partir do próximo dia 4 até o dia 31 de novembro, na Casa do Médico - localizada na Avenida Centenário, 546.
FELIPE RODRIGUES
Gazeta de Piracicaba

Rio de Janeiro - Bangu Shopping promove exposição permanente sobre o bairro

Evento marca o primeiro aniversário do Shopping.
Prestando uma homenagem à história do bairro, o Bangu Shopping realiza a exposição permanente “Bangu: Ontem, Hoje e Sempre”. Em parceria com o Grêmio Literário José Mauro de Vasconcelos - entidade que cuida da preservação do patrimônio cultural de Bangu, o evento será inaugurado oficialmente no primeiro aniversário do Shopping, dia 30 de outubro.
A exposição contará com 37 fotos em preto e branco, de 80 cm por 60 cm, que retratam as antigas ruas do bairro, o Cassino Bangu, a Paróquia de São Sebastião e Santa Cecília, fotos aéreas, entre outras.
Nos corredores do shopping, as pessoas poderão ver imagens históricas, como a inauguração da Fábrica de Tecidos Bangu, em 1893; eventos das décadas de 30 e 50, como os famosos desfiles Miss Elegante Bangu no Copacabana Palace; a visita de Getúlio Vargas à Fábrica; e a inauguração do hospital Guilherme da Silveira.
A exposição permanente acontece de segunda a sábado das 10h às 22h e domingos e feriados das 12h às 21h, nos corredores do Shopping.
Um pouco da história - No início do século XX, com o processo de industrialização do Brasil, foi instalada em Bangu a Companhia Progresso Industrial do Brasil, conhecida como Fábrica de Tecidos Bangu, uma grande indústria de capital inglês. Em seu terreno, foram edificados, além da fábrica, a vila operária, um cassino recreativo, hoje Bangu Atlético Clube, e a Paróquia de São Sebastião e Santa Cecília, que foi construída em substituição à capela que lá existia.
Reconhecido como Patrimônio Histórico Nacional, em 1995, o prédio original da Fábrica de Tecidos Bangu, construído em 1891, foi inspirado num padrão de arquitetura industrial tipicamente inglês denominado Britânica Manchesteriana, que se caracteriza por apresentar fachadas com tijolos aparentes vermelhos de estrutura sóbria e pesada em planos simétricos.
Em 30 de outubro de 2007 foi inaugurado em suas instalações, o Bangu Shopping com 200 lojas, um complexo de cinema CineSystem com seis salas – totalizando 1,4 mil lugares – e o Centro Universitário Unisuam. Na ancoragem, Lojas Americanas, Leroy Merlin, Leader Magazine, Casas Bahia, Casa & Vídeo, C&A, Ponto Frio e CineSystem. São 43,3 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL) dentro de uma área total de 140 mil metros quadrados. Fotos: Estação de trem de Bangu em 1936; Peças de tecido para exportação; Operários no dia da inauguração da Fábrica Bangu em 8 de março de 1932 e visita do presidente Getúlio Vargas à Fábrica Bangu em 1936
Exposição: “Bangu: ontem, hoje e sempre” Permanente, de segunda a sábado das 10h às 22h. Domingos e feriados das 12h às 21h Público: Livre – Gratuito Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240, Bangu, Rio de Janeiro (RJ). Telefone (21) 3423-9234.
Fator Brasil

João Pessoa-PB - Exposição na Casa da Pólvora traz novo olhar sobre Cuba
Os amantes da fotografia terão a oportunidade de conferir, nesta quinta-feira (30), a partir das 18h, na Casa da Pólvora, a abertura da exposição fotográfica ‘Cuba, Um Outro Olhar’, da
artista plástica, arquiteta e pesquisadora Cida Lemos. No mesmo dia, às 14h, acontece a palestra ‘O olhar fotográfico: uma apreciação estética sobre o ato de fotografar’, ministrada por Cida. A promoção é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMPJ), por intermédio da Fundação Cultural (Funjope).
A abertura do evento será marcada por apresentações de músicos da Associação dos Violinistas da Paraíba, além da instalação de um estande do Sebo Cultural, onde ficará exposto material bibliográfico relacionado a Cuba.
A exposição, que permanece em cartaz até o dia 15 de novembro, já percorreu alguns países com a intenção de mostrar uma Cuba que muitos não conhecem, com seus aspectos arquitetônicos, sua cultura e sua gente. As 40 fotografias enfocam a capital Havana numa semana histórica, quando o ex-presidente Fidel Castro renunciou ao cargo que ocupava há 49 anos e, segundo a autora, o momento foi marcante, mas nada conturbado.
O tão polêmico país do Caribe, quase sempre registrado em sua face mais sofrida, devido às tantas dificuldades econômicas advindas do embargo econômico que sofreu após a revolução de 1959, é revelado em toda a sua complexidade pelas lentes de Cida.
A mostra apresenta as imagens de forma didática, com textos explicativos escritos em português e em espanhol. As fotos têm imagens aquareladas com poucos contrastes de luz e sombra, o que confere uma atmosfera de
poesia.
Sem buscar o preciosismo fotográfico e a
perfeição técnica, o conjunto ‘Cuba, Outro Olhar’, é um documento sobre o momento histórico de uma nação tão pequena e ao mesmo tempo tão falada, discutida e, principalmente, cantada.
A autora – Cida Lemos teve sua formação artística realizada em Curitiba, no Paraná. Sua trajetória inclui três premiações nacionais e diversas exposições dentro e fora do país. O Seu trabalho usa a fotografia como suporte, onde a técnica não é usada como um fim e sim como um elemento que conduz a idéia que se transforma em arte. Outro fato marcante em seu trabalho é a constante presença da irreverência e da denúncia.
Patrimônio Histórico - Este evento será também uma oportunidade para visitar a Casa da Pólvora, uma construção de 1710, tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional e sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).
Paraiba.com.br

Dourados-MS - UNIARTE é aberta ao público em grande espetáculo
Grande espetáculo musical e homenagens aos colaboradores da arte sul-mato-grossense. A abertura da UNIARTE, mostra de arte contemporânea promovida pelo curso de Artes Visuais da UNIGRAN, destacou na noite desta segunda-feira personalidades que contribuíram para a divulgação e o desenvolvimento da arte regional. O evento, que está na sua 24ª edição reuniu artistas, acadêmicos e a sociedade douradense, culminou com o aniversário dos 32 anos da UNIGRAN. O grupo tripé, formado por Jerry Espíndola, Paulo Simões e Filhos dos Livres encantaram a platéia com a sonoridade da viola e arranjos originais de artistas da terra.
As atenções do evento estiveram voltadas à primeira homenageada da UNIARTE, a diretora-presidente do jornal O Progresso, Adiles do Amaral Torres. “Enalteço o grande trabalho da competente equipe da UNIGRAN que durante os 32 anos formou mais de 10 mil profissionais em diversas áreas de atuação. Acompanhei a evolução desta Casa e só tenho a elogiar pela contribuição à cultura e o desenvolvimento da região”, disse Adiles do Amaral Torres.
Ela recebeu placa de homenagem do vice-governador e presidente de honra da UNIGRAN, Murilo Zauith e sua esposa Cecília Grinberg Zauith, mantenedora da Instituição. Murilo Zauith fez a abertura oficial do evento e lembrou da trajetória dos 32 anos da Instituição, quando iniciou com os cursos de Direito e Administração, em 1976, ao lado da Igreja Imaculada Conceição. “A história da UNIGRAN se mistura com a história de Dourados e Mato Grosso do Sul.
E o nosso maior orgulho é ver a UNIGRAN formando profissionais que contribuem com o desenvolvimento do Estado”, ressaltou Murilo Zauith, dizendo que a UNIARTE é um exemplo desse trabalho educacional. “Estão de parabéns os nossos professores, os nossos alunos e todos os artistas convidados, a UNIGRAN está linda em todos os nossos espaços”.
A partir desta edição, a UNIARTE incluirá em sua programação anual, homenagens e congratulações as pessoas e instituições que apóiam, incentivam, divulgam ou difundem a arte e a cultura de Mato Grosso do Sul. Foram homenageados ainda quatro grandes personalidades do Estado: Cacilda Mattos, Nelly Martins, Henrique Spengler e Vânia Pereira.
E quem esteve presente na abertura da UNIARTE se encantou com o show do grupo Tripé e as mais de mil amostras de trabalhos que estão espalhados pela Instituição. “É um evento muito importante para o Estado. Na trajetória desses 24 anos a arte é representada com muito estilo, não apenas pelas obras, mas principalmente pelo trabalho educacional desenvolvido com as escolas”, comenta o poeta Emmanuel Marinho.
Várias autoridades também estiveram presentes, entre elas a reitora da UNIGRAN, Rosa Maria D’Amato De Déa, a pró-reitora de ensino e extensão Terezinha Bazé de Lima, a jornalista e atriz Blanche Torres, o artista plástico e curador da Uniarte, Jonir Figueiredo, entre outros.
Música de raiz
Optando por um formato totalmente acústico, explorando a sonoridade da viola de 10 cordas, e violões de 6 e 12 cordas, o grupo Tripé incluiu no repertório suas composições mais conhecidas, em arranjos diferentes das gravações originais, além de homenagear nomes de destaque da música da terra: Almir Sater, Alzira Espíndola e Filhos dos Livres. Formado por três gerações, o Tripé é composto por Jerry Espíndola, Paulo Simões e Filho dos Livres (Guilherme Cruz e Guga Borba). O Show marcou a abertura da 24ª UNIARTE.“É a segunda vez mostramos o nosso trabalho em Dourados e a UNIARTE é um grande evento artístico do Estado que eu considero ser uma honra poder participar”, disse Jerry Espíndola.
A geração mais nova do grupo também elogiou. “É muito prazeroso participar de um evento tão importante como esse [UNIARTE], quero receber o convite para retornar outras vezes”, declarou Guga Borba.
Programação Com o tema “A Identidade, a Diferença e o Hibridismo na Arte Contemporânea”, a mostra de artes da UNIGRAN tornou-se o maior evento de artes plásticas de MS. A escolha do tema deste ano foi feito “pela necessidade da discussão do respeito às diferenças do outro e os trabalhos dos alunos são feitos todos em cima deste tema”, diz Claudia Ollé, coordenadora do curso de Artes Visuais e diretora da Faculdade de Educação da UNIGRAN.
Na programação da semana está a visitação de escolas públicas e privadas durante o evento que vai até sexta-feira. Haverá palestras sobre a arte na fronteira, contos de Manuel de Barros, lançamentos de livros, exposição de painéis, mostras e feira de arte. Na quarta-feira, a partir das 19h30 haverá mini-curso “Ensino da arte, mídia televisiva e infância” que será ministrado por Analice Dutra Pillar (UFRGS) e “As potencias da arte contemporânea” ministrado por Kátia Kanton (USP).
Na quinta-feira terá apresentação do Studio Banche Torres, às 15h30, além de palestras e workshops. A programação da UNIARTE é realizada nos três períodos – manhã, tarde e à noite – e termina na sexta-feira com a apresentação à tarde dos Ginasloucos e danças do Camalote Danças Folclóricas e Andanças: lendas e danças folclóricas na fronteira oeste. (FV)
Agora-MS

Marcadores:

CURSOS - 30-10-2008

Santos-SP - Projeto Tam Tam inscreve para cursos de arte e esporte
A Associação Projeto Tam Tam abre inscrições para cursos de teatro, dança, música, capoeira e judô. As vagas são destinadas a deficientes físicos, intelectuais e sensoriais (auditivos e visuais). Podem participar crianças, a partir de seis anos, jovens, adultos e terceira idade. As inscrições são gratuitas.
Os interessados devem se inscrever até sexta-feira por meio dos telefones 9159-1606 e 9117-3813, ou pelo e-mail contato@tamtam.art.br.
As aulas ocorrem no Teatro Rolidei, que fica no 3º piso do Teatro Municipal Brás Cubas, na Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.
A Tribuna

Marcadores:

CULTURA, PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL - 30-10-2008

Pantanal pode ser patrimônio cultural
Reserva, já patrimônio natural da humanidade, pode ser escolhida para novo título por apresentar vestígios de povos pré-coloniais. MT tem mais 4 indicações
Sítio de arte rupestre Pedra Preta, na cidade de Paranaíta, está entre indicados.
O Parque Nacional do Pantanal, a maior área alagada contínua do Planeta, pode receber o título de Patrimônio Cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
Além de sua notoriedade internacional pelos atributos naturais, o Pantanal vai estender sua importância, sendo indicado à Unesco pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por possuir sítios arqueológicos com vestígios de povos pré-coloniais, constituindo assim um patrimônio misto. Na semana passada, consultores nacionais e internacionais, representantes da Unesco e do Iphan estiveram reunidos no Rio de Janeiro para estudar a atual lista de aproximadamente 50 indicações, por parte do governo brasileiro, de locais candidatos a receber o título de patrimônio mundial.
Entre eles, além do Pantanal, Mato Grosso possui quatro indicações: o sítio de arte rupestre Pedra Preta de Paranaíta (851 quilômetros de Cuiabá); o sítio arqueológico Abrigo Santa Elina, um dos locais de ocupação humana mais antiga, no município de Jangada (80 quilômetros); o complexo arqueológico do Parque Indígena do Xingu, cujos vestígios pré-coloniais confirmam a presença milenar dos indígenas; e o complexo arqueológico Taihantesu, na região de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 quilômetros), com grutas e restos de artefatos com significado mítico para os índios wasusu. A lista de indicações para a Unesco é realizada de 10 em 10 anos. A atual deve ser enviada até fevereiro do ano que vem.
Atualmente, existem no mundo 851 áreas decretadas como patrimônio. São 660 áreas de patrimônio cultural, 166 naturais e 25 mistas (com importância ambiental e cultural). Uma das consultoras internacionais presentes na reunião, Maria Clara Migliacio, arquiteta e arqueóloga, diz que o Pantanal tem grandes chances de receber o título da Unesco.
Ela explica que o Parque já está projetado internacionalmente, ainda mais numa época em que a preservação ambiental é tão alardeada. Outro fator é a tendência da Unesco de aceitar incentivar indicações de áreas, como na América Latina, que ainda não foram tão contempladas com títulos de patrimônio quanto, por exemplo, a Europa, que recebeu o maior número de títulos. O Pantanal já é declarado Reserva Ambiental da Humanidade.
O Brasil, diz Migliacio, é o país da América Latina que menos tem indicado bens para títulos de patrimônio junto à Unesco. A maioria dos contemplados no país são complexos arquitetônicos coloniais, como os centros históricos de Salvador (BA) e São Luis do Maranhão (MA). Agora, a Unesco estaria interessada em outros tipos de bens, observando suas áreas de abrangência e singularidade.
Forte candidato ao título (as vagas não são limitadas pela Unesco) é o conjunto de 14 mil quilômetros de estradas incas mapeadas na América do Sul. As áreas que recebem o título são monitoradas pela Unesco, que passa a recomendar sua preservação aos governos, que também passam a investir no turismo cultural.
RENÊ DIÓZ
Diário de Cuiabá
Hortolândia-SP - A cidade deve ganhar centro de memória
A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Hortolândia pretende transformar as instalações da antiga estação ferroviária em um centro de memória do município. De acordo com a secretária Sandra Fagundes, responsável pela pasta, para a implantação do projeto o município está intensificando as discussões junto à SPU (Secretaria de Patrimônio da União).
Sandra explicou que a massa falida inclui o prédio pertence à antiga RFFSA (Rede Ferroviária Federal S/A), cujo patrimônio foi incorporado ao Instituto de Patrimônio Histórico da União. "O prefeito (Ângelo Perugini) foi a Brasília na semana passada para discutir essa questão", informou a secretária.
Ela destacou que a antiga estação está localizada justamente no marco zero da cidade, um motivo a mais para ser escolhido como sede do centro de memória. O local deverá abrigar fotos, documentos e objetos que retratam a história do município que completou, neste ano, 17 anos de emancipação. "A história da cidade é a mesma da estação", observou Sandra.
Já tombado como patrimônio histórico do município, o prédio só terá reformas e adaptações quando a Prefeitura tiver o termo de posse, conforme destacou a secretária municipal. O documento também é necessário para que a Administração Municipal tenha condições para retirar as três famílias que ocupam o local. "Precisamos tirar as famílias de lá, mas precisamos da posse do prédio", afirmou Sandra.
PARCERIAAinda sem um orçamento previsto para a execução do projeto de reforma e recuperação da antiga estação, a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer da cidade vai buscar recursos na iniciativa privada para a execução. Segundo a secretária Sandra Fagundes, tudo deve ser colocado em prática a partir do próximo ano.
Além da reforma, ela planeja a reconstrução de um antigo galpão localizado próximo à plataforma de embarque. "Vamos recuperar o prédio preservando as características originais da arquitetura", enfatizou.
O Liberal


Mauá-SP - Igreja mais antiga é demolida
O mais antigo edifício religioso de Mauá veio abaixo ontem para dar lugar a uma indústria. Erguida em 1915, a Capela Nossa Senhora Aparecida e São Sebastião ficava na Avenida Papa João 23, no bairro Sertãozinho, e era prova viva da história da cidade.
Ao longo dos anos, a grande concentração de fábricas passou a acuar a igreja. A chegada do Rodonel teria dado o ultimato ao edifício, vendido em março, junto com o terreno, para a iniciativa privada.
"Fomos cercados pelas indústrias. Agora as pessoas têm dificuldade de chegar ao local e o silêncio é impossível", conta o padre José Ailton Teixeira, que há dez anos está à frente da paróquia São José, que inclui a capela.
No domingo, os
fiéis assistiram aquela que foi a última celebração no solo onde a igreja foi levantada, há 93 anos. Nos últimos tempos, a capela ficou pequena para tantos devotos, vindos, principalmente da Vila Carlina, e, por isso, há três anos construiu-se um galpão maior ao lado dela, onde as celebrações, como a do último final de semana, passaram a ser feitas.
No início do século 20, o bairro Sertãozinho já mostrava sua vocação econômica. Além das fábricas de tijolos, lenhadores também eram parte importante daquele cenário. "A região tinha muita olaria e os tijolos usados na construção da capela vieram dali", explica o funcionário do Museu Barão de Mauá Renato Dotta.
O especialista acredita que a Capela São Sebastião tenha sido erguida para que esses trabalhadores pudessem exercer a sua
.
Mas, tanta história não foi suficiente para manter em pé o pequeno santuário de cerca de 10m x 4m, sua porta e as três janelas: o prédio não era tombado como patrimônio histórico de Mauá.
A demolição da capela pegou de surpresa defensores da história da cidade. Muitos souberam do destino da igreja somente na última semana.
"A proposta era de que pelo menos a fachada fosse preservada e instalada até mesmo no terreno onde está sendo feita a nova igreja de São Sebastião, na Vila Carlina", disse a vice-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico do ABC, Ana Gedankien.
Como agravante, Mauá está há quase um ano sem um conselho de defesa do patrimônio histórico. O grupo foi desativado e não houve eleição de novos conselheiros.
"Batizamos nossos netos, fizemos o vélório de uma filha. Temos uma vida aqui", conta Maria Benedita Dias de Jesus, 77, casada com Oscar Nistico, 75. Os dois são caseiros da capela há 30 anos.
Na Prefeitura, ninguém foi encontrado para comentar o caso, nem na Diocese de Santo André. O novo dono do terreno também não foi localizado.

Isis Mastromano Correia
Diário do Grande ABC



Porto Velho-RO - Comissão inglesa vem a Porto Velho para discutir o descaso com a Estrada de Ferro Madeira Mamoré
A 1° Conferência Internacional do Patrimônio Histórico e Meio Ambiente da Estrada de Ferro Madeira Mamoré que irá acontecer nesta terça-feira (28) no auditório da Unir centro, terá a participação cinco ingleses que compõe a Madeira Mamoré Railway Society do Reino Unido. Os ingleses são descendentes de uma família que aqui esteve no início da construção da estrada, que teve seu avó como um dos administradores da estrada de ferro entre 1910 a 1912.
A Railway Society veio para Brasil para colocar em discussão o que está sendo feito com o patrimônio histórico. Com o término da I Conferência Internacional do Patrimônio Histórico e Meio Ambiente da Estrada de Ferro Madeira Mamoré será feita uma carta onde será lida aos participantes da conferência e emitida para a Organização das Nações Unidas (ONU) e mais 50 países que estão comovidos com descaso e desprezo da E.F.M. M
De acordo com o engenheiro Luiz Leite do Instituto de Arquitetos de Rondônia (IAB/RO), a vinda da comissão inglesa estava marcada para o final do mês de Novembro, porém a visita foi adiantada em função das denúncias levantas pela Associação Amigos da Madeira Mamoré (AMMA), e pelo IAB-RO que foram divulgados na imprensa.
A conferência terá início às 08h e o término as 17h00, participarão também da conferência integrantes da AMMA, IAB/RO, Sindicatos dos Médicos em Rondônia (Simero), Universidade Federal do Estado de Rondônia – Unir e Governo do Estado.
Troca de informações
Na manhã desta segunda-feira (27) os ingleses participaram de uma breve apresentação com fotos em slide do início da construção da EFMM até os dias de hoje organizada pelo presidente do Instituto de Arquitetos de Rondônia (IAB/RO), engenheiro Luiz Leite de Oliveira.
Leite também apresentou o projeto arquitetônico do complexo feito por ele para a comissão inglesa que ficou encantada com a obra. O integrantes da Railway Society também trouxeram fotos de Porto Velho e da construção da estrada que estão em Londres para os organizadores da I Conferência Internacional, trocaram informações sobre geografia e história de Rondônia.
Após a troca de experiências e arquivos, os ingleses foram até os galpões da EFMM verificar as construções inacabadas e o que restou dos maquinários que compõe o complexo, fotografaram e filmaram tudo para o acerto da Railway Society.
Autor: RONDONIAOVIVO.COM



Bienal de SP começa a apagar as pichações de andar vazio
No domingo, grupo de 40 pichadores invadiu o prédio e pintou as colunas e paredes de área sem exposição



SÃO PAULO - O Pavilhão da Bienal, um prédio projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, de 101 anos, tombado pelo patrimônio histórico, volta a ter suas paredes brancas, conforme o projeto da 28.ª Bienal de São Paulo - Em Vivo Contato. No domingo, dia da abertura do evento para o público, um grupo de 40 pichadores invadiu o prédio, por volta das 19h35, e começou a pichar uma grande área do segundo piso, mantido propositadamente vazio e com paredes pintadas de branco. Seguranças entraram em choque corpo-a-corpo com os pichadores e o resultado foi um grande tumulto no prédio. Um vidro no primeiro andar foi quebrado durante a fuga dos pichadores, que conseguiram escapar. Só duas pessoas foram presas.
Em nota oficial, a Fundação Bienal de São Paulo e a curadoria do evento lamentaram e condenaram "a invasão e o vandalismo ocorridos no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera. Trata-se de um ato criminoso, previsto em lei, contra um patrimônio público, o edifício da Bienal, o meio ambiente, a área preservada do Parque Ibirapuera". Segundo o comunicado, a segurança será reforçada e "todos os visitantes deverão passar por detectores de metal e, quando solicitados, poderão ser inquiridos sobre possíveis pertences metálicos que estejam portando".
Estadão.com.br

Ilha da Madeira - I Forúm da Cultura
Cultura em debate durante dois dias no Tecnopolo
A Cultura estará em destaque nos dias 30 e 31 de Outubro no I Forúm da Cultura da Madeira.Criação e Dinâmicas Culturais, Cultura na Madeira - Reflexões e Contributos, Práticas de Cultura e Internacionalização da Cultura Portuguesa serão alguns dos temas em discussão.O evento organizado pela Secretaria Regional da Educação e Cultura através da Direcção Regional dos Assuntos Culturais terá lugar no Madeira Tecnopolo e está inserido na programação oficial das comemorações do V centenário do Funchal.
Diário de Notícias

Portugal - Cultura: Correio voltou a ser distribuído pelo sistema da mala-posta em Viana
Viana do Castelo, 28 Out (Lusa) - O correio em Viana do Castelo voltou hoje a ser distribuído por um mensageiro trajado a rigor e montado a cavalo, numa recriação do sistema da mala-posta, que vigorou em Portugal até ao aparecimento do comboio.
De corneta na mão e saco a tiracolo, cuidadosamente fechado a cadeado, o mensageiro partiu de Barroselas, parou em duas "estações de muda" para entregar e receber correspondência e prometia cumprir em duas horas os cerca de 15 quilómetros que distam daquela freguesia até à cidade Viana do Castelo.
"Se o cavalo se portar bem e não houver assaltos pelos caminho, prometo chegar na hora marcada", referia João Mota Leite, um dos mensageiros de serviço.
Este regresso ao passado na forma de distribuição postal integra-se no âmbito da XX Exposição Filatélica Nacional e Inter-Regional, denominada "Viana 2008" e promovida pela Associação de Filatelia e Coleccionismo do Vale do Neiva.
Nas estações de muda, os mensageiros recebiam cartas que os alunos de algumas escolas escreveram expressamente para esta iniciativa e deixavam-lhes "encomendas" que alguém lhes enviara, no caso concreto chocolates.
"Esta é também uma forma de cativar os mais novos, incutindo-lhes o gosto pelos selos e pela escrita de cartas", explicava Marcial Passos, responsável pela associação organizadora.
O presidente da Federação Portuguesa de Filatelia, Pedro Vaz Pereira, que marcou presença nesta recriação histórica, comparou o sistema da mala-posta com as actuais carrinhas de transporte de valores.
"Eram estes homens, montados a cavalo, que transportavam todo o tipo de correspondência, desde uma simples carta até aos objectos mais valiosos, sempre expostos ao perigo de serem assaltados e muitas vezes alvos de ataques mais ou menos violentos", referiu.
Pedro Vaz Pereira explicou que o sistema da mala-posta terá arrancado em força em Portugal por volta de 1850, começando a perder grande parte da sua importância a partir de 1856, com o aparecimento do comboio, até desaparecer de vez.
No sistema de mala-posta, uma encomenda poderia demorar três, quatro ou cinco dias a chegar de Lisboa ao Porto. Do Porto a Viana, a "coisa" far-se-ia em 12 horas.
Na altura, quem pagava a franquia do transporte era o destinatário, mas havia um problema: muitas vezes, o emissor escrevia a mensagem propositadamente no envelope, nomeadamente através de códigos previamente combinados, o receptor lia-a e recusava-se a receber a carta.
"Era uma viagem perdida, já que nem o emissor nem o destinatário pagavam o transporte, pelo que a solução foi começar a cobrar a franquia a quem enviava a encomenda", contou Pedro Vaz Pereira.
Em Portugal, o primeiro selo, alusivo a D. Maria II, apareceu em 1853, sendo na altura cobrada uma franquia de cinco reis para jornais e impressos e de 25 reis para cartas, valores tão reduzidos que é "muito complicado" estabelecer a equivalência à actual moeda.
"Dez mil reis equivalem cinco cêntimos. É só fazer as contas", gracejou Pedro Vaz Pereira.
Segundo este responsável, o selo em Portugal "está bem e recomenda-se", apesar de cada vez se escreverem menos cartas.
"O selo tem cada vez mais procura, porque há em Portugal 25 mil coleccionadores, dos quais 700 de alta competição", referiu, lembrando que este é um mercado que movimenta no País perto de 20 milhões de euros por ano.
VCP.
Lusa

Secretaria de Cultura premiará ações a favor do patrimônio e da preservação
A Secretaria de Cultura lança o edital para as pessoas que quiserem concorrer ao Prêmio José Aparecido de Oliveira. As inscrições deverão ser efetuadas até às 18h do dia 21 de novembro na própria Secretaria de Cultura ou por meio do site http://www.sc.df.gov.br/.O prêmio será anual e oferecido em reconhecimento a ações de preservação que, em razão de sua relevância e caráter exemplar, façam-se dignas de registro e divulgação, conforme especificações detalhadas no Regulamento constante no edital.
O vencedor receberá um prêmio de 15 mil reais, descontados os impostos.Poderá participar do concurso qualquer pessoa (ou instituição) que tenha desenvolvido ou esteja desenvolvendo ações voltadas para o estudo ou preservação de Brasília, enquanto Patrimônio Cultural da Humanidade, residentes ou não no Distrito Federal e com projetos totalmente inéditos.
O resultado será divulgado no site da Secretaria de Cultura, com data prevista para o dia 25 de novembro de 2008.
Clicabrasilia.com.br

Dia Nacional do Livro - Ministro da Cultura participou de cerimônia na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, 29 de outubro
O ministro da Cultura, Juca Ferreira, participa às 9h30, desta quarta-feira, 29 de outubro, Dia Nacional do Livro, da cerimônia de abertura do I Seminário de Políticas de Incentivo à Leitura no Brasil, no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.
À noite (20h), em São Paulo, da entrega do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa, na Casa Fasano Itaim (Rua Leopoldo Couto Magalhães, nº 912). Durante a realização do Seminário serão debatidos, com parlamentares e intelectuais do setor livreiro, a criação do Fundo Pró-Leitura - forma de financiamento das ações previstas pelo Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) -, e a formatação desse novo incentivo à leitura no país.
Também participam da solenidade de abertura do Seminário, o ministro da Educação, Fernando Haddad, o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, o secretário executivo do MinC, Alfredo Manevy, o senador Cristovam Buarque e a presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Rosely Boschini. Consta da programação a realização de três mesas de debates. A primeira, analisará a evolução das políticas públicas de incentivo ao livro e à leitura no Brasil, será presidida pelo senador Cristovam Buarque e contará com as participações do jornalista Laurentino Gomes, autor do livro 1808; do professor Anibal Bragança, da Universidade Federal Fluminense (UFF); e do professor José Castilho, secretário executivo do PNLL. O segundo debate será dedicado à criação do Fundo Pró-Leitura e, a terceira e última mesa, apresentará os dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, que traz os mais recentes estudos relacionados aos índices de leitura em todo o país.
Programação completa do I Seminário. São Paulo - À noite, na capital paulista, o ministro Juca Ferreira fará a entrega do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa, na Casa Fasano Itaim. A iniciativa é conferido aos três melhores livros originalmente escritos em língua portuguesa e contempla romance, conto, poesia, crônica, dramaturgia, biografia ou autobiografia. Leia mais. Ações para o Livro e Leitura O Ministério da Cultura desenvolve diversas ações no campo do livro e da leitura. Dentre elas, em destaque, o Concurso Pontos de Leitura 2008 - Edição Machado de Assis, cujas inscrições poderão ser feitas até 10 de novembro.
A premiação consistirá na entrega de kits que incluem acervo bibliográfico, computador e mobiliário para até 600 iniciativas vencedoras do concurso, as quais deverão fortalecer, estimular e fomentar a leitura em diversos locais, como, por exemplo, bibliotecas comunitárias, Pontos de Cultura, hospitais, sindicatos, presídios, associações comunitárias e outros.
Os kits destinam-se à renovação de acervos bibliográficos e de equipamentos que promovam o uso cultural de computadores e Internet. Outra ação realizada pelo MinC, em parceria com o Ministério da Educação, é o Prêmio Vivaleitura, cuja a coordenação e execução estão a cargo da Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), com a participação da Fundação Santillana (Espanha).
Este ano, com a terceira edição do Prêmio, foram inscritos mais de 1.800 projetos. No dia 12 de novembro, durante solenidade em São Paulo, serão anunciados os três vencedores de cada uma das categorias - Bibliotecas Públicas, Privadas e Comunitárias; Escolas Públicas e Privadas; e Pessoas Físicas e Instituições. Cada contemplado receberá o valor de R$ 30 mil. Pesquisa - Em 2007, de acordo com a pesquisa ‘Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), divulgada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), o setor teve um aumento de vendas de 6,06% em relação ao ano anterior (329 milhões de exemplares vendidos); faturou R$ 3,013 bilhões em 2007 (um crescimento nominal de 4,62%, no comparativo com 2006); e as vendas para o mercado teve um aumento de 6,41% no comparativo 2006-2007.
Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Cultura
O Curumim

Portugal - Cidade candidata-se a capital da cultura
"A Câmara de Gaia vai concorrer à cidade capital da cultura do Eixo Atlântico". A novidade foi, esta terça-feira, dada, na Casa da Cultura, pelo vereador da Cultura, Património e Turismo, Mário Dorminsky.
O Eixo Atlântico é uma associação transfronteiriça constituída em 1992, com o objectivo, na altura,de aproximar as cidades de Porto e Vigo. A associação é constituída por cidades do Norte de Portugal e da Galiza e pretende desenvolver económica, social, cultural e tecnologicamente as cidades envolvidas.Tem uma presidência rotativa, sendo presentemente Luís Filipe Menezes o presidente desta organização.
Mário Dorminsky considera que "Gaia poderá vencer o concurso, uma vez que tem um programa cultural fantástico e tem um link com as câmaras portuguesas e galegas "."Para este evento vamos convidar 34 câmaras do Eixo Atlântico a estarem presentes em Gaia, a trazerem animação", revelou. O vereador sustenta, ainda,que "esta iniciativa, não vai ter custos exagerados".
Outra novidade é o festival dedicado ao vinho do Porto. Este vai actuar como "chapéu" de toda a programação cultural de 2009 e "envolverá desde as artes até à gastronomia", disse o autarca.
Quanto a projectos para o próximo ano destaca-se a segunda edição da Egg Parade, um concurso de ovos de Páscoa que visa premiar escolas e artistas plásticos. Outra iniciativa é a Festa do Mundo Celta em Agosto. Gaia também vai ter festivais de bandas, o Gaia Folk em Agosto e uma homenagem ao escritor Rentes de Carvalho, em Dezembro de 2009.
Jornal de Notícias

Marcadores: , ,